PLANETA SUSTENTÁVEL

ENCONTRAR OS LIVROS DE WAGNER LUIZ MARQUES - DIGITANDO O NOME DE "WAGNER LUIZ MARQUES"


Pesquisar todo o texto de nossos livros

REVISTA VENDA MAIS

Amostra Grátis 480 x 60 - www.vendamais.com.br

INVESTE MAIS – A REVISTA DO INVESTIDOR

Amostra Grátis 480 x 60 - www.revistainvestmais.com.br

REVISTA LIDERANÇA

Amostra Grátis 480 x 60  - www.lideraonline.com.br

EDITORA QUANTUM – TREINAMENTOS

Editora Quantum 480 x 60

quinta-feira, 24 de maio de 2007

O LÍDER NÃO ACONTECE POR ACASO

O LÍDER NÃO ACONTECE POR ACASO: Caso queira o livro pode ser adquirido nas LIVRARIAS CURITIBA PELA PÁGINA: http://www.livrariascuritiba.com.br/, Busca do autor: Wagner Luiz Marques. Ou entrando em contato com a equipe de administração pelo endereço eletrônico wlmcne@hotmail.com ou fone: 44-3629-5578; celular 44-9977-6604.
Fundação Biblioteca Nacional. Certificado de Registro de Averbação.
Parte integrante dos materiais:
ADMINISTRAÇÃO É TALENTO E QUALIDADENº do Registro: 212.124; Livro: 369; Folha:284; IMPLANTAÇÃO DA QUALIDADE TOTAL NAS EMPRESAS E SEUS; PROGRAMAS DE APOIO: - Programa Cinco “S”; - Programa LUA E SOL; - Programa Oito “I” Nº do Registro: 216.258; Livro: 377; Folha:418
Este título de livro vem demonstrar ao leitor que não existe pessoas que nascem prontas para a liderança, mas sim devem ser educada para essa finalidade.
Também o conceito de líder é relativo, cada um analisa de uma maneira, desta forma o que é líder para você? Esta questão decifra no livro de uma forma que líder é cada um, independentemente de quem dirige ou da quantidade de pessoas que passam ordens, pois líder é a própria pessoa, ela tem que se conhecer para ter poder de liderar a si mesmo.
Alguns anos atrás muitos estudiosos identificavam que o homem nascia líder, ou seja, é uma forma biológica que identifica que cada ser humano é predestinado a executar a função lógica do seu sistema fisiológico.
Através de analises e formações técnicas, pode-se educar uma pessoa da melhor maneira possível, desde que a mesma deseja ser moldada.
Desta forma, podemos educar um ser humano ser líder, coordenar uma equipe, supervisionar um grupo de pessoas, mas esta pessoa necessita dedicar ao máximo de si, esta pessoa necessita estudar, se atualizar, conhecer do assunto, das tarefas, saber tudo e muito mais.
Pode-se observar que não é impossível moldar pessoas, mas ela necessita querer ser moldas, pois tudo vai depender dela mesmo, querer aprender, querer estudar, querer se dedicar, dispor de seu tempo, provar de muitos divertimentos e sem dúvidas gostar do que faz. Estes princípios levam a um único resultado, vontade de atingir o máximo de si mesmo, o sucesso de ser alguém vitorioso e próspero.
Para encaminharmos o homem a ser líder e alcançar o êxtase profissional, precisa-se ser ambicioso com si mesmo, pois voltamos a afirmar, só conseguimos formar lideres e entusiastas quando ele quer ser.
Este livro identifica o marketing pessoal do individuo, técnicas, métodos para atingir a liderança na forma de realizar a profissão com qualidades, estas técnicas são formações que auxiliam a empresa implantar a qualidade total e ao mesmo tempo proporcionar ao profissional desenvolver o estudo e a busca do conhecimento no sistema da liderança para si e para o grupo de trabalho.
Todas as pessoas são dotadas de inteligência,
por isso qualquer uma desta pode mudar,
para o bem ou para o mal, o caminho é livre, a vida é bela, mas o destino é o que cada um deseja.
AGRADECIMENTOS
Meus agradecimentos de inicio a Deus, por ter dado inteligência e força para realizar pesquisas e desenvolver com muito carinho tudo aquilo que aprendi nos cursos, nas aulas, na vida e sempre sabendo guardar no intimo tudo aquilo de bom que pode ser passado ao nosso semelhante.
Agradeço em especial a minha esposa Maria Lúcia e minhas filhas Ana Carolina e Maria Luiza, por me incentivar e dar carinho a todo o momento, demonstrando o amor que todos os seres precisam para poder prosseguir na caminhada de nossos dias.
Agradeço a meus pais por ter me colocado no mundo, com muito carinho e ter dado educação e orientação nos momento que mais precisei e que ainda preciso.
Agradeço aos pais de minha esposa, por tudo o que fizeram.
Enfim agradeço a toda minha família, amigos, alunos que direta e indiretamente incentivam a fazer algo para o nosso semelhante.
APRESENTAÇÃO DA CAPA
A natureza demonstra-nos o caminho da verdade e da vida, pois ela nos faz refletir a conduta e a esperança da nossa caminhada.
Nem sempre o que vemos é a verdade, mas o que sentimos faz refletir o verdadeiro momento da vida.
Ao ver uma árvore seca, analisamos dor, perca, fim, mas na realidade o que devemos mesmo é refletir o que de bom esta árvore pode nos proporcionar.
Na essência da vida esta árvore pode nos dar mão-de-obra para cortarmos, mão-de-obra para construirmos, isto proporciona transformação em móveis e imóveis ou até mesmo transforma-se em adubo orgânico.
Veja o quanto de bom pode transformar uma imagem sem vida, mas depende exclusivamente de querer, de fazer, de agir e sobre tudo vontade de se transformar.
Para a humanidade não é diferente, muitas vezes vemos as pessoas pela sua imagem e esquecemos do seu interior. É através do interior humano que devemos julgar as pessoas, pelos atos, pelas ações, pela conduta que pratica no dia-a-dia em relação ao seu semelhante. Nunca podemos julgar as pessoas pela imagem externa, esta imagem pode nos enganar plenamente.
Mas em hipótese alguma podemos considerar perdido um ser humano, pois ele pode ser transformado em pessoa com indule boa, desde que ele próprio deseja ser mudado e o seu semelhante colabore para com a sua transformação.
FOTO: Ana Carolina Cirilo Marques e Maria Luiza Cirilo Marques
LOCAL: Estrada Cianorte/São Tomé
ANO: 2002
APRESENTAÇÃO DO LIVRO
Ao despertar no horizonte:
O dia amanhece, escutamos a felicidade dos pássaros entoando sons de alegrias e trabalhos realizados na sua humilde vida animal, levantamos, colocamos nossa face amanhecida ao novo dia, avistamos ao longe os raios do sol sobrepondo as nuvens, rasgando a penumbra deixada da noite e colocando-nos na caminhada da vida.
Lavamos a linda face do amor, nos arrumamos como um rei, por mais simples que seja nossas roupas, sentamos em uma poltrona de alegria, não importando ser coletivo ou importado, mas somos felizes por termos um caminho a percorrer e nos utilizarmos todos os dias por ter trabalho a realizar, não analisando a função, mas realizando com qualidade, eficácia e eficiência cada ato praticado nas dependências profissionais.
A ternura do ambiente nos faz luz radiada pelo orvalho seco e pela força do sol que esplandece o nosso interior, de ternura, amizade e fraternidade perante o nosso próximo.
Nos colocamos fora do portão e avistamos novamente o horizonte da vida, a meiguice da felicidade, e fazemos descobrir a ternura dos pássaros, que a muito antes de nós já estão praticando seu trabalho com amor, pois quem presta serviço nas graças da alegria sem pedir nada de volta, são seres divinos que precisam ser reconhecidos e respeitados com amor, alegria e satisfação de compartilhar o mesmo espaço terrestre.
Caminhamos passos largos para busca de nossa sobrevivência, viajamos longe ou perto, mas com um único propósito, alcançar o respeito e a liberdade perante o próximo.
Confraternizamos a beleza da amizade, descobrimos o carinho do próximo, avistamos a esperança, a alegria da boa nova, o vento da ternura.
Chegamos ao destino, descemos, entramos e praticamos o ideal da sobrevivência, cumprimentamos o ser igual ao nosso ser, damos ar de felicidade, demonstramos alegria e fazemos de si o ambiente confortador de nossa face.
A caminhada continua, as máquinas no mesmo lugar deixado ontem, nos ajeitamos, chamamos a face empreendedora da alegria, a força de conseguir idealizar o obscuro da clareza, fazer confiar em si e ser confiado.
Demonstrar ordem e carinho;
Demonstrar força e afeto;
Demonstrar persistência e paz;
Demonstrar equilíbrio e clareza;
Demonstrar felicidade e sabedoria;
Demonstrar garra e fé;
Demonstrar talento e humildade;
Demonstrar ternura e honestidade;
Demonstrar amor e carinho.
Em si fazer tudo aquilo que você deseja, e mais ainda fazer ser líder de esperança e força. ÍNDICE
PREFÁCIO
1- LÍDER E LIDERANÇA
1.1. LÍDER
1.2 – LIDERANÇA
2 - RELAÇÃO HUMANA AO ATENDIMENTO DO LÍDER PARA SEUS SUBORDINADOS
3 - O QUE É SER LÍDER
4- O BOM LÍDER INICIA COM ELOGIOS
5 – O LÍDER INTELIGENTE CHAMA A ATENÇÃO DISCRETAMENTE
6 - COMENTE PRIMEIRAMENTE SEUS ERROS PARA CHAMAR A ATENÇÃO DO OUTRO
7 - FAÇA PERGUNTA EM VEZ DE DAR ORDEM
8 – NÃO ENVERGONHE AS OUTRAS PESSOAS
9 - ELOGIE O MENOR PROGRESSO
10 - ATRIBUA TAREFAS PARA SEU GRUPO PARA ELE SE MANTER ATIVO NO SEU DIA-A-DIA
11 - INCENTIVE O CERTO PARA NÃO ACOSTUMAR COM O ERRO
12 - FAÇA ALGUÉM SE SENTIR SATISFEITO
13 - O LÍDER TRABALHA EM CONJUNTO
14 - A QUEDA DE UM LÍDER
15 - AS DELICIAS DE SER LÍDER
16 - O LÍDER SUPERA DESAFIOS
17 – COORDENAÇÃO
18 – SUPERVISÃO
19 – PROGRAMAS DE EXCELÊNCIAS
19.1 - PROGRAMA “LUA E SOL”
19.2 - PROGRAMA OITO “I”
PREFÁCIO
A ternura do ideal:
No homem reside toda ideologia, o amor, a fé, a esperança, o querer, o ser, o vencer, o lutar, em si o homem tem o poder de querer, o que falta é acreditar mais em si mesmo. Para que o homem consiga reunir todos os ideais de sucessos, basta buscar na sua própria face a harmonia de conquista, e trazer para si a esperança de querer ser mais e mais.
O homem é um ser idealizado por Deus, por isso que a paz deve reinar constantemente no seu interior, conduzindo com fraternidade o seu semelhante e trazendo para si a garra de vencer honestamente todas as suas batalhas, de forma humilde, real e sem sombra de duvida não necessitando a nenhum momento ter inveja ou mesmo passar para traz o seu semelhante.
O talento e o ideal do homem habita dentro da sua própria matéria, compartilha com a inteligência e faz-se transformadora de vitórias.
A vida lhe concede a verdade e a esperança, faz distribuir flores nas palavras proferidas a seu semelhante, idealiza troca de informações um para com o outro, e assim faz descobrir o comportamento de seu semelhante e a maneira a se tornar um grande líder perante o grupo que o rodeia.
A vitória só consegue com a integração da sabedoria com a inteligência, ou seja, o homem deve ser sabedor dos seus objetivos e inteligente em alcançá-los, sendo assim o homem atinge o seu maior desafio chegando ao domínio e respeito, ou seja, isto é a liderança procurada constantemente pelo próprio homem.

Ana Carolina Cirilo Marques e
Maria Luiza Cirilo Marques
1- LÍDER E LIDERANÇA
Líder e liderança são palavras muito usadas atualmente. Mas o que vem a ser liderança? O que é ser um líder? A pessoa já nasce com as qualidades de líder? Que qualidades são essas?
Pesquisadores apresentam várias características para classificar um líder. Verificou-se que líderes por melhores condições pessoais que apresentam, não trabalham sozinhos. Precisam interagir com os dirigidos, subordinados, seguidores. Passou-se, então, a pensar não apenas nos líderes, mas também nos liderados.
Entretanto, não podemos responder de imediato as perguntas e identificar o líder e uma liderança, antes disso precisamos identificar o contexto que leva o homem atingir a função de líder e ao mesmo tempo liderar um grupo de pessoas, sendo assim necessita identificar a situação exata de se chegar às respostas claras e entendidas.
O ambiente das instituições educacionais é uma situação que pode levar a formar lideres e liderança, pois um estabelecimento educacional não é composto simplesmente por instalações, equipamentos, recursos materiais e programas curriculares, ele é composto principalmente pela organização humana, pela influência construtiva do "homem" que o compõe.
Uma instituição educacional é mais educadora quando a sua organização curricular, mostra a face humana, estabelece normas e princípios gerais de convivência, prevendo a participação e a discussão dos seres humanos a descobrir a cultura e a responsabilidade de promover trabalhos com qualidades e respeitar a todos que os rodeiam independentemente da raça, do credo e do poder aquisitivo.
Mas para que se possa desenvolver a aprendizagem responsável e verdadeira, é necessária que as pessoas sejam capazes de desenvolver as disciplinas conscientes e com comportamento maduro a ponto de saber colocar em prática no momento que for desenvolver a verdadeira função de liderança.
Pode-se notar que uma das perguntas realizadas acima foi bem respondida, ou seja, a pessoa já nasce com as qualidades de um líder? Ela pode até nascer, mas também pode ser educada e transformada em um excelente líder, através de estudos, treinamentos, reciclagens e etc., na realidade o que basta são as pessoas quererem ser líderes, sendo assim todos tem o potencial de se transformar, só basta querer e buscar o que melhor satisfaz.
Através de um bom estudo, com organizações responsáveis, profissionais qualificados e alunos conscientes criam bons lideres, com qualidade e sobre tudo com potencial a dirigir um grupo de pessoas, pois, a aprendizagem faz com que ganha confiança e consegue respeito de seus liderados. Desta forma responde a pergunta que qualidades são essas?
Neste momento buscaremos decifrar, o que é líder? E o que é liderança?
1.1. LÍDER
As características e habilidades exigidas de um líder são deter­minadas pela situação em que ele deve agir. O líder mais eficaz é aquele que melhor satisfaz as necessidades dos liderados.
Mas devemos analisar a situação de um líder, muitas vezes uma pessoa é um excelente líder em uma sala de aula, mas ao ser contratado em uma empresa para dirigir um grupo de funcionários, ele não desempenha da mesma forma, pois sua qualidade de liderança é no local que se sente bem. Isto também pode ser considerado com um líder político e etc.
Ao estudar liderança, devemos, portanto, estar atentos para três fatores importantes:
- O líder e seus traços de personalidades;
- Os liderados, com seus problemas, necessidades e compor­tamentos;
- A situação do grupo em que líderes e liderados se relacionam entre si.
Poderíamos então, definir liderança como sendo a influência in­terpessoal exercida numa situação, por intermédio do processo de comunicação, para que seja atingida uma meta.
Há influência interpessoal, quando alguém tenta afetar o com­portamento de outro, num relacionamento, o papel de quem in­fluência, de quem lidera, pode passar de uma pessoa para outra, variando segundo a situação.
Não podemos, entretanto, confundir liderança com "poder". Quando alguém emprega sua força física, pressão social, coação moral, pressão de lei ou pressão de autoridade, para mudar a situação está usando o "poder", mas não está exercendo a liderança.
Qualquer grupo constituído sofre mudanças de situações em di­versos momentos de sua vida. As alterações que afetam um gru­po exigem sempre reformulação no comportamento do líder. É a transformação da atmosfera psicológica do grupo o principal fa­tor a exigir a capacidade de adaptação do líder.
É através do processo de comunicação que o líder eficaz envia mensagens aos liderados, levando-os à ação para que alcancem os objetivos, as metas previstas.
O líder "é o indivíduo no grupo, a quem é dado à tarefa de dirigir ou coordenar tarefas relevantes nas iniciativas grupais, ou quem, na ausência do
líder designado, assume a principal responsabilidade de desempenhar tais funções no grupo".
Isto não quer dizer que o líder assume tal papel durante o tempo todo. Há momentos em que ele atua de forma mais diretiva e ou­tros em que sua abordagem apresenta menor interferência pessoal.
Sempre, porém, que o grupo sentir necessidade de um referen­cial ou de alguma revisão de orientação de suas atividades, de­verá poder contar com o apoio do líder a quem está acostumado a seguir.
O verdadeiro líder deve levar o grupo a produzir frente aos obje­tivos que precisam ser atingidos. Uma vez que isso aconteça, é importante que o grupo participe da satisfação de constatar os resultados alcançados.
Também é responsabilidade de um líder garantir a moral dos membros do grupo. Essa moral deve retratar a satisfação de ca­da membro em particular. Isto implica uma atitude por parte do líder, de sensibilidade para favorecer o ajustamento de cada pessoa, dentro do contexto grupal em que se encontra inserida.
Deve-se ainda, levar em consideração o fato de que um grupo não subsiste isoladamente, todo ser para desenvolver com qualidade o seu trabalho necessita fazer harmoniosamente e unindo todas as forças necessárias. Desta forma também analisa-se os grupos, pois são constituído de seres racionais que necessitam comungar o espírito de união.
Cabe ao líder, portanto, a sensibilidade de perceber e diagnosti­car as variáveis ambientais, para estar habilitado junto com o grupo, imprimir diferentes orientações ao seu futuro destino, sendo assim, o líder necessita analisar varias perguntas a seguir que poderão identificar claramente o trabalho seu na condução de um grupo de pessoas.
Liderança é exclusividade de alguns?
Quando forma-se grupos de trabalhos necessitam de pessoas que conseguem desenvolver harmonicamente o desempenho profissional, pois existem diferentes pessoas e necessidades, com isso o responsável do determinado grupo deve possuir conhecimentos amplos que demonstre segurança ao seu próximo e ainda mais ser responsável em defender seus colegas em qualquer momento que necessitar. Desta forma a liderança só existe porque o trabalho é realizando em conjunto, ou seja, todos buscando o mesmo objetivo, independentemente da posição que ocupa no grupo, este ditado responde claramente esta pergunta, “uma andorinha não faz verão”.
Qualquer um pode ser líder?
Qualquer potencialidade das pessoas pode ser transformada em força para a liderança. Pessoas que, inicialmente parecem não ter expressão no grupo, à medida que criam confiança em si, libertando-se de inibições, timidez, insegurança, pode passar a exercer muito bem uma liderança, mas deve conhecer bem do que vai dirigir, deve estar preparado psicologicamente e profissionalmente.
Há liderança que não aparece?
Certas formas de liderança, como a da inteligência, “a liderança intelectual” podem não aparecer muito, mas podem ser mais profundas e decisivas do que outra forma de liderança.
Liderança pode ser aprendida?
Cabe ao Instrutor, professor, chefe, supervisor ou dirigente ­perceber capacidades nas pessoas e proporcionar-lhes situa­ções para que estas capacidades se revelem e se desenvolvam. Promove-se assim, o aparecimento de novas lideranças a serviço do grupo.
O líder, frente às "panelinhas", deve estar atento para evitar atitudes opostas?
Organizar atividades grupais somente a partir da formação espontânea e natural dos grupos;
Ver os subgrupos como elementos negativos e "desmanchar as panelinhas". Mas tomar cuidado com esta atitude, pois empobrece o grupo e leva a desmotivação profissional e desconfiança do grupo em relação ao líder.
A melhor atitude de conquista de um líder em acabar o subgrupo é fazer com que eles aceitem a participação de novos elementos, em função das diferentes tarefas a serem realizadas, com isso adquiri confiança e devagarinho extermina com o subgrupo.
Portanto, um líder existe dentro de cada pessoa, o que a pessoa não sabe é que deve ser colocado em prática para satisfazer a si e ao seu semelhante.
O líder monta-se uma liderança, mas uma liderança não forma um líder, porque para se transformar necessita do próprio homem querer ser líder.
Existem três tipos de lideres a serem analisados:
1) Autocrático: sua principal característica é a de que o líder é quem toma decisão e impõe as ordens aos subordinados, sem sequer explicá-las ou justificá-las. Os subordinados não têm liberdade de atuação, pois o líder autocrático controla rigidamente a sua atividade e não lhes explica o objetivo de seu trabalho.
2) Liberal: o líder se omite e não se impõe, enquanto os subordinados se tornam os donos da situação. Há uma completa e total liberdade de atuação para os subordinados. Nenhum controle sobre o seu trabalho. Todavia, os objetivos do trabalho não são explicados.
3) Democrático: é o tipo de liderança que fica no meio-termo entre a autocrática e o liberal, evitando as desvantagens de ambos. O trabalho é apresentado pelo líder aos subordinados, que lhes dá as diversas alternativas de execução e os objetivos que devem ser alcançados. O assunto é debatido com os subordinados que fazem sugestões, as quais, se viáveis, são aceitos pelo líder.
Através da história a seguir, vamos refletir o líder verdadeiro para o seu próximo:
“Em uma cidade havia um senhor chamado Francisco, idoso sua felicidade é jogar futebol com os jovens e eles também gostavam de jogar com ele.
Numa manhã os companheiros do senhor Francisco passaram na sua casa, mas o senhor Francisco estava triste e sem vontade de jogar.
Pediram para ele o que estava acontecendo, com sua humildade respondeu:
- Ontem quando acabou o nosso jogo, saindo do campo um garoto falou-me, o senhor não se acha muito velho para jogar futebol, deixa só os jovens praticar, pois perderam a partida por culpa sua.
- Fiquei tão para baixo e refleti, certamente prejudiquei o time daqueles jovens?
Um de seus companheiros falou:
- Senhor Francisco a nossa felicidade não está na vitória do futebol, mas está na amizade. O que aprendemos com o senhor é muito mais do que derrotas, e com isso nos faz descobrir que ter um líder como o senhor, conseguimos vencer todas as nossas barreiras que é caminhar nos lugares perfeitos que um jovem deve ser levado, como é importante ter um amigo como o senhor”.
Esta história nos mostra que um líder não é só nos momentos profissionais, mas também nos divertimentos.
Um líder não tem idade, mas sim tem a experiência de conduzir o seu semelhante para o caminho da verdade e honestidade.
Um líder é alegria, pois ele leva a união entre todo o grupo;
Um líder é fé, pois todos acreditam no seu potencial, independentemente da vitória ou da derrota, mas ele está sempre com o seu grupo passando coragem para vencer a próxima batalha.
1.2 - LIDERANÇA
Para dirigir pessoas, não basta apenas dar ordens, instruir o que deve ser feito, comunicar e motivar é preciso mais. Liderar é o desafio máximo para o bom administrador.
Liderança é a capacidade de influenciar as pessoas. Para dirigir pessoas, deve-se influenciar os seus comportamentos.
Durante muito tempo, achava-se que a liderança era uma qualidade pessoal, determinada por características de personalidades.
Atualmente, aceita-se a existência de três fatores de liderança, isto é três fatores na capacidade de liderar pessoas:
1) Posição hierárquica: decorrente da autoridade em relação aos subordinados. Quanto mais alta a posição hierárquica, maior a força de liderança oferecida pela estrutura organizacional ao administrador.
2) Competência Profissional: é resultante dos conhecimentos gerais (cultura geral) e específicos (cultura técnica) que o administrador possui. Quanto maior a competência profissional, maior a força de liderança que o próprio administrador possui.
3) Personalidade: decorrente das qualidades pessoais do administrador, como seu temperamento, caráter, relacionamento humano, inteligência, compreensão, etc.
A personalidade constitui uma base importante para a liderança. Se não houver facilidade no tratamento com as pessoas, de nada valem a posição hierárquica e a competência profissional. Convém lembrar que liderar é influenciar o comportamento das pessoas.
Conclui-se que o líder e a liderança é um conjunto de fatores que leva ao máximo do ser, portanto o resumo geral é que todos têm a capacidade de ser líder e liderar, mas primeiramente deve querer e buscar maneiras para atingir a fase principal do profissionalismo, o conhecimento, a vontade e a persistência que esta dentro do próprio homem, só falta ele querer.
A identificação de um líder deve ser bem analisada, pois existem claramente em nosso meio dois tipos de líderes, que precisam ser bem acompanhados, pois, um pode ser utilizado a liderar um grupo de pessoa, este consegue ser moldado, ser educado, ele fácil de lidar, porque é compreensivo e tem a melhor característica que uma pessoa pode ter a humildade própria, o carisma para o seu próximo, ser verdadeiro e honesto.
Portanto existe o outro líder, aquele que possui toda característica biológica de líder, mas possui a maior falha que uma pessoa pode ter, é maldosa, falsa, prepotente, arrogante, antipático, individualista, mesquinho e pior de todas não consegue perdoar o seu próximo, sendo assim, seria o perfeito líder de um grupo, desde que não tivesse qualquer das características citadas.
Desta forma, o líder completo é aquele que sabe se auto-avaliar e consegue atingir os êxtase da harmonia e humildade pessoal e profissional.
Líder é você, porque você quer ser harmônico e humilde perante o seu próximo.
2 - RELAÇÃO HUMANA AO ATENDIMENTO DO LÍDER PARA SEUS SUBORDINADOS
Temos que nos relacionar sempre festivos, alegres, e evitarmos trazer problemas de casa para dentro de nosso local de trabalho, também evitarmos levar nossos problemas do trabalho para dentro de nossas casas. Assim conseguiremos desenvolver formas de vida melhor para nos relacionar com o nosso próximo.
Ao cativarmos o nosso semelhante que pode ser nosso companheiro de serviço, o nosso vizinho, o nosso amigo, em si é aquela pessoa que constantemente está ao nosso lado, tornaremos uma vida mais harmoniosa e será possível alcançar o sucesso desejado.
Apresentaremos algumas formas de cativar o nosso semelhante:
Nunca criticar, não podemos considerar em hipótese alguma uma critica construtiva ou uma critica destrutiva, todas são criticas que conseguem machucar o semelhante. Por mais que o nosso próximo fale, “eu vou ajudar você fazendo uma critica de seu trabalho”, isto pode vir até ajudar você no desempenho do trabalho, mas que ira ferir o intimo da pessoa com certeza ferirá.
Todas as criticas tem o poder de ferir o próximo, magoar o intimo de cada um, e muitas vezes está magoa é irreversível, poderá perder drasticamente a amizade do seu companheiro.
Quando uma pessoa deseja fazer uma critica para seu próximo, saiba falar muito bem, pois se for o seu melhor amigo, fique atento, porque se falar algo que desagrade-o, certamente é um amigo perdido pelo tempo.
“Um certo dia Amadeu um homem generoso, mas justo no seu comportamento diário, não aceitava nada de errado, tudo o que via falava para o seu próximo, independentemente se iria machucar ou não.
Amadeu deparou com um problema de seu melhor amigo José, descobriu que ele estava consumindo drogas. O que fazer? Amadeu contaria para a família de seu amigo, o comportamento diário e o relacionamento com terceiros? Amadeu falaria para o departamento assistencial da empresa para conceder ajuda de saúde? Ou, chamaria a atenção de seu amigo, podendo magoá-lo e até perder a melhor amizade que possuía na empresa?
Amadeu estava desolado, não podia permitir a destruição de seu melhor amigo.
Os dias se passavam, Amadeu não via solução melhor para o caso de seu amigo, e a destruição estava próxima, o casamento desabando, o emprego por um fio, e o que fazer para ajudar uma pessoa necessitada?
Portanto, Amadeu chamou seu amigo para que conversassem a respeito da vida, da amizade, da família, do emprego, em si iria falar de tudo um pouco.
A conversa prolongou-se até que Amadeu chegou ao ponto que era necessário, falou para seu amigo dos problemas que iria lhe afetar, colocou como ficaria sua vida sem a família, a conseqüência de perder o emprego pela sua própria conduta e ainda ver todas as pessoas se afastarem quando estiver na margem da vida.
O amigo de Amadeu parou, refletiu e disse-lhe:
- A vida é minha, qualquer coisa que acontecer comigo quem ira pagar serei eu mesmo, e saiu.
Amadeu ficou indignado com seu companheiro, pois neste momento deixaste de ter o melhor amigo.
A partir de então, não mais havia amizade fraterna entre Amadeu e José (seu melhor amigo). A vida tinha transformado uma amizade em um simples laço de desunião.
Neste intervalo de tempo, José perdeu o emprego, desuniu sua família, e os amigos que levou para o caminho das drogas abandonaram, pois ele não tinha dinheiro para bancar festas, noitadas e tão pouco drogas para si e para seus companheiros de festas.
O tempo se passou, ninguém mais viu falar de José, Amadeu só sabia que ele havia ido embora para bem longe e nunca mais voltado para seu lar que tanto lhe deu felicidade, quanto sua amizade era sadia e verdadeira”.
Observa-se o comportamento de Amadeu:
O que ele fez foi correto? Apresentou a realidade a José, mas ele não quis escutar.
Sabe porque? As pessoas só aceitam conselhos quando ela quer que seja dado, não adianta querermos resolver as coisas forçadas, ou seja, sem a permissão de quem deseja ser ajudada.
Mas também não adiantaria Amadeu falar para família de José, ele não iria aceitar ajuda, pois só o tempo fará ver o abandono, a exploração o erro.
Não adiantaria pedir para o departamento assistencial da empresa ajudar no tratamento de José, pois sua conduta era única, viver a vida da maneira que estava sendo proporcionada.
Pois bem, a solução para José é só uma, ele querer ser ajudado, e percebe-se que só o tempo fará isso, ou persistir na conscientização de vida para José, coisa que Amadeu não persistiu, abandonou-o, deixou de lado o seu melhor amigo.
Isso são acontecimentos diários existentes na vida, as pessoas desistem muito fáceis, não dá continuidade ao objetivo desejado, no primeiro problema que enfrenta considera perdido.
Muitos Amadeu existem em nosso meio, toma certo o rumo do sucesso, inicia corretamente os seus objetivos, mas desiste na primeira batalha da vida, não prossegue, só realiza a critica do achar que vai dar certo, mas não consegue atingir o ideal do sucesso que é transformar a critica na melhor forma humana o elogio da conquista.
Sempre elogiar; esta atitude é a mais condizente com a realidade humana, só conseguimos respeito com o próximo quando proporcionado o retorno da auto-estima. Todos os homens são movidos pela satisfação do dever cumprido, do retorno desejado, da valorização do próximo nas tarefas executadas. Pois o homem necessita ser reconhecido para dar prosseguimento na caminhada de vida pessoal, profissional e intelectual.
Um elogio não faz mal a ninguém, só faz o bem, principalmente honesto, e feito espontaneamente.
Dando prosseguimento na história de Amadeu, um senhor integro, não poderia abandonar já mais seu amigo, sua conquista generosa, sua fraternidade ao próximo.
Foi em busca de saber o paradeiro de seu amigo, descobriu que José estava à margem da vida, abandonado em um albergue para andarilho na capital de seu Estado, pegou suas economias e foi buscar José, mas antes, contatou com a família de José para saber se haveria colaboração, pois se não houvesse, Amadeu haveria de achar outro meio para ajudar seu melhor amigo.
Chegando na capital, foi então ao albergue, avistou ao longe José, um homem acabado, sem vida, desanimado, esperando apenas a morte chegar.
Amadeu aproximou-se de José e disse-lhe:
- A vida é para todos, não deixe ela se acabar, lute, mostre a sua força, destrua aquilo que está te destruindo.
José imediatamente levantou seu rosto, avistou seu amigo, abraçou-o e chorou muito, lamentou a vida, lamentou a perca, mas descobriu em tempo, que a vida pode ser mudada, só basta querer.
Neste momento Amadeu conversou muito com José, mostrou a essência da vida, a necessidade de mudar, saber que amigos são poucos, o que mais encontramos na vida são pessoas querendo nos destruir, mas Amadeu demonstrou o principal fator da sua procura em relação a José, a pessoa integra que era, dedicada ao serviço, respeitada pelos seus subordinados e principalmente honrado e verdadeiro, se haveria necessidade de lutar pelo seu grupo de funcionários ele iria até as ultimas conseqüências.
Ao escutar isso, José descobriu que ele tinha talentos, o que levou a entrar nas drogas, era que ele não percebia o seu potencial, ninguém o elogiava, ninguém mostrava que ele tinha potencial suficiente para trabalhar naquela empresa.
Vejamos, quantos José existem na caminhada da vida, não se valoriza como pessoa, é levado pela banalidade do desprezo, não busca enxergar o potencial próprio, a fé que existe dentro de si, o caráter promissor.
Estas pessoas são necessárias de elogios, e por que não façamos? Por que não elogiamos o nosso próximo? Por que não demonstramos a realidade do seu potencial?
Portanto José descobriu em tempo, que o seu potencial é bem maior do que ele achava, e isto foi conseguido por um simples elogio de Amadeu.
Amadeu proporcionou a José o que ele mais necessitava naquele momento a confiança de si mesmo.
Dar confiança; para a vida do ser humano é a maior dadiva, saber que possui alguém que confia nos afazeres do próximo, proporciona tarefas, delega serviços, concede responsabilidade, isso para o homem é conceder força, diminuir a timidez, é fazer o seu companheiro líder nas tomadas de decisões, é realizá-lo para o sucesso.
José recebeu a força de seu amigo Amadeu, recebeu o que mais ele necessitaria Ser feliz; a felicidade é diferente para cada individuo, pois cada um analisa o seu ser feliz. Por isso que precisamos caminhar para o bom caminho, porque esta felicidade é sadia e harmoniosa.
José identificava uma felicidade passageira, aquela que vive o momento, mas esquece das causas que afetarão que é a perca da família, do emprego, das amizades sinceras. Graças à perseverança do verdadeiro amigo Amadeu, e da vontade em querer sair da margem da vida que José foi buscar o caminho da felicidade verdadeira, aquela que demonstra que o simples rir do seu companheiro de serviço é a felicidade daquele minuto, o simples cumprimentar o próximo é a felicidade daquele minuto e o simples elogio do seu chefe é a maior felicidade do ser humano.
Por isso, faça o seu semelhante feliz, ajude ou simplesmente reconheça a dignidade de seu próximo.
Saber reconhecer; é uma dádiva humana de liderança, pois o melhor líder é aquele que reconhece o seu funcionário, analisa a conduta profissional e não da simples amizade. Amadeu foi este líder soube reconhecer o potencial de José, soube valorizá-lo, soube reconhecer e escutar todos os seus problemas, e ainda mais soube interpretar claramente o acontecimento que levou José a praticar as condutas erradas e destruidora.
Nesta parte estaremos explanando gradativamente como ser líder, e os devidos comportamentos, dando condições de cada um identificar onde está o seu encaixe pessoal e tentar corrigir-se e corrigir o seu semelhante.
Saber ouvir; é usar o que Deus nos deu com muito carinho, os dois ouvidos e ainda conseguir interpretar claramente o que o seu semelhante deseja falar.
Amadeu usou bem ouvir, entendeu seu amigo José e proporcionou soluções que levou a dignidade humana. Isso que fez Amadeu foi fazer sentir seu semelhante importante, ou seja, proporcionou que José descobrisse que a sua pessoa é importante para família, para o emprego, em si para todos, e isso não é difícil, é simplesmente ser verdadeiro, não usar da falsidade, não usar da inveja, não usar da ganância é tratar o seu próximo com honestidade, respeitá-lo.
Respeitar a sua opinião, fazer que ela seja boa e mostrar o caminho da amizade, pois esta cresce o relacionamento humano, esta faz com que o seu próximo confie no seu eu, José descobriu que Amadeu é amigo de verdade, pois não abandonou-o, foi ao seu encontro, trouxe de volta para a vida e ainda concedeu a solução das dificuldades, proporcionou que José falasse sim, para se salvar, em si falasse como um bom conversador, aquele que escuta, e sabe raciocinar o seu próprio erro e querer ser vencedor novamente, e não mais cair nas drogas, na prostituição, na vida fácil que é muito difícil sair.
Amadeu mostrou a José que a honestidade proporciona maravilhas, o homem digno da honestidade é respeitado, pela sociedade, é visto como pessoa integra e sobre tudo, demonstra vontade de vencer.
O verdadeiro líder é Alice, é Amadeu, é Ana, é Benedito,é Jandira, é José, é Luiza, é Maria, é Mário, é Wagner, em si, são todos potenciais a serem lideres, só basta caminhar para o bom caminho da sua vida, a vida que torna você feliz com uma simples palavra AMOR ao seu próximo.
3 - O QUE É SER LÍDER
Líder é aquele guia, condutor, chefe, é a uma pessoa que orienta ou dirige um grupo de pessoas com o desejo de promover o bom relacionamento do serviço com qualidade prestada para seu terceiro.
Toda pessoa que possui esta dádiva deve-se utilizar sempre para fazer o bem. A liderança não é demonstrar que sabe mais que seu próximo, mas sim encaminhá-lo para realizar bem feito àquilo que foi incumbido a fazer.
Sempre que falamos de um líder, logo relacionamos com um grupo de subordinados fazendo tudo o que é pedido para fazer, sem haver um dialogo, uma troca de idéias, enfim uma escravidão total. Mas de imediato devemos descaracterizar esta palavra “subordinado”, e sim relacionarmos como companheiros de serviços, estas duas palavras soam com carinho e demonstra um afeto de relacionamento entre o superior e seus companheiros de serviços.
Muitos estudiosos dizem que líder não faz, mas sim nascem com esta dádiva de Deus, pensando em todos os lideres que temos em nossa mente podemos destacá-los que já vieram com esta dádiva imensurável dentro de si. Mas a pessoa que nasce com a dádiva de líder não se aprofunda em estudos, em conhecimentos humanos se torna pessoas insensatas e até mesmo assassinas, como vemos em muitos casos.
Desta forma todos precisam se reciclar para constituir um relacionamento com o próximo e ser bem visto para não perder a cadeira de líder, com isso podemos criar bons lideres, mesmo não nascendo com esta dádiva dada por Deus.
Para nos transformarmos em um bom líder, precisamos traçar varias estratégias, dentro e fora do nosso ser, adequando-a para o relacionamento e conquista do nosso semelhante, ou seja, companheiros de serviços.
Esta conquista se dá de várias formas, desde que usamos com amor e fraternidade aquilo que estamos imbuídos em fazer, conseguiremos um bom relacionamento.
Na medida que nos relacionamos com nosso próximo, devemos conquistá-lo da forma mais amena possível, ou seja, conquistar com simpatia e demonstrar que estamos sempre ao seu lado, defendendo a todo o momento, claro por uma causa justa e honesta.
No primeiro momento que somos apresentados para nossos companheiros de serviços, precisamos demonstrar que não sabemos mais que ninguém, e sim todos são iguais, cada um sabendo desempenhar a sua função com eficácia, e o incumbido de liderar, apenas sendo mais um na luta da prosperidade da causa desejada.
Este contato deve-se conquistar a todos, proporcionando uma amizade sadia e não uma barreira entre o líder e os companheiros de serviços.
O nomeado para dirigir um departamento, uma empresa em si o líder da causa a ser difundida, deve-se conhecer imediatamente todos os seus imediatos, pois serão eles os difundidores da sua idéia. Mostrar para todos que o serviço é realizado em equipes, pois a nenhum momento a solidão conseguiu transformar algo em objetivos desejados.
Temos vários exemplos que demonstra que a forma de equipe, de união faz superar barreiras:
Só transborda um rio, quando une a água do riu juntamente com água da chuva, elas superam barreiras, barragens, vencem qualquer obstáculos.
A união das andorinhas faz verão, pois uma só não realiza-se nada.
Uma matilha de ienas conseguem vencer um leão, mas uma única iena deverá fugir, pois será devorada imediatamente.
Estes são alguns exemplos que podemos citar que a união faz a força, e é por isso que o espirito de união deve sempre estar em conjunto com o líder (chefe) e seus companheiros de serviços.
Contaremos dois exemplos de líderes, aquele que é chefe verdadeiro, consegue conquistar a amizade de seus companheiros, fazendo que todos trabalhem por uma única causa a qualidade e perfeição do serviço e o outro chefe que nenhum momento transmite felicidade perante seus companheiros.
“A empresa ACCM Ltda., estavam abertas diversas vagas, uma delas era auxiliar administrativo, e Vanderlei foi em busca de conseguir esta vaga. A empresa se localiza na área rural, e Vanderlei buscou informação como chegava na empresa ACCM Ltda., explicaram o ponto de espera para pegar carona, e Vanderlei foi em busca de seu objetivo.
Minutos depois, encosta um carro um senhor pede:
- Você deseja ir para a empresa,
Vanderlei respondeu:
- Sim, desejo.
O senhor chamado Aurélio especulava Vanderlei de maneira muito amistosa e amigável, Vanderlei simples respondia com muita educação.
Chegando a empresa, Sr. Aurélio encaminhou Vanderlei para a sessão de recrutamento e seleção de pessoal, foi atendido por pessoas com muita presteza e dedicação, realizou todos os testes e ao terminar Milena encaminhou Vanderlei para pegar carona a retornar para cidade.
Vanderlei aguardando a carona de retorno, Sr. Aurélio passa outra vez, acompanhado de outro Senhor chamado Márcio, e a conversa foi até o destino desejado por Vanderlei.
Dias depois Vanderlei foi chamado para iniciar o serviço, muito alegre foi para conseguir o objetivo desejado.
Iniciou o trabalho no escritório de contabilidade com pessoas harmoniosas e felizes no desempenho das suas funções.
Vanderlei pensava, porque este ambiente é tão amigável? Todos com um objetivo só, fazer progredir a empresa e se relacionar como uma família. Vanderlei analisava todos os pontos daquele ambiente de trabalho, até que chegou uma pessoa formidável, cheio de vida, com muita disposição e alegria, e foi apresentado para Vanderlei, e nesta apresentação informaram que Alice é o seu nome e sua superiora imediata.
Depois desta apresentação Vanderlei descobriu o porque daquele ambiente formidável de trabalho, pois possuía uma equipe de trabalho sincronizada para um único objetivo a empresa e tendo a sua frente uma encarregada com a equipe em sua mão.
O relacionamento de Alice era de brincadeiras nos momentos que podiam, mas respeito e responsabilidade quando se falava em trabalho. Era uma pessoa de ótimo relacionamento e sobre tudo conselheira a todo o momento que se precisava.
É desta forma que se precisa de um líder, quando necessitar chamar atenção chama de maneira branda e sem muito estardalhaço e quando necessitar de um ombro amigo tem sempre ao seu lado”.
O superior imediato dos funcionários deve se relacionar de forma amistosa e amigável, sabendo que a todo o momento ao necessitar de seu chefe o companheiro de serviço possui um ombro amigo a procurar socorro.
Analisaremos agora o chefe que nenhum momento transmite felicidade perante seus companheiros.
“Nóbrega, foi concedido um cargo de superior na empresa Medeiros Ltda., cheio de convencimento Nóbrega se apresentou a seus companheiros de serviços.
Inicialmente Nóbrega colocou seu ponto de vista, a maneira que queria o trabalho, e sem muitas delongas pediu para cada funcionários ocuparem seu local de trabalho, pois esta empresa necessita de produção, e quem não estiver contente com o serviço, pode procurar o departamento pessoal para sair da empresa.
Imediatamente todos os funcionários sentiram a presença deste novo chefe, de uma forma grosseira e sem muita atração no relacionamento pessoal.
O seu modo áspero sem muito dialogo, sem muita conversa, não aceitando idéias de ninguém, provocou uma imensa discórdia no relacionamento de todos. A empresa que tanto queria uma produção com qualidade e presteza, estava sendo jogada para um posso sem fundo. O puxa-saquismo reinava no ambiente de trabalho, Nóbrega estava de vento em poupa. Até que se instaurou um caus nesta empresa, onde ninguém entendia um ao outro, foi necessário demitir Nóbrega e reciclar todos, pois não havia mais condições de trabalho instaurado naquela empresa”.
Vemos que uma pessoa sem dialogo, não assumindo responsabilidade para si, só distribuindo serviço para seus companheiros, levantando seu nome nas costas de pessoas que nada podem falar, pois recebem ordem, isto é pessoas sem escrúpulos, sem vontade de trabalhar, apenas querendo receber o titulo de encarregado, gerente e etc., mas na verdade são pessoas incapacitadas em progredir, quando cair na realidade não terá ninguém ao seu lado, nem mesmo sua família, porque este é assim até dentro de sua própria casa.
Ser e ser líder é montar uma estrutura que consiga atravessar barreiras de humildade, é saber se relacionar de acordo com sua sabedoria é conquistar pessoas que talvez esteja desgarrada do ambiente de trabalho.
Isto é muito comum depararmos, com pessoas que são revoltadas por tudo, um dos maiores motivos é não aceitar o seu superior mais novo, tanto na idade como no serviço. O líder ao deparar sobre isto terá que sobressair de maneira amena que não afete a harmonia do grupo e consiga a confiança desejada para com todos, até mesmo com o revoltado. É saber mostrar para todos qual é o objetivo que lhe foi concedido, e o que tem em mente para organizar o departamento que lhe foi atribuído.
Para conseguirmos desenvolver um ótimo trabalho de líder é preciso primeiramente ganhar confiança de nossos companheiros de serviços, demonstrar que não estamos para mandar em ninguém mas sim comungarmos o mesmo objetivo desejado.
Em segundo lugar organizarmos o nosso departamento da forma que nos cai bem, que temos facilidade em cumprir com as metas desejadas. Logo em seguida planejarmos as nossas metas, verificar as prioridades e numerá-las para cumprir de acordo com o desejado.
Trazer para consigo a responsabilidade do trabalho, mas também demonstrar que todos tem a mesma responsabilidade porque o trabalho é um conjunto de forças e sem eles não haveria possibilidades de atingir todos os fatores e metas desejadas.
Apresentar sempre resultados alcançados, demonstrar para seus companheiros de serviço como esta a caminhada, como estão vendo o trabalho do departamento, colocar a par desde o mais simples do departamento até o seu braço direito, pois todos são a mesma coisa, não importa, e sim o que importa é harmonia do grupo de trabalho.
“Em uma determinada empresa foi contratado um gerente de produção de uma industria, ao chegar neste devido estabelecimento deparou com ares de revolta dos funcionários da produção para com os encarregados.
A produção estava caindo de forma drástica e todos os gerentes que passaram nesta empresa não conseguiam sanar o problema. Até que este devido gerente, com muitos anos de experiência em lidar com ser humano avistou o que estava acontecendo. De imediato chegou nos diretores da empresa e nomeou passo a passo do que estava acarretando a queda da produção e a diminuição dos lucros da empresa, e até mesmo perdendo clientes por não conseguir cumprir com os pedidos específicos.
A diretoria desta empresa de imediato chegaram a uma conclusão, vamos aumentar nossos gastos neste mês, mas com certeza iremos ter retorno em muitos meses pela frente.
Partiram para estratégia desejada, a empresa fará reciclagem com todos os encarregados e gerentes de departamentos, faremos descobrir a qualidade de cada ser humano, não importando se ele é filho do proprietário ou faxineiro da empresa todos terão que ser tratado de igual valor.
O curso chegou ao fim e os encarregados e gerente descobriram como era o tratamento perante seus companheiros de serviço e como teriam que tratar.
Meses depois tiveram uma reunião de diretoria e gerentes de departamento e elogiaram o recém contratado no posto de gerente de produção, pois ele conseguiu recuperar a amizade de todos os funcionários, não importando o grau que ocupava na empresa e também aumentou a produtividade e os lucros e indiretamente aumentou o emprego desta cidade, pois o aumento de serviço aconteceu e foi necessário contratar mais funcionários para o posto de produção”.
Observamos que muitas vezes cabeças novas, vinda de outros lugares, ou mesmo de outras empresas podem transformar melhorias no ambiente de trabalho.
Existem vários comentários que funcionários com vícios de outras empresas não prosperarão, pois não conseguirão demonstrar formas novas que venha a colaborar com a empresa. Na realidade isto não é uma regra básica, como vimos no exemplo anterior isto acontece em todos os momentos na vida das empresas, só basta espelharmos e observamos as mudanças que ocorrem em várias empresas com formas idênticas a estas.
Também podemos analisar que um ambiente em discórdias, brigas, companheiros de serviços não aceitando idéias de encarregados, ou mesmo vendo-se de forma brusca seu superior, pode acarretar perca na produtividade, e ainda mais, cair à qualidade do serviço prestado.
Podemos concluir que precisamos de líder que conheça seu grupo de trabalho, consiga cativar de forma respeitadora, e tomar decisões que seja amena para todos, tanto para os diretores da empresa como para todos os funcionários.
E sobre tudo todos são competentes naquilo que faz, só basta quererem.
4- O BOM LÍDER INICIA COM ELOGIOS
O bom líder tem em sua mente e no seu vocabulário palavras de conforto e ânimo para seus companheiros, a todo o momento demonstra o bom relacionamento que tem para seu próximo.
Ao iniciar uma fala, esta pessoa começa entusiasmando a todos, mexendo com o ego de cada pessoa, e fazendo refletir a vontade de trabalhar e demonstrar algo mais no serviço.
O responsável com uma equipe de pessoas demonstra de forma fervorosa como esta o trabalho de determinado departamento, demonstra que a produção esta sendo satisfeita, e de leve mostra que pode-se conseguir ainda mais produzir com qualidade e maior quantidade o produto ali desenvolvido.
O líder elogia as pessoas de forma amena, sem muitas melodias, mas sim o necessário que faz seu companheiro sentir-se bem e satisfeito em desempenhar a sua função.
Muitas vezes não é a quantidade monetária que faz o homem se sentir alegre, mas sim é sentir o reconhecimento daquele que esta ao seu lado.
“A empresa MLCM Ltda., em seu departamento administrativo possuía um encarregado que conseguia cativar todos os seus companheiros de serviço, demonstrando que o elogio consegue-se maravilha.
Alexe um rapaz responsável e inteligente, desenvolvia a função de assistente administrativo, desempenhava com qualidade e perfeição todo o trabalho distribuído para ele, o tempo passou, a sua dedicação era ainda mais, pois não só fazia o serviço com qualidade, e ainda Alexe buscava conhecer mais o seu serviço. O salário de Alexe não pode-se dizer que era ótimo, mas estava feliz, agora perguntamos porque? O seu superior a todo o momento elogiava o seu desempenho, mostrava que seu talento era de uma qualidade imensurável, e demonstrava para os superiores gerais como Alexe desenvolvia seu serviço”.
Desta forma vemos o reconhecimento do encarregado e a nenhum momento escondendo o talento de seu funcionário, pois cada um tem sua função, e fazendo com amor e dedicação, nenhum deixara de receber o mérito e o carinho da empresa ali prestada o serviço e a produção desejada.
O bom encarregado é aquele bom amigo, que demonstra no momento da dificuldade do outro ter mais paciência, analisar os problemas que estão lhe afligindo, elogiar, demonstrar os seus talentos e depois com paciência mostrar suas falhas.
A pessoa que conseguir ser assim desempenhará uma ótima função como encarregado e sua equipe será feliz e trabalhará com harmonia e dedicação na função incumbida a fazer.
Observamos também encarregados com características raivosas e elogios para eles pode acarretar pedido de aumento.
Este líder demonstra medo e insegurança no cargo que ocupa, não confia em si mesmo, e teme quando um cliente elogia seu companheiro de serviço.
Esta pessoa é o inverso do conto citado anteriormente, pois o medo prospera no ambiente de trabalho e isto faz transformar um relacionamento ruim e sem estima de trabalho para ambos, tanto para o encarregado como para seus companheiros de serviços.
“Um certo dia, uma funcionária desenvolvendo suas funções de atendente, deparou com um cliente que admirava seus serviços, o seu atendimento era de igual valor para todos, não desmerecia ninguém.
Este cliente chegou a esta funcionária e perguntou, porque você desempenha com tanto amor o seu serviço, sendo que os demais nos tratam como se focemos obrigados a comprar neste estabelecimento? Esta moça muito educada respondeu-o, o que eu faço é com amor, porque desempenho aquilo que gosto de fazer.
Este cliente se retirou agradecido pela resposta, andou um pouco e voltou e disse para a funcionária, irei conversar com seu superior e pedir-lhe um aumento. Imediatamente a funcionária exclamou, não faça isso, pois eu posso ser demitida. Indignado com o que acabou de escutar, o cliente voltou a perguntar, porque não elogiar o funcionário para seu superior? A moça acanhada retraiu e não respondeu.
O cliente chegou ao gerente e disse, você deveria dar aumento para a devida funcionária, pois é a melhor das suas atendentes!
O gerente respondeu, iremos ver o que podemos fazer!
No final do dia a funcionária cheia de vida pelos elogios que havia recebido, pois para o ego é a melhor coisa que pode ter ocorrido para a vida de um ser humano, passou perto do gerente e falou, Sr. Pedro tenha uma ótima noite, o gerente retrucou, com os elogios que você recebeu hoje deve estar pisando em casca de ovos, vamos ver se amanhã você não volte com ar de superioridade e não desempenhe de acordo o seu serviço?”
Podemos notar que este gerente vivia de mal com sigo mesmo, e não aceitava que ninguém seja elogiado, pois o elogio pode levar a não qualidade no desempenho.
Mas na realidade isto é o inverso, já comprovado podemos afirmar que a qualidade no desempenha das funções, ou mesmo nas peças de produção só ocorrem quando todos os membros da empresa estão bem com sigo mesmo e sendo elogiado de forma agradável e honesta.
Podemos verificar que em toda fase de nossas vidas o elogio é o que engrandece a vida do ser humano, e é através dele que podemos conseguir coisas maravilhosas, só basta utilizarmos o senso do bem querer.
“Um certo dia um dos funcionários foi conversar com seu superior para discorrer como estava a atuação de seu departamento, chegando lá foi deparado com elogios que tornou ainda mais formidável seu desempenho profissional, porque seu superior falou-o que nunca houve reclamações de sua pessoa por parte de seus funcionários, isto tornou engrandecido o intimo deste funcionário e ao mesmo tempo dirigente de um grupo de pessoas, fazendo com que a partir deste momento melhoraria ainda mais o relacionamento para com seus companheiros de serviços”.
Isto nos mostra que o elogio feito com clareza e até mesmo de forma indireta acarreta o bom relacionamento com todos, desde a diretoria até o menor cargo da hierarquia da empresa.
“Em um outro fato deparamos que em todos os dias, estipulado em um determinado horário, a servente deveria trazer o café em um ambiente de estudos, só que era um problema, a servente fazia tudo certo, colocava nas garrafas o café e arrumava a bandeja, só que não havia quem queria levar, pois pela humildade que havia neste departamento ninguém queria chegar naquela sala, e com isso sempre era o vigia que se encarregava de bater na porta e pedir licença para colocar o café na mesa para os demais se servirem, pois os funcionário achava que o ambiente ali ocupado era de pessoas cultas e simplesmente se achando o máximo, pois a nenhum momento houve agradecimento pelo trabalho prestado, tanto pelo vigia como pela servente.
Até que um dia trocou o encarregado por estes estudos, foi nomeado outro professor, ao chegar na sala, o vigia fez o mesmo ritual de sempre, só que deparou com uma diferença, este devido professor cumprimentou-o, agradeceu pela hospitalidade e pediu se tiver algo para nos dizer estamos aberto para o diálogo.A partir deste momento, não mais havia vergonha nesta empresa, pois tanto a servente, vigias e demais funcionários levavam o café para aquela sala, pois com certeza iria receber o agradecimento e sobre tudo palavras de conforto e carinho.”
Deparamos com outra forma de elogios tornando capaz a pessoa de superar seu maior trauma que é a vergonha, e isto só consegue demonstrando confiança para o nosso próximo.
Enfim o elogio é peça propulsora de nosso mecanismo de fé e esperança para o nosso próximo.
5 - O LÍDER INTELIGENTE CHAMA A ATENÇÃO DISCRETAMENTE
O maior problema no relacionamento dos seres humanos é a maneira de tratar um ao outro. A maioria das vezes não sabemos discernir as dificuldades que estamos passando em casa e que estamos vivendo no trabalho. Desta forma leva-nos a fazer algo que desagrada os companheiros de serviço e também o relacionamento familiar.
A todo o momento devemos fazer uma reciclagem em nosso comportamento, porque algumas vezes conseguimos ferir pessoas até mesmo sem saber o porque.
A nenhum momento podemos desrespeitar nossos semelhantes à frente de ninguém, pois isto acarreta uma desavença e até mesmo problemas de relacionamento drástico, provocando brigas e conforme o caso morte.
A pessoa que ocupa a função de liderança em uma empresa, deve a todo o momento estar atento e em condições psicológicas para não ofender ninguém à frente de uma outra pessoa.
“A empresa WLM Ltda., possuía uma gerente competente no relacionamento das vendas, mas sempre criticada no relacionamento com as pessoas, pois ela achava que para por respeito perante os seus funcionários era gritando, chamando a atenção na frente de clientes, do proprietário da empresa e companheiros de serviço.
Devido à dificuldade que passa o pais, o desemprego em massa, os funcionários choravam, reclamavam, mas era obrigado se manter na empresa, mesmo sendo humilhados.
Só que o empresário a todo o momento deve estar atento a isto, pois se o gerente tiver um bom relacionamento com seus vendedores, a venda aumentará e conseguira fazer que todos trabalhem com uma ótima qualidade no atendimento”.
A empresa WLM Ltda., achava-se que estava com uma excelente gerente, pois sua competência era imensa, mas não enxergava que se os vendedores trabalhassem felizes, as vendas aumentaria muito mais, e traria mais clientes para a loja!
Temos que estar atento a estes acontecimentos.
“Em uma outra empresa Fama & Fama Ltda., constituía um programa na qualidade de atendimento e presteza para seus clientes.
De imediato fez uma reciclagem na gerência da empresa, demonstrando que o atendimento do cliente inicia-se dentro da empresa, pois o nosso primeiro cliente é o funcionário, e a partir dele que conseguiremos arrebanhar pessoas para consumir o nosso produto.
Pegando como ponto de partida este ponto, os gerentes orientavam a todos os seus funcionários que a cada um mês faremos uma reunião para apresentar os nossos pontos positivos e os nossos pontos negativo.
A cada mês que se reuniam traziam idéias novas, formas melhores de atender ao cliente, até demonstravam como devemos atrair a clientela para a empresa. Mas sempre tinham funcionários que necessitavam ser chamada a atenção, no fim de cada reunião, o gerente convidavam um ao outro para ficar alguns minutos no seu escritório, claro que nem sempre era para dar bronca, pois esta era a estratégia do gerente, pois a nenhum momento saberiam os companheiros que era para ser reprimido por atitudes não muito agradável.
Desta forma consegue-se agradar a todos e o que for chamado à atenção consegue descobrir o seu erro e corrigir logo em seguida, porque não ficou envergonhado perante os colegas e também poderá se redimir perante o seus clientes”.
Esta estratégia tomada pelo gerente da empresa Fama & Fama Ltda., é valida porque nenhum funcionário sabe se seu companheiro esta sendo chamado a atenção ou se esta trocando alguma idéia, pois o gerente a todo fim de reuniões algum funcionário fica dialogando. E o funcionário ao sair do recinto certamente não pronunciara o que foi discutido em particular com seu superior imediato.
“A empresa Mendes & Fabiola Ltda., possui um gerente que não chamava a atenção de nenhum funcionário à frente de cliente, colegas de serviço ou até mesmo na frente do proprietário da empresa, mas sua conduta era de desmoralizar na forma de tirar sarro quando seu funcionário errava, ou provocava alguma discórdia que não aceitava”.
Esta atitude também não podemos aprovar, para ser um bom líder, ele deve-se colocar em uma postura de elegância e respeito perante a todo companheiro de serviço.
O líder, encarregado, gerente etc., sempre que for chamar a atenção de seu companheiro de serviço, primeiramente demonstre o que deseja para depois chamar a atenção ou muitas vezes nem precisa, porque se seu auxiliar for inteligente ele não precisara de falas, pois a ação já demonstrou tudo.
Também existe gerente que pratica atos ante ético perante seus funcionários, pois faz crítica de um para com o outro achando que vai conseguir melhorar o ambiente de trabalho.
“A empresa Souza & Alencar Ltda., possuía um gerente que se aproximava de um funcionário e fazia comentários de seu companheiro, para demonstrar que o que estava sendo feito de errado não era para se repetir perante os demais funcionários.
A estratégia usada pelo gerente acarretava problemas no relacionamento de um funcionário para com o outro, pois no final do dia de trabalho o funcionário que recebeu a critica, era ridicularizado perante os demais colegas de serviço”.
Isto acarreta um mal estar perante o gerente e os demais funcionários da empresa, com isso todos devem trabalhar com ética profissional, não haver critica de um para com o outro, mas se houver necessidade chamar a atenção, comunique com quem o gerente deseja falar, chame ao lado e expõe o erro que esta acontecendo para a própria pessoa.
O conversar faz parte do bom relacionamento do homem para com seu próximo.
6 - COMENTE PRIMEIRAMENTE SEUS ERROS PARA CHAMAR A ATENÇÃO DO OUTRO
O próprio ego do ser humano faz com que não admitamos erros, mas a todo o momento estamos deflagrando acontecimentos que são inaceitáveis para nós mesmos.
Nós nunca consideramos que erramos, e sim o próximo. Quando assumirmos o que somos, com certeza o mundo será outro e as pessoas que residem nele terá atitudes que são de estrema paz e correção perante o próximo.
Quando admitirmos que erramos, poderemos chamar a atenção de nosso companheiro de serviço, falando que assumo meu erro, pois você não faça aquilo que eu cometi.
“Dois companheiros de serviços, discutindo como fazer para tornar a empresa que trabalham, competitiva no mercado.
Discutiram diversas formas para combater a crise e trazer mais clientes para a empresa.
Mas um destes companheiros tinha mais tempo de casa na empresa, e o que acharam que seria bom para empresa, há alguns anos atrás tinha sido o maior fiasco. O veterano da empresa explicou os erros cometidos, chegaram a um consenso e partiram para melhorar a empresa de forma diferente e amena”.
Notamos que para podermos corrigir algo devemos assumir algo que fizemos de errado, para usar como exemplo para não mais errar.
Toda vez que formos chamar a atenção de alguém, primeiramente analisamos nós, contamos sobre as nossas dificuldades alcançadas, daí fazemos o comentário do erro que esta ocorrendo no ambiente relacionado.
O dialogo esta ao nosso redor, só basta praticarmos sempre e fazermos ser praticado, porque o que queremos conseguir temos que partir de nós mesmos.
Se quisermos ser bem tratado, teremos que tratar o nosso semelhante bem, se quisermos ser mal tratado só mal tratarmos o nosso próximo, se quisermos brigar, só brigarmos com nosso colega.
Isto nos mostra que somos nós o provocador da conduta, então porque não praticarmos o bem para colhermos o bem.
Com isso se quisermos cativar o nosso funcionário com talento, teremos que fazer com talento a nossa função que nos foi proferida.
É a partir deste ponto inicial que iremos conseguir cativar e nos relacionar com todos.
7 - FAÇA PERGUNTA EM VEZ DE DAR ORDEM
Por que erramos?
Por que fizemos assim?
Por que não tomar outras atitudes?
Por que não nos relacionamos?
Por que não há união no ambiente de trabalho?
Por que existem pessoas falsas?
Por que não comungamos o mesmo ideal?
Por que não somos felizes?
Por que caímos no tédio da desilusão?
Por que somos mesquinhos?
Por que queremos mais e mais?
Por que brigamos, discutimos, não nos relacionamos?
Por que ser ruim para o próximo, ou para nós mesmos?
Por que ser ganancioso?
Por que ser dono de si, achar que seu semelhante é menos que você?
Por que acha que sabe tudo?
Por que não compartilha a sua felicidade juntamente com o seu companheiro?
Por que ser infiel?
Por que não faz com vontade o serviço que lhe foi designado a fazer?
Por que não economizar aquilo que não é seu?
Por que roubar, matar, ferir o intimo de seu companheiro?
Por que ridicularizar o seu próximo?
Por que não amar o seu próximo, pelo menos alguns minutos?
São diversas perguntas que colocamos em nosso ser e não conseguimos responder com clareza, porque realmente temos um pouco destas pergunta colocada no nosso subconsciente, e algumas vezes agimos de forma instinto.
Se um dia formos relacionar com outras pessoas, e nos designarmos a sermos líder de um grupo de pessoas, primeiramente façamos estas perguntas, e tentamos responde-las, para depois nos relacionar com o nosso próximo.
Agora se já ocupamos um cargo de liderança, antes de exigirmos algo, antes de cobrarmos algo, perguntamos em nosso intimo por que fazemos isto? E repassamos para nossos companheiros de serviços o por que fazer determinada coisa? Pense nisto para não errar o amanhã.
Nenhuma liderança pode-se fazer com rigidez e brutalidade, mas sim deve perguntar para si mesmo, será que eu gostaria de ser tratado desta forma? Se analisarmos esta pergunta com certeza não somos rudes para ninguém, pois de maneira alguma gostamos de ser mal tratado e sim gostamos de ser reconhecido por todos e a todos.
O dialogo é a solução, fale com clareza e sem rigidez, porque o resultado será positivo e alcançado.
“Mirvane uma funcionária atenta a todas as funções destinadas a ela. Mas seu superior tratava de maneira rude, com relacionamento indelicado e muitas vezes até desmoralizando na frente de seus colegas.
Até que um dia, seu chefe chamou-a para verificar o porque do serviço feito daquela forma. Mirvane consciente do que tinha feito e orientado por ele mesmo, foi até o seu encontro, chegando à sala foi mal tratada, com calma Mirvane explicou o porque fez, não aceitando, o seu chefe chegou a cogitar em sua demissão.
Sem muito o que fazer a funcionária, sempre calma perdeu a paciência e enfrentou o seu digníssimo chefe retrucando-o, a nenhum momento de sua vida o senhor foi auxiliar? Nunca errou? Enfim gostaria de ser tratado sempre a ponta pé? Irritada saiu da sala, e aguardou ser chamada no departamento pessoal para assinar seu aviso.
Mas o que aconteceu foi que seu superior assumiu o erro e analisou que ninguém gosta de ser tratado mal, então o por que eu tratar mal as outras pessoas? Deste momento em diante o relacionamento com Mirvane e demais companheiros foi de estrema calma e paz.
“Em uma residência foi contratada a secretária do lar, para desenvolver os afazeres domésticos, mas esta funcionária a nenhum momento tinha consciência que tudo custa dinheiro, uma comida jogada fora, é um desperdício enorme, pois sabemos que muitas pessoas estão passando fome, as mercadorias estão caras e etc., desperdiçava produtos de limpeza, estragava os aparelhos domésticos, enfim tudo de errado fazia, mas tinha um salário compatível com a realidade de sua profissão, era registrada, não descontava os encargos trabalhistas, enfim sua patroa dava todas as condições de trabalho.
Mas a nenhum momento esta funcionária estava contente, sempre desenvolvendo coisas erradas e sempre tendo que ser chamada à atenção, até que não houve possibilidades de correção, foi demitida”.
Este é um exemplo a favor do líder, onde a funcionária não faz as devidas perguntas que deveria fazer, (se estivesse na minha casa será que eu queria desperdiçar produtos? quebrar aparelhos? não fazer com amor o afazeres domésticos meu?), com isso desempenha serviços sem amor e sem qualidade.
Devemos sempre estar atento as nossas perguntas, para não cairmos no comodismo e no erro.
8 - NÃO ENVERGONHE AS OUTRAS PESSOAS
A vergonha acompanha todos nós, desde o momento que lemos a bíblia e acompanhamos a parte de gênese onde fala da criação do mundo, que Deus colocou um homem a sua semelhança e para não sentir-se só concedeu uma companheira tirada de uma de suas costelas, mas devido o pecado original a mulher e o homem comeram do fruto proibido e a partir daí todos passaram a ter vergonha.
Vemos que ao nascer já temos vergonha, com isso temos que superar este obstáculo, e nunca envergonharmos ninguém a presença de outro.
Isto cabe diretamente a um bom líder, que a nenhum momento possa transgredir esta atitude perante seus companheiros de serviços, pois o bom relacionamento é conseguido a partir da conduta de um para com o outro.
“Em um futebol realizado por um grupo de amigos, neste meio sempre há um líder e este gosta de tomar atitudes um pouco desagradável, sempre chamava a atenção de seus companheiros, falando que tinha errado o passe, feito besteira na defesa, enfim todos erravam e ele não, e se alguém chamasse a atenção ficava uma fera.
Até que um dia juntaram-se todos os companheiros de futebol, e decidiram não mais chamar para jogar, isto foi tão dolorido para si que chegou a conclusão chamar a atenção de seu semelhante na frente de todos, e nunca assumir o seu próprio erro provoca-se a solidão e a perca do relacionamento geral entre as pessoas”.
Esta atitude é típica de pessoas chamadas de ignorantes e quando avistamos em local sempre sozinha e desolada num canto.
Também existem pessoas que brincam com todo mundo, tiram sarros, ofendem, mas quando alguém faz a mesma coisa com ele, acontecem as briga, as ofensas, esta pessoa também pode-se considerar ignorante e sem escrúpulo para um bom relacionamento.
O grande problema nosso é não assumirmos o erro, e ver os defeitos das pessoas, mas não vermos os nossos próprios erros, é lermos todos estes contos e acharmos que isto não cabe ara mim, mas cabe ao meu vizinho.
Toda vez que um líder (encarregado, gerente e etc.), chama a atenção de seu auxiliar na frente de outra pessoa, provoca um mau relacionamento de um para com o outro, até mesmo daquele que esta presenciando a cena. Aguarde e chame de lado e faça suas correções separadas de todos. Desta maneira o desagrado não ficara para ninguém, e seu companheiro de serviço ficara grato pela atitude tomada.
9 - ELOGIE O MENOR PROGRESSO
Elogio é louvor dado à outra pessoa, é gabar, enaltecer alguém, é mostrar que esta contente pelo seu desempenho.
Quando recebemos parabéns por algumas atitudes que tomamos sentimos agradecidos e lutamos para fazer melhor na próxima vez.
Também nunca podemos deixar para o amanha, o que podemos fazer hoje, porque talvez amanhã seja tarde.
“Havia um funcionário com um talento inexplicável, e seu chefe sempre querendo elogiar, mas o seu chefe não havia jeito em chegar nele e exaltar pelo seu serviço prestado.
O tempo passou, o talento de seu funcionário aumentava cada vez mais, e o seu chefe cada vez mais feliz, mas de forma alguma fazia o elogio, e sentia que se fizesse algo de diferente transformaria a vida daquele rapaz diferentemente, pois a sua vida era de casa ao trabalho, do trabalho em casa.
Não relacionava com ninguém, o silencio tomava conta, até mesmo o chefe só se relacionava na forma profissional, pois este rapaz não dava oportunidade de descobrir o porque deste jeito.
Este chefe intrigado foi puxar um assunto amigável com este rapaz, e pensou hoje faço elogio a ele e talvez mude o nosso relacionamento.
A conversa não saiu do que ele fazia, apenas respondia o que era perguntado.
Os dias se passaram, o trabalho era bem realizado pelo rapaz, mas o seu relacionamento cada vez mais restrito.
Até que chegou a manhã de um dia o chefe pensou hoje falo de uma forma e outra, a hora se aproximava da chegada do funcionário, e o chefe apreensivo de como iniciar a conversa, até que deu a hora, mas o rapaz não chegou, todos ficaram intrigados, pois ele não atrasava e tão pouco faltava no serviço. As horas passavam e o rapaz não chegava. Até que decidiram ligar para a sua residência e a resposta foi a mais triste que poderia acontecer, ele acabava de falecer.
Dias depois o chefe ao mexer na gaveta deste rapaz encontrou o seu diário escrito, porque não conversam comigo, porque não elogia o meu trabalho, será que sou tão incompetente que não consigo se quer arrumar amigos e me relacionar com outras pessoas.
Se sentindo triste o chefe fez uma reunião com os demais funcionários, e expressou tudo o que pensava o rapaz, e fez um resumo, nunca mais deixamos para amanhã o que podemos fazer hoje, porque se tivéssemos elogiado ele, talvez teríamos uma outra pessoa ao nosso lado e o pouco tempo que viveu ao nosso meio faríamos feliz e saudável na sua mente.
O elogio transforma pessoas e é através deste fato que leva a vitória a conseguir algo, antes de pensarmos em destruir alguém elogiemos, porque futuramente esta pessoa poderá ser alguém de respeito e solucionador de problemas que hoje não são sanados.
10 - ATRIBUA TAREFAS PARA SEU GRUPO PARA ELE SE MANTER ATIVO NO SEU DIA-A-DIA
Cada vez que o tempo passa e não fazemos nada, mais queremos ficar parados e sem se movimentar.
A mesma coisa acontece em um serviço, se o líder deixar livre seus funcionários, ninguém ira atras de fazer algo de novo, isto deve partir exclusivamente da pessoa que coordena esta liderança.
Isto é uma forma errada, pois cada um deve ser responsável pelas funções designadas. Já que a atitude não é esta por parte do ser humano, deve-se partir do líder e ele tomar consciência e manter ativos todos os seus funcionários.
Esta atitude deve ser tomada sempre de forma pacifica, sem ofender, sem maltratar e saber dar ordens, se possível perguntar o porque não esta fazendo o serviço, para fazer refletir na sua consciência o motivo da ociosidade ocorrida por parte do funcionário, também não se esquecendo que esta atitude deve ser separado de todos para não o envergonhar, pois ai não consegue prestigio por parte de seus companheiros.
Saber ditar regras para desempenhar um bom serviço, não é mandar e sim demonstrar o porque daquele fato.
Conseguir qualidade no serviço é perguntar se você estivesse no meu lugar que postura você tomaria para com seu funcionário?
Demonstrar sucesso no serviço é fazer seu funcionário reconhecer suas habilidades e seus defeitos.
Conseguir sucesso de uma equipe é demonstrar claro e límpido o seu desejo de vitória. Mostrar que se conseguir o sucesso, não será só seu, mas de toda a equipe que comunga o mesmo objetivo.
“Um time de futebol havia um craque que todos nomeava apenas aquele indivíduo, até que um dia machucou, e todos comentavam, não conseguiremos mais ganhar nenhum jogo, o craque do time esta machucado e com isso seremos prejudicado.
A atitude do técnico, foi primeiramente animar os seus jogadores, mostrar que cada um tem sua posição a ser defendida, e o conjunto unido fará superar todos os problemas que poderia acontecer.
O time entrou em campo, sem o craque, todos vestiram a camisa com um único pensamento nós unidos não seremos vencidos, com este lema superaram a si mesmo e conseguiram mostrar para a torcida que não é só um craque que faz um time, mas sim o conjunto, a união e a garra de todos conseguem superar qualquer dificuldade e atingir o sucessor desejado”.
O sucesso consegue quando possui pessoas que sabe motivar os seus companheiros e colocar dentro de cada um que a fé existe e está dentro de nós mesmos, só basta tirarmos ela e colocarmos dentro de nosso objetivo desejado.
Conseguimos sucesso quando temos a capacidade de convencer o próximo, demonstrar que ele é vitorioso e bom, esta capacidade de convencer deve-se tomar muito cuidado, pois também pode levar a desvalorização do seu semelhante.
“Dois amigos chamados Pedro e João, todos finais de semana se reuniam para jogar xadrez, e sempre João vencia, mas Pedro não se conformava, pois era ele que havia ensinado João a jogar este jogo, não havia trapaça por parte de João, isto é uma injustiça.
Até que um dia João vendo que a sua amizade poderia acabar, devido este jogo, e ele não queria que acontecesse isto, desculpou-se de Pedro e falou que já havia cansado de todo final de semana fazer a mesma coisa. Pedro aceitou, mas antes você me fala o que é que você fazia para sempre ganhar de mim.
João respondeu, durante todos estes anos sempre ganhei porque você acreditou que eu sempre seria o ganhador, claro a primeira vez que eu ganhei podemos falar que foi sorte, mas a partir desta, você não acreditava em si mesmo, o seu subconsciente alertava que eu iria ganhar, e tomou conta de você o pessimismo, o homem derrotado, uma pessoa que não tem capacidade de vencer o seu próprio aluno.
Você se prendeu dentro da sua própria consciência, não acreditando no seu próprio talento e força, não acreditou na sua inteligência, e na força de vencer.
É por isso que somos derrotados, pois deixamos de acreditar em si mesmo, e passamos a ver o próximo melhor, com mais capacidade e a partir deste pensamento contribuímos ainda mais para a vitória do próximo e a sua própria derrota.
Se quiser tornar uma pessoa diferente do que ela é, nós temos que demonstrar o que ela pode fazer, qual é o seu potencial e através de um bom elogio, mostrar o caminho que deve seguir. Assim tornara essa pessoa satisfeita e orgulhosa, pois você dará a fé que ela necessita.
11 - INCENTIVE O CERTO PARA NÃO ACOSTUMAR COM O ERRO
O erro acompanha nós desde a criação do mundo, conforme explica a bíblia, é por isso que facilita a explicação de que nós estamos mais vulnerável ao erro do que ao acerto. Será que isso mesmo? Ou depende de cada um de nós? Ou devido à educação dada na família? Esta incógnita (?) fica na mente de cada um de nós, só depende extrairmos o bem para fazermos o bem.
O líder é exemplo para seus fieis, devido a isto deve saber bem se relacionar perante o público, ou mesmo perante o seu grupo de pessoas que estão a todo o momento ao seu redor. Pois é daí que muitos tirarão exemplo de vida e tomarão partido para a sua tomada de decisão.
Ao elegermos um líder na nossa mente devemos ter consciência quem estamos elegendo, porque o nosso próprio subconsciente levara a fazermos algo que seja exemplo desta pessoa.
Vamos refletir em toda a nossa caminhada, se em algum momento nós não tiramos como exemplo uma pessoa que ficou marcada em nossa mente? Podendo ser o pai, a mãe, um colega, um professor, um artista, um político, enfim alguém que inspirou um detalhe que refletimos em nossa pessoa.
Este detalhe de inspiração podemos nomear como um líder em nossa mente, que ao fazer algo, nos sentimos bem em repetir ou mesmo copiar o seu jeito.
“Professor Luiz um exemplo de vida na escola onde trabalhava, estava a frente em todas as renovações pedagógica que o professor necessita.
O seu desempenho juntamente com os alunos era de forma atraente, sendo que todos os alunos nomeava como o paizão da escola.
Luiz animado pela força que os alunos davam, partiu para algo mais arrojado, candidatou-se a vereador, a sua votação foi expressiva. Conseguindo se eleger como o presidente da câmara.
O seu trabalho como vereador deixou a desejar, não conseguiu fazer tudo o que prometera, não realizou a forma atraente, como fazia na escola. Frustrou-se, e fez uma analise na sua consciência, vendo o porque não conseguiu desempenhar aquele trabalho arrojado como foi sempre o professor Luiz.
Conversando com sua esposa, ela uma pessoa lúcida, exclamou, Luiz sempre fui contra nesta idéia de política, pois as pessoas não conseguem muita coisa nesta área, o homem a todo o momento é propicio a quedas, e quem entra na política, deve-se pender a um lado não tão bem visto pela população, pois hoje todos estão descrente com ajudas, quase ninguém faz nada para o próximo, se faz é para conseguir algo à frente.
Luiz desanimado e refletindo a tudo que sua esposa havia falado, voltou a seu trabalho rotineiro, fazer aquilo que sabia, mas seus alunos não tinham a imagem do paizão da escola, e sim via um político, que prometeu e não cumpriu o bem estar da população.
Arrependido do que havia feito, foi em busca de recuperar sua imagem, revolucionou o sistema de suas aulas, apresentava vivência em grupos, demonstrava para os alunos que fazer política não é propriamente cumprir aquilo que prometeu, mas sim honrar o seu próximo verificando o erro, realizou grupo de estudo, e por fim demonstrou que o nosso país tem concerto, apenas depende de nós em lutarmos por um ideal e não desistirmos nunca por uma batalha perdida.
Professor Luiz reconquistou a sua credibilidade, voltou à vida política, já experiente em sua caminhada, sabendo como é ser político, realizou diversos projetos, quase todos aprovados, partiu para algo mais arrojado, hoje já pensa na eleição para prefeito, e tendo como seguidores todos os seus alunos, pois viram que ser líder não é saber conduzir seus discípulos, mas sim saber aceitar as falhas, corrigi-las e voltar para redimir do erro”.
Isto podemos dizer que é um líder, consegue arrebanhar pessoas a seu lado, mesmo na crise e mostrá-los que estamos prontos a vencer, só basta sabermos aceitar onde erramos e corrigirmos desta forma teremos pessoas sempre honestas e seguidores a altura para ajudar a sairmos da crise.
A ajuda é um fator preponderante para o ser humano desde que sege palavras, atos animadores, que tornem no dia-a-dia desta pessoa um dia novo, com novas perspectivas e sobre tudo demonstrando confiança que ela conseguira. Este fator é demonstrar a fé que todos possuem no seu interior.
12 - FAÇA ALGUÉM SE SENTIR SATISFEITO
A satisfação não é somente doar algo, mas sim mostrar como conseguir.
As coisas conseguidas fáceis deixam de ter valor, precisamos sentir no nosso interior as dificuldades, para podermos valorizar.
Todos que conseguem com facilidade, perdem fáceis, pois o valor intimo que necessita o homem deixa de existir.
“Pedro o menino rebelde, tudo o que queria ele possuía, seus país não sabiam mais o que fazer para seu filho sentir-se alegre.
Comprava brinquedos, levava para viajar, tudo o que poderia pensar já havia feito para Pedro. E ele sempre revoltado, intransigente na sua caminhada.
O tempo passou, o relacionamento não mudou, Pedro continuava insatisfeito com sua vida, mas mesmo assim tudo o que desejava ele tinha, desde que não desejava mais nada, a sua vida não tem sentido.
Pedro estava com quatorze anos de idade, cursava a quarta série do ensino fundamental, seus país não sabiam mais o que fazer.
Até que encontraram pela frente um senhor experiente e pediram, o que fazer com meu filho, já dei tudo o que poderia dar, mas ele não valoriza nada, sempre insatisfeito com sua vida, será que falta alguma coisa que não sabemos.
O senhor experiente pediu-lhes, vocês ensinaram o principal, imediatamente o pai retrucou, o que? O senhor respondeu lembre-se de toda a sua caminhada, desde a sua infância até hoje, como você conseguiu? Não responda, apenas reflita, dentro de uma semana nos encontraremos.
Os dias se passaram e os pais conversavam, o que será que ele quis nos falar.
O dia chegou e o senhor estava aguardando a presença dos pais, de imediato o senhor pediu, como foram estes dias? Respondeu continuou igual como sempre foi, o senhor com sua simplicidade falou, o homem nunca reflete a sua caminhada, esquece por todas as dificuldades, não valoriza o seu passado, só quer ver o futuro, só se preocupa em ver o seu vizinho, e deixa de lado o principal que é mostrar toda a dificuldade conseguida até chegar naquele determinado momento.
Os pais retornam para sua casa, resmungando, este senhor não sabe nada, o que resolveu para nosso filho? Nada!
O tempo continuou e Pedro ainda mais rebelde, agora com más companhias.
O senhor chegou na residência de Pedro e pediu-lhe você é Pedro, respondeu ironizando, quem é o senhor? Como sabe meu nome? Respondeu o senhor antes de você fazer qualquer pergunta, pergunte para si mesmo quem sou eu? O que faço aqui? Depois que você refletir estas perguntas sua, você descobrira quem sou eu, pois nunca podemos se preocupar com o outro antes de nos conhecer.
Pedro parou assustado, e refletiu será que não descobri quem sou eu? Pedro foi imediatamente para dentro da casa e pediu para sua mãe, porque sou desse jeito, não gosto de ninguém, não amo meu próximo, não vejo boniteza em meus olhos, só vejo desilusão. A mãe respondeu, porque nesta casa teu pai e tua mãe são desse jeito, como você pode ser diferente se nós te educamos desta maneira, sem amor, sem carinho, achando que dar um presente satisfazia o seu desejo, mas na realidade o que você mesmo precisa não é bem material, mas sim o amor de seus pais.
A família refletiu uniram-se para mudar, pois nunca é tarde para descobrir o erro, sim é tarde não aceitar mudanças.
Hoje Pedro esta na Universidade fazendo o curso que esta no seu alcance, pois estuda e trabalha, e se responsabiliza para progredir no seu futuro”.
A satisfação não é conseguir tudo fácil, mas sim é descobrir o porque deseja, depois lutar, faz superar todos os objetivos e faz-se sentir um líder, nem se for para si mesmo, porque um líder não é apenas aquele que controla um grupo de pessoas, mas sim aquele que controla o seu interior, fazendo tudo certo para colher frutos honestos e bonitos.
Em resumo todas as pessoas se sentem satisfeito em fazer algo quando lhe atribui responsabilidade, e nesta responsabilidade demonstra que tem capacidade de realizar. Vemos que a melhor maneira de se conseguir a realização do fator sucesso é demonstrar que a pessoa sempre será um sucesso.
13 - O LÍDER TRABALHA EM CONJUNTO
Todo desempenho profissional, familiar, e com a comunidade, deve ser desempenhado em conjunto, ninguém vive solitariamente neste mundo, pois a solidão é a maior dor que pode existir para o ser humano.
Como já falamos desde a criação do homem segundo a bíblia, Deus não deixou o homem sozinho, deu-lhe uma mulher para compartilhar a vida e a paz perante todos.
Deste modo podemos refletir que a nenhum momento podemos pensar que somos capazes de fazer tudo sozinho, vencer os obstáculos por si só.
Não podemos ter esta mente obcecada pela solidão, ou pensarmos que podemos superar tudo e todos, pois para atingirmos a qualidade devemos obter a união, o conjunto de idéias para realizar a boa conduta do trabalho.
O líder para desempenhar um bom trabalho deve trabalhar em comum acordo e comum união entre seus funcionários, ou seja, companheiro de serviço.
“Em uma praça no horário de almoço caminhava um gerente, que havia deixado seus afazeres empresariais e caminhava para refletir o seu trabalho, as suas atitudes perante seus companheiros de serviços, pois ele distribuía os serviços, mas não compartilhava em ajudar, apenas exigia que estivesse pronto no dia determinado por ele.
Até que neste dia havia cobrança por parte da diretoria da entrega dos determinados relatórios, só que não estavam prontos, e o que fazer? Como chegar aos meus chefes e dizerem que meu departamento não deu conta no trabalho?
Este gerente refletiu, colocou várias indagações, e uma delas sendo:
Será que eu sou o causador do mau desempenho da minha equipe? Será que não estou conseguindo formar um conjunto de pessoas que possa dar conta em seu determinado serviço?
Isto se passou até que o gerente deparou com dois rapazes, um faltando um dos braços e o outro faltando uma das pernas, uniram suas deficiências e estavam conseguindo atingir os seus objetivos, saciar a sua fome, um tinha possibilidade de caminhar para pegar o alimento e o outro havia a possibilidade de abrir a embalagem e se alimentarem em conjunto.
Isto mostrou que o trabalho em conjunto nunca é impossível de realizar, só basta unir as forças e fazer o objetivo prosperar”.
Este fato ocorrido mostrou para o gerente que não basta apenas a sua equipe de trabalho fazer sozinha o seus afazeres, necessita também da sua força de vontade em ajudar unir a seu esforço para poder conseguir dar conta das obrigações desejadas.
Pois a união faz a força e o conjunto de todos corresponde à harmonia no ambiente de trabalho.
14 - A QUEDA DE UM LÍDER
Um líder raramente cai por falta de inteligência ou visão, o motivo é quase sempre uma falha simples, mas de suma importância na sua vida profissional.
“Havia um encarregado de Recursos Humanos, um rapaz inteligente e bem relacionado com seus superiores.
Mas havia uma pequena falha no seu relacionamento, nenhum funcionário gostava de suas atitudes.
O tempo foi passando e este encarregado foi ganhando fama de ruim perante os seus companheiros de serviços.
Até que um dia ele subiu no mais alto pedestal foi transferido para uma das agencias desta empresa gerenciar o departamento geral de Recursos Humanos desta empresa, os demais funcionários ficaram indignados com isso, porque uma pessoa tão chata, não se relaciona com ninguém, suas atitudes são tão ásperas, como ele mesmo pode ocupar um cargo elevadíssimo deste.
Mas os dias se passaram e os diretores da empresa viram com quem eles estavam se relacionando mesmo, uma pessoa sem qualidade no atendimento, e ocupando um cargo de Relações Humanas, até que demitiram este funcionário.
Hoje ele atingiu uma idade avançada, esta colhendo tudo aquilo que plantou e sua experiência não valem para nada, pois sua fama ficou no ar e com isso paga por conseqüência que ele mesmo cultivou”.
Isto são causas simples que levam um líder a cair, o seu relacionamento com o próximo, suas atitudes tomadas em momentos desnecessárias, radicalismo com pessoas que não merecem e o prazer de demitir apenas para demonstrar poder e ver o próximo chorar.
Isto são atitudes que levam vários líderes a se confundir com a função e com o ser humano.
Como um velho provérbio “não há um dia após o outro”, ou seja, não adianta fazer o hoje o mal porque amanha quem recebera este mal será você mesmo.
Não plante discórdia, pois a sua colheita será de igual valor ao seu plantio.
Trate bem o seu semelhante, para receber de volta a reciproca desejada.
São diversos provérbios que podemos relacionar em nossa vida e tentarmos mudar o nosso relacionamento para com o nosso semelhante, pois um líder não acontece por acaso, e sim são formados de acordo com a sua capacidade de se relacionar e trabalhar.
15 - AS DELICIAS DE SER LÍDER
O sonho de todo trabalhador é alcançar o seu maior desafio, dirigir um posto do alto escalão da empresa onde presta serviço.
A partir deste sonho leva o homem a desenvolver várias formas para alcançar o seu objetivo, com isso muitos extrapolam as suas possibilidades, provocando desunião no relacionamento dos companheiros.
Mas esta forma de vencer não é sadia, pois não luta pelas suas capacidades interior, e sim luta para derrubar o seu próximo. O que traz de bom esta atitude de discórdia? Será que no momento que atingir o máximo de seu objetivo, esta pessoa poderá se glorificar perante os seus companheiros?
Ao vermos isto concluímos que não é necessário afetar o seu semelhante, mas sim buscar a sua qualidade naquilo que aprendeu e sabe desenvolver.
“Em uma empresa havia dois funcionário inseparáveis, só que os dois lutavam pela mesma função, tudo o que se relacionava era para galgar um posto de nome perante seus superiores, para futuramente serem convidados a ocuparem o devido posto.
Os diretores da empresa decidiram criar mais um departamento e teria que convidar um dos dois amigos a ocuparem a função de gestor departamental.
Os dois colegas ficaram na expectativa, até cortaram o relacionamento, não havia dialogo entre os dois, discutiram, ou seja, cortaram o melhor relacionamento que existia nesta empresa.
Chegou o dia mais esperado, a empresa contratou um funcionário com mais experiência para ocupar a devida função.
Os dois companheiros indignados chegaram a pedir demissão da empresa, jogar fora o que existe de mais precioso na nossa vida o trabalho.
Até que chegou o gerente geral desta empresa, sentou junto com os dois e retrucou dizendo, não existe nada melhor que cultivar uma boa amizade, e vocês conseguiram destruir por uma simples ganância, não olharam nada aos seus redores, apenas queria superar o seu próprio ego. Isto nos mostra que o ser humano não esta preparado para atingir nenhum posto como os animais irracionais, como por exemplo, quando os gansos vão fugir do inverno e se mudar para outras localidades que estão no verão, um dos gansos toma a frente do grupo e todos vão gritando para dar força para o que esta à frente, quando este cansa ele vem para o fim do grupo e quem assume é o que vem logo em seguida.
Vemos que chamamos os animais de irracionais, mas eles são muito mais racionais que nós homens, porque não sabemos comungar o mesmo objetivo, mas sim sabemos deflagrar guerras para o nosso único interesse.
Peço que não se demitam, pois o futuro é promissor para ambos, só basta continuarem amigos e persistirem na sua caminhada.
Os dois colegas continuaram o seu serviço, colaborando para com o único objetivo que é prosperar com a empresa, esta cresceu e ambos alcançaram seus objetivos particulares, assumiram encarregados de cada departamento e continuaram amigos como sempre foram”.
Através deste exemplo mostra que temos que trabalhar unidos em prol do objetivo principal a empresa, pois ela se houver diretores qualificados a desempenhar a trabalho de Recursos Humanos, voltados para o ser humano como um todo, alcançara a finalidade de vitória e sucesso para todas as áreas, tanto empresarial como dos próprios funcionários.
16 - O LÍDER SUPERA DESAFIOS
Como sempre falamos é muito mais fácil mexermos com dez mil cabeças de bois do que com um ser humano.
Isto é uma realidade, o homem é bom até o momento que desejar, porque se levantar mal humorado e incutir na sua mente que hoje será um péssimo dia, o homem com certeza assumira o seu pior dia da vida.
É a nossa mente que domina o nosso ser de raciocinar, de se relacionar, de conviver com nosso semelhante.
“Em uma fazenda um administrador contratou dez funcionários logo de manhã para desenvolver a capina do campo, tratou um valor que ambos concordaram.
Na parte da tarde, este administrador foi para a cidade e trouxe mais cinco trabalhadores, para desenvolver o mesmo serviço.
No final do dia o administrador pagou certinho o que tinha prometido na diária dos dez funcionários, para os outros cinco o administrador não tinha prometido nenhum valor e pagou a mesma quantia.
Ficando revoltado, os dez primeiros funcionários retrucou com o administrador e falou não precisa mais nos procurar, pois não somos pessoas para serem tratados desta maneira.
O administrador simples, com fala mansa retrucou dizendo:
- O que havia prometido para vocês cumpriu no pagamento;
Imediatamente responderam:
- Sim;
- Por que me condenas desta maneira?
- O que fiz de errado para com vocês?
Falaram:
- O senhor pagou o mesmo valor para os funcionários que iniciou o trabalho na parte da tarde.
Retruca novamente o administrador:
- Qual o motivo da revolta?
- Será que não tenho direito de pagar o que eu quero para meus funcionários?
- O prejuízo é de quem?
Os tempos passaram, os dez funcionários que havia brigado voltaram a pedir serviço para o administrador, admitiu e começaram trabalhar na parte da tarde, no final do dia o administrador pagou igual valor com aqueles que havia iniciado o serviço na manhã, mas nenhum reclamou do pagamento. O patrão retrucou:
- Vocês estão vendo que nem todos são invejosos como vocês? Pois o que é trato e cumprido é verdadeiro, agora brigar por causas injustas é bobagem”.
Demonstra que o ser humano é movido por inveja, não aceita o que de bom faz para o outro e sim quer mais e mais para si mesmo.
17 – COORDENAÇÃO
Coordenar consiste em unir e harmonizar todas as atividades e esforços de diferentes pessoas ou órgãos da empresa, tendo em vista um objetivo comum.
O coordenador deve analisar a postura de seu profissional, deve avaliar o comportamento e orientá-lo constantemente.
O coordenador é aquele que capacita seus funcionários a adquirirem formas positivas e atraentes, ensinam propriamente o MARKETING PESSOAL.
Para isso vamos avaliar o comportamento correto do funcionário perante a empresa coordenado pelo superior imediato, e subseqüentemente avaliar a postura deste profissional:
1- Apresentação Pessoal uma forma interessante para marcar o seu ser;
2- Seja pontual nos compromissos, não atrase;
3- Tenha conhecimento nas funções que desempenha;
4- Seja sigiloso, não divulgue o que divulgaram a você;
5- Honestidade, uma postura correta do profissional;
6- Não se envolva em assuntos pessoais;
7- Não critique o seu companheiro de serviço;
8- Seja compromissado naquilo que pediram para você, assuma o risco e faça bem feito;
9- Faça com qualidade todo o trabalho solicitado a você;
10- Ao atender apresente-se como profissional;
11- Ouça o cliente antes de falar alguma coisa deselegante;
12- Saiba entrar no recinto de trabalho, seja discreto e elegante;
13- Atenda o próximo como você gostaria de ser atendido;
14- Atenda com rapidez ou de atenção ao cliente o porque da demora;
15- Tenha atenção, chame o seu cliente pelo nome e nunca crie nome para o seu cliente;
16- Elogie o seu semelhante de forma verdadeira, valoriza-o.
17- Olhe o seu semelhante nos olhos, pois esta postura demonstra atenção;
18- Ao conversar em um grupo, dirija-se a todos;
19- Seja simpático, mas com sinal de empatia;
20- Não apóie em mesas ou cadeiras, pois esta postura e de preguiçosos;
21- Sorria sempre, pois esta postura é sinal de bom atendimento;
22- Use bem a voz;
23- Fale pausadamente ao comunicar-se com o próximo;
24- Expresse uma idéia de cada vez;
25- Seja direto ao conversar, não enrole;
26- Controle a sua voz;
27- Fale mais forte às vezes e mais baixo outras vezes;
28- Evite Gírias;
29- Evite os cacoetes – “Não é ou Né”
30- O maior Marketing Mix existente é:
Produto;
Preço;
Promoção;
Ponto de Distribuição.
Mas muitas vezes os empresários esquecem do quinto (5º) melhor Marketing o:
PESSOAL.
Aquele que proporciona a realização de todos os outros, ou seja:
Comprar o produto com qualidade;
Proporcionar preço satisfatório e honesto;
Analisar promoção verdadeiras que atraia o cliente, e;
Saiba colocar o produto em pontos estratégico e satisfatório ao cliente.
18 - SUPERVISÃO
Ver a supervisão como auxílio e apoio em lugar de encará-la como inspeção ou fiscalização, nem sempre é uma questão pací­fica.
As razões que tem sido encontrada para a distorção no julgamento da função supervisora apontam, geralmente, em duas grandes direções:
A postura dos próprios supervisores, (orientadores ou que outros nomes tenham os que exercem função de supervisão), ao enfatizar mais os aspectos corretivos do que os preventivos e de apoio de seu trabalho;
A postura dos supervisores de sua competência técnica algumas vezes, e outras vezes por não estarem muito seguros dela, procuram dificultar ou impedir a supervisão, na pressuposição de que o acompanhamento de seu trabalho é indício de falta de confiança.
A questão evidentemente não se resolve pelo confronto, mas pelo diálogo. Se a supervisão optar pelo uso do poder no desen­volvimento de seu trabalho, terá pouca possibilidade de obter confiança e cooperação e se os supervisionados optarem pela rejeição, terá se instalado o impasse.
A supervisão pode escolher o caminho de ajuda competente, apoiando os encarregados na análise das situações-problema e na seleção de alternativas para resolvê-las, estimulando iniciativas criativas e a adoção de novas formas de abordar os problemas que vão se apresentando. Pode optar por um trabalho com o encarregado, ao invés de decidir por ele ou independentemente dele.
Por sua vez, os supervisionados podem optar por uma visão mais abrangente de aprendizagem, em que não só domínio do conteúdo específico é importante, mas todo um con­junto de ações pedagógicas se torna necessário para maior eficácia nos resultados. Podem adotar um posicionamento mais cooperador e racional, no sentido de somar à sua competência profissional outros elementos das ações pedagógicas que o su­pervisor detém por força de sua formação.
Esse encontro razoável de interesses será possível na medida em que sejam capazes, uns e outros, de estabelecerem relações profissionais mutuamente satisfatórias e complementares, em que o encarregado veja na supervisão a possibilidade de ajuda esclarecida e a supervisão reconheça no encarregado à possibilidade de um trabalho competente e consciente.
A supervisão não é conferência de objetivos ou um balancete en­tre "previstos" e "realizados". Ela é muito mais. E eis aí uma boa tarefa para Supervisor e Encarregado realizarem juntos: desco­brir esse muito mais que a supervisão significa.
Em resumo os objetivo do projeto do trabalho é conhecer todo comportamento do ser humano e adotar varias opções para que o trabalhador alcance juntamente com a empresa o sucesso do projeto.
Temos que analisarmos este objetivo de várias formas na produção, pois o trabalho (funcionário atendente do cliente) é a essência da conduta do projeto, pois não adiantamos desenvolver produtos com qualidade, marketing bem divulgado, beleza na estrutura empresarial se não tivermos um grupo de pessoas que atenda bem a coletividade que propriamente são os consumidores, a arma do negócio, com isso temos que possuir funcionários desempenhando suas habilidade de forma adequada e precisa, seguindo algumas regras, tendo apoio primordial da equipe responsável pela empresa, porque não adianta cobrar regras dos funcionários se a empresa não de condições de trabalhos. As regras mais importantes são:
1) Qualidade:
Dar treinamentos para a equipe de trabalho que possa desenvolver o projeto desejado com eficácia e determinação, oferecendo-lhes cursos profissionalizantes, especializações e dando condições de trabalharem em equipamentos tecnológicos.
Não adianta cobrar da equipe de trabalho eficiência em equipamentos tecnológicos, se não a equipamentos suficientes para todos desenvolverem com precisão o projeto desejado.
2) Rapidez:
Algumas vezes, a velocidade de resposta é o objetivo dominante a ser atingido no projeto do trabalho. Por exemplo, a forma pela qual o trabalho do pessoal de serviços de atendimento de emergência é organizado a gama de tarefas para as quais eles são treinados, a seqüência de atividades em seus procedimentos, a autonomia que eles têm para decidir sobre uma ação adequada, e assim por diante será importante na determinação de sua capacidade de responder prontamente a emergências e talvez salvar vidas.
3) Confiabilidade:
A confiabilidade do fornecimento de bens e serviços é usualmente influenciada pelo projeto do trabalho. Por exemplo, dar condições que o cliente conheça o fornecedor de bens e serviços, dando-lhe identificação, como crachá, uma roupa que identifica o trabalho, e sobre tudo a divulgação que a empresa fará em torno do determinado serviço realizado na área estipulada, isto são formas para confiar na empresa e no serviço prestado.
4) Flexibilidade:
É tornar o projeto fácil para ser desenvolvido, não fazendo com que cada departamento seja realizado por um único funcionário, deve diversificar, tornar o grupo de trabalho polivalente, com todos conhecendo um pouco de cada departamento, torna-se possível à não parada da produção, pois se um dos funcionários não puder vir para o trabalho, teremos um outro com condições de substituí-lo imediatamente.
Isto torna-se flexível toda evolução do projeto designado pela equipe produtiva.
5) Custo:
Cobrar condições de trabalho para sua equipe, mas não recusar que existam gastos no desenvolvimento do projeto, pois para alcançar as necessidades que um projeto esta transcrito necessita despender valores monetários, e quando se entra para fazer bem feito um serviço e cativar a clientela alvo, não pode-se pensar em funcionários desqualificados, pois uma equipe de qualidade é cara, mas eficiente.
Exemplo se um condomínio quiser dar segurança para seus moradores, não adianta colocar equipamentos tecnológicos de ultima geração, mas se não tiver funcionários competentes para manuseá-los.
6) Saúde e segurança:
O que quer que seja que o projeto do trabalho alcance, não pode pôr em perigo o bem-estar das pessoas que fazem o trabalho, de outras pessoas da operação, dos consumidores, que podem estar presentes na operação, ou daqueles que usam algum produto feito pela operação.
Isto ocorre muito colocar segurança na empresa, mas não treina-los suficientemente para agir e como agir no momento preciso.
7) Qualidade de vida no trabalho:
O projeto de qualquer trabalho deve levar em conta seus efeitos sobre a segurança, a variedade, as oportunidades para desenvolvimento, o nível de estresse e o comportamento das pessoas que desempenham o trabalho, desta forma a empresa deve se preocupar com o bem estar de seu funcionário internamente e externamente da empresa, pois muitas vezes possui um ótimo funcionário dentro da empresa, mas é um problema em sua casa, com isso afeta-se drasticamente o desempenho do funcionário no seu dia-a-dia, sendo assim a empresa deve dar condições de vida tanto para seus funcionários como para a família dos mesmos.
8) Qualidade no comportamento da liderança:
Colocar pessoas qualificadas para atender internamente a equipe de trabalho, pois a harmonia é chave central para a condução dos trabalhos.
Não podemos colocar em hipótese alguma um funcionário em recursos humanos que seja revoltado com si mesmo, pois desta forma revoltará todo o grupo e tornará sem entusiasmo todos os componentes do projeto de trabalho.
19 – PROGRAMAS DE EXCELÊNCIAS
Em hipótese alguma pode-se falar de lideres, liderança, se não houver programas que possibilite técnicas para educar ou mesmo criar novos lideres, ou mesmo reeducá-los quando necessário, assim este livro proporciona dois sistemas de programas o “Lua e sol” e o “oito I”, são dois programas que dá base ao profissional adquirir técnicas qualitativas e desenvolva profissionalismo ideal para absorver as condutas essenciais de conviver com o próximo de forma líder e profissional humano.
19.1 - PROGRAMA “LUA E SOL”
1-CONCEITO
É uma técnica utilizada em Programas de Gestão da Qualidade, tem como finalidade apresentar um trabalho de incentivo aos funcionários desenvolver trabalhos que propicia qualidade na sua vida e qualidade no desempenho profissional perante a empresa.
Este programa tem como finalidade proporcionar que o ser humano possa movimentar seu senso critico tanto no desempenho familiar como no desempenho profissional.
A utilização deste programa leva o ser humano descobrir de forma adequada a sua qualidade de vida e o relacionamento com seu semelhante interno e externo em relação a empresa evidenciada.
2-OBJETIVO GERAL
Fazer com que o ser humano freqüenta a face terrestre e possa compreender o lema “LUA E SOL” para conduzir seu espaço harmonioso e tornar gentil para com seu próprio eu, seu semelhante e sobre tudo a natureza que faz o relacionamento diário do seu bem estar, sua moralidade, enfim seu desejo em obter o sucesso e o espaço desejado, sem obstruir e afetar o seu próximo.
3-OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Melhorar a qualidade de vida;
Melhorar o ambiente de trabalho e de atendimento ao usuário;
Melhorar o relacionamento com seu próximo;
Melhorar o relacionamento com a natureza;
Educar para a simplicidade de atos e ações;
Educar a sua moral na forma de aprendizagem de convívio;
Reduzir gastos e desperdícios;
Reduzir e prevenir acidentes;
Aumentar a auto-estima dos funcionários;
Desenvolver o espírito de equipe e disciplina;
Desenvolver a cultura da limpeza, criatividade e organização;
Elevar o nível de participação dos funcionários na busca de melhorias;
Melhorar a imagem da organização;
Melhorar o relacionamento dos indivíduos com o ambiente.
4-DEFINIÇÃO SOBRE “LUA E SOL”
Este programa tem como discriminação, representando cada letra um significado, identificar na conduta do profissional e do ser humano, sendo eles:
L- LIDERANÇA
U- UNIÃO
A- AMIZADE
E- ÉTICA
S- SEGURANÇA
O- ORDEM
L- LIMPEZA
5- DEFINIÇÃO DA IDENTIFICAÇÃO DO LEMA “LUA E SOL”
L- LIDERANÇA:
Todo individuo possui o seu próprio instinto humano, sendo assim todo ser humano pode desenvolver sua técnica de liderança.
Desta forma para conduzir de acordo um programa de qualidade, cada individuo que participa do programa tem que policiar a si mesmo tem que liderar sua imaginação tem que ser objeto de aceitação em mudar diversos hábitos, com isso deve racionalizar suas atitudes, manipular seus defeitos e por fim corrigir tudo aquilo que pratica de errado no seu dia-a-dia.
Um líder não nasce do acaso, ele deve procurar seu espaço e seu caminho, por isso que cada individuo deve buscar conhecer a si para compreender o seu semelhante.
O homem alcançando o ideal de conhecimento próprio, pode desenvolver atos que sensibiliza seu semelhante e proporcionar felicidade, honestidade, dignidade, responsabilidade e melhor coisa que pode existir no conjunto humano a amizade.
Um líder é descobridor de formas que consegue unir um grupo de pessoas para poder alcançar o objetivo comum o sucesso que todos buscam alcançar.
Assim, cada pessoa deve buscar o seu ser de liderança, para poder aceitar o seu grupo que atua e poder se relacionar e praticar os programas colocados em atuação e ajudar a si mesmo e a empresa que tanto necessita atingir a qualidade para seu cliente e coletividade.
U- UNIÃO:
Desde a criação do homem, não há condições de atingir o sucesso ou mesmo a harmonia entre os homens se não haver a integração do homem para com o homem. Assim a formação de um grupo de trabalho, um grupo de amigos, um grupo comum que luta por uma causa justa deve estar entrelaçado na união entre os individuas.
Da mesma forma é conseguirmos alcançar um projeto com sucesso, precisamos unir forças para comungar o mesmo ideal de conquista, desta forma a idealização de grupos harmoniosos dentro de uma empresa, uma comunidade, uma residência, transforma o alcance da felicidade e torna possível lutar pelo ideal programático que é a qualidade do homem e do poder produtivo.
A- AMIZADE:
Para haver a conquista do relacionamento e obter os objetivos programáticos, o grupo de formação deve existir uma amizade mutua, ou seja, a formação de confiança entre os membros participantes em cada grupo departamental, e se possível haver a amizade em toda a empresa, pois cada individuo ao ver o distintivo da empresa, deve-se sentir bem e honrar a empresa que trabalha.
Isto consegue quando todos estão trabalhando com amizade séria, responsabilidade e cada qual buscando seu espaço de vitória no limite de seu talento e não de forma desonesta e baderneira, provocada por meios elícito e irresponsável.
Para atingir este topo positivo no programa de qualidade, cada responsável pelos setores devem saber conduzir seu grupo de forma que todos são tratados de igual valor e amizade mutua no relacionamento de um para com outro membro do departamento ou mesmo empresarial.
E- ÉTICA:
O homem para conseguir comungar um ser líder, trabalhar unidos com os demais membros que se relaciona e formar uma amizade verdadeira cada qual deve possuir um princípio de honestidade, deve buscar dentro do seu interior a ética profissional, a ética do relacionamento humano, a verdadeira harmonia de cidadão concreto e honrado.
Para isso o homem deve descobrir o seu limite de superação, o seu limite de conquista e não ultrapassar barreiras que fere o seu semelhante.
Assim, não há possibilidade de construir um ambiente sério, unido, com lideres desonestos, não comungando amizades, ou seja, não usar seu princípio de honestidade e ética humana para com todos.
S- SEGURANÇA:
Este espaço humano concretiza todos as metas anteriores relacionadas, pois o homem deve sentir seguro em todos os sentidos.
O homem deve sentir seguro em primeiro passo no emprego que ele desempenha, a empresa deve demonstrar confiança para seu grupo de trabalhadores, em hipótese alguma deve estar mudando constantemente seus funcionários. Isto afeta a insegurança dos funcionários e o cliente interpreta a empresa de várias maneiras, pois vai analisar que é uma empresa de encarregados carrascos, uma empresa má pagadora, uma empresa que gosta de explorar o ser humano, tudo isto afeta a qualidade do atendimento do seu cliente e não esquecendo que também terá sempre funcionários despreparados para atender sua pedra preciosa que é o cliente que consome o seu produto ou mesmo o seu serviço.
Pensando nisto, os clientes analisam tudo isto e pode até perder bons clientes por interpretar que a empresa que freqüenta é instável e má administrada.
A segurança também deve levar em conta no meio que o funcionário desempenha suas funções, a empresa deve dar totais condições de trabalho para seus funcionários, equipamentos de proteção individual ou coletivo se necessário. E atender todas as dificuldades que seu funcionário tiver dentro e fora do estabelecimento profissional, pois um funcionário mal atendido é um funcionário desqualificado e propenso a sofrer acidente e até mesmo desperdiçar algo que pode ser irreparável se não descoberto em tempo.
O- ORGANIZAÇÃO:
Este método faz parte da conquista de segurança, pois um ambiente organizado, bem definido, bem arejado e com utilização bem definida, ou seja, utilizando apenas o necessário, faz com que não corra risco e nem desperdiço de tempo e valores.
Um ambiente organizado é um ambiente limpo e seguro para todos.
Um ambiente organizado é um ambiente propicio a alcançar melhores resultados e bem visto pela sua clientela alvo.
Um ambiente organizado é ponto crucial de sucesso tanto para a empresa como para todos que ali comungam o resultado de vitória e sucesso.
L- LIMPEZA:
Este método fecha com todos os outros a concretização de alcançar a implantação futura da qualidade total, pois uma empresa, um setor, um departamento ou mesmo uma localidade qualquer, com pessoas descobrindo o seu ideal de ser e o ideal de seu semelhante, saber conduzir cada qual para a melhor posição, saber dialogar, saber falar e sobre tudo saber compreender, com certeza saberá relacionar e entender o espírito de limpeza.
Também se tiver um grupo de pessoas unidas, amigas, que busca o mesmo objetivo que é conseguir o sucesso primeiramente da empresa e depois auxiliar o seu próximo e o seu próximo auxiliar a ti mesmo, isto proporciona a comunhão de fé e organização, e sobre tudo cada qual possui o ideal da ética humana, principio que cada individuo é irmão e todos tem o mesmo espaço para o sucesso, sendo assim a limpeza não deve ser pensada apenas no ambiente material mas também uma limpeza no âmbito espiritual e interior de cada qual.
Esta parte do programa junta tudo e todos, pois um ambiente limpo material e espiritual forma-se pessoas honradas e dignas para uma causa justa e favorável para a empresa e o ambiente que todos vivem e trabalham para a mesma causa, ser feliz e alcançar o desejo necessário dar um sustento para si e para sua família.
6- IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA “LUA E SOL”
6.1- Manual e material de apoio para implantação do método “LUA E SOL”
6.1.1- Manual para implantação do método “LUA E SOL”
6.2- Cartilha da “LUA E SOL”
6.2.1- Material de apoio para a aplicação do método “LUA E SOL”
6.3- Planilha de Acompanhamento da aplicação do método “LUA E SOL”
7- IMPLANTANDO O PROGRAMA “LUA E SOL”
7.1 - CRIAÇÃO E COMPOSIÇÃO DO COMITÊ
Os integrantes do Comitê serão indicados pelos responsáveis pelas entidades que fazem parte da localidade onde se pretende efetuar a implantação do método e atuarão como facilitador ou multiplicador, sendo também responsáveis pelo treinamento das demais pessoas que farão parte do movimento.
Facilitador - é o disseminador de conteúdo e deverá exercer o papel de consultor durante a implantação do método.
Multiplicador – é o responsável pela multiplicação de um assunto específico da Qualidade para todas as pessoas que estejam envolvidas no processo de implantação.
Poderão integrar o Comitê, pessoas com conhecimento em diversas áreas (Ex: médicos, dentistas, religiosos, professores, marceneiros, mecânicos, encanador, eletricistas, ambientalistas, etc.), com o objetivo de facilitar a movimentação das pessoas e a execução das tarefas.
Depois de definido a composição do Comitê, inclusive da equipe de apoio, o Comitê irá se dedicar ao planejamento de atividades e os passos seguintes.
Esses passos deverão estar dispostos numa planilha de maneira que seja estabelecido um cronograma a ser seguido pelo Comitê, onde conterá, além do prazo, o responsável pela ação.
7.2- PERFIL E ATRIBUIÇÕES DO COORDENADOR
Perfil
Amplo conhecimento da empresa, do departamento, em si onde será implantado o projeto “LUA E SOL”;
Respeitado, tanto pessoal quanto tecnicamente na empresa, no departamento em si onde será implantado o projeto “LUA E SOL”;
Conhecimento e interesse por assuntos relacionados à qualidade.
Livre acesso à direção da empresa, são os líderes que comanda os departamentos ou nos demais setores que serão implantado o projeto “LUA E SOL”.
Boa comunicação, credibilidade;
Disponibilidade para aprender;
Noções técnicas de didática.
Atribuições:
Propor o plano de implantação do método;
Exercer a coordenação geral da implantação do método;
Responsável pela disseminação dos conceitos do método;
Monitorar e avaliar toda implantação do método;
Elaborar o orçamento da implantação;
Elaborar o balanço da implantação.
7.3 - PLANEJAMENTO DAS ATIVIDADES
7.3.1 – MAPEAMENTO DAS ÁREAS
O local a ser implantado o Método “LUA E SOL”, deverá ser analisado, de modo a facilitar não apenas o desenvolvimento das ações do Comitê, como também a comunicação entre o Comitê e as demais pessoas envolvidas. A análise deverá obedecer a critérios que contemplem todos os pontos a serem atingidos pela implantação como um todo.
7.3.2 – SENSIBILIZAÇÃO “LUA E SOL” (Multiplicação dos conceitos do Método)
A multiplicação deverá ser levada a efeito pelo Comitê, através da apresentação dos conceitos do Método e do seu cronograma de implantação, com informações detalhadas sobre cada conceito, ressaltando sua importância para a prática da “LUA E SOL”, além de orientações de como cada pessoa poderá colaborar do processo.
É importante que a composição do grupo para a sensibilização seja heterogênea, procurando uma interação entre as pessoas que integram a localidade.
A carga horário sugerida para o treinamento é de 7 (sete) horas. O Comitê deverá adequar o tempo à realidade da localidade.
O treinamento deverá valer-se de recursos didáticos variados e criativos e o local das palestras deve ser agradável e confortável.
Durante o treinamento, o multiplicador deverá solicitar voluntários para as funções de força-tarefa e de representantes dos diversos segmentos que compõem a ação e identificar outros participantes que tenham perfil adequado à execução de atividades na área da qualidade.
Para um maior envolvimento, recomenda-se que os convites para a palestra e o evento sejam feitos individualmente, através de visitas por parte do Comitê.
7.3.3 – DEFINIÇÃO DOS REPRESENTANTES DOS SEGMENTOS DIVERSOS E DA FORÇA-TAREFA
O Comitê definirá, formalmente, os nomes dos Representantes dos segmentos diversos, e daqueles que comporão a Força-Tarefa, escolhendo, dentre os voluntários, os que possuam o perfil adequado para cada atividade.
Recomenda-se que, antes da formalização, cada pessoa seja contatada para confirmação da sua disponibilidade em participar, esclarecendo qual será sua função no processo, considerando-se que poderá haver desistência por motivos diversos.
Observação: Sugere-se o número de integrantes da Força-Tarefa na base de 1 para cada 10 participantes.
7.3.3.1- FORÇA TAREFA
São os funcionários que comandarão a evolução do trabalho nos setores em evidência, serão aqueles que participarão de reuniões e comando nas tomadas de decisões para o bom andamento do projeto e manutenção por muito tempo do projeto na empresa ou mesmo nos setores individualizados.
7.3.4 – REUNIÃO DE AVALIAÇÃO DO PROCESSO
É importante que o Coordenador do Comitê reuna-se com a Comissão dos Responsáveis pelos diversos segmentos que compõem a localidade, para relatar as atividades planejadas, apresentar os próximos passos e discutir as dificuldades encontradas.
Recomenda-se que as reuniões sejam pautadas para agilizar os trabalhos e evitar perda de tempo. Todas as decisões devem ser registradas em ata.
Sugere-se realizar estas reuniões após a conclusão de cada três ou quatro passos do processo, permitindo, desse modo, dar consistência ao andamento da implantação e manter o Comitê e a Comissão de Representantes sempre atualizados.
7.3.5 – LEVANTAMENTO DAS NECESSIDADES
O Comitê deverá elaborar planilhas para serem utilizadas pelos participantes, cujo preenchimento deverá ser orientado pelo representante dos segmentos:
"Planilha de Solicitação de Material" - discriminar e quantificar os produtos necessários para limpeza e organização de cada local;
"Planilha de Descrição de Melhorias" - discriminar as necessidades relativas à manutenção , aquisições modificação de layout, construções, etc.
Toda a documentação deverá ter um padrão uniforme, para facilitar o manuseio e a elaboração dos relatórios.
7.3.6 – DOCUMENTAÇÃO DA SITUAÇÃO ATUAL
Consiste em fotografar os locais alvos da ação de implantação do Método: salas, jardim, ruas, praças, prédios, etc. A concordância, bem como a aceitação por parte daqueles que freqüentam o local é imprescindível para o resultado final, para tanto se faz necessário os esclarecimentos do objetivo das fotos e a orientação quanto ao melhor ângulo.
Recomenda-se evitar fotografar pessoas e objetos pessoais para não causar constrangimento.
7.3.7 – MONTAGEM DO QUADRO DE FOTOS
As fotos deverão ser colocadas de modo a permitir a inclusão das outras que registrarão as melhorias da ação durante o processo de implantação.
O quadro deverá ser afixado no próprio local fotografado, em lugar visível, de modo que todos possam acompanhar as mudanças que estiverem sendo efetuadas.
A montagem das fotos deve ficar a cargo de pessoa da localidade ou segmento que tiver melhor habilidade para a organização.
Recomenda-se não afixar o quadro em local que possa causar constrangimentos.
7.3.8 – SELEÇÃO DE AÇÕES VIÁVEIS
O Comitê deverá, juntamente com os Representantes dos segmentos, analisar os pedidos descritos nas planilhas de solicitação de melhorias, selecionando e priorizando aquelas que poderão ser executadas e estabelecer uma pauta de reuniões, com os responsáveis pelos segmentos, para as demais que serão analisadas e executadas no decorrer da implantação do Método.
7.3.9 – "FEEDBACK" PARA AS AÇÕES NÃO-VIÁVEIS
Após analisar as ações que não poderão ser executadas a médio e longo prazo, no decorrer da implantação, o Comitê deverá estar atento às justificativas das possíveis negativas, de modo não frustrar os participantes quanto ao processo de melhorias e também para que não traga prejuízos na continuidade da implantação do Método “LUA E SOL”.
7.3.10 – SOLICITAÇÃO DE MATERIAIS
Os materiais solicitados para utilização, suas quantidades e especificações, deverão constar de listagem única, que servirá para orientar o Pedido de Compra.
A base do Método “LUA E SOL” são estimular o trabalho em equipe e a integração e interação entre as pessoas. Portanto, ao analisar os materiais solicitados, recomenda-se atentar para os pedidos comuns e orientar a troca entre os segmentos.
7.3.11 – COMPRA DE MATERIAIS
A compra de materiais deve seguir os trâmites de fluxo de caixa dos diversos seguimentos envolvidos. Para tanto, o Comitê deverá viabilizar o pedido com antecedência para que na data estipulada, todo material necessário tenha sido providenciado.
7.3.12 – MONTAGEM DOS "KIT’S"
A montagem dos "Kit’s" deverá seguir as planilhas de solicitação de materiais entregue pelos seguimentos. Na separação poderá se contar com os Representantes dos seguimentos e do pessoal da Força-Tarefa, sob a supervisão de um elemento do Comitê.
O acondicionamento dos materiais deverá ser, de preferência, em caixas identificadas.
7.3.13 – DISTRIBUIÇÃO DOS "KIT’S"
De preferência, uma semana após a implantação do programa “LUA E SOL”.
7.3.14 – DEFINIÇÃO DAS ÁREAS E LOCAL NA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA “LUA E SOL”
O Comitê e os Representantes dos seguimentos deverão definir os locais adequados para que devem iniciar os trabalhos de implantação do programa e se for toda a empresa deve-se reunir com cada responsável por setores para traçar metas de trabalhos e futuros encontros para analise e identificação do programa.
7.3.15 – RECONHECIMENTO
O reconhecimento consiste em dar expressão aos resultados das avaliações que serão realizadas durante o processo de implantação, bem como no decorrer da implementação, ou seja, na aplicação do programa “LUA E SOL”.
Esse processo de reconhecimento e avaliação se fará em três momentos:
1)Auditoria do programa “LUA E SOL” – manutenção do movimento;
2)Avaliação anual ou semestral do movimento;
3)Premiação.
O sistema de avaliação deve focar:
1)Comprometimento com o processo.
Resultados em função da aplicação do programa “LUA E SOL”.
Também deve avaliar:
1) Natureza e profundidade das mudanças de comportamento das pessoas;
2) A eficiência das informações proporcionadas aos participantes;
3) O resgate, a melhoria contínua e a internalização do programa “LUA E SOL”,
4) A satisfação dos participantes, realização das atividades em equipe, colaboração e sugestões espontâneas, relacionamentos, etc.
A avaliação será feita em formulário padronizado, onde serão atribuídos pontos, na escala de 1 a 5, crescente de acordo com o grau de envolvimento na aplicação dos conceitos do programa “LUA E SOL”.
O objetivo da avaliação é educar para a busca da melhoria contínua e preparar o ambiente para os futuros passos da Qualidade Total.
Assim, os avaliadores deverão ter como enfoque prioritário a orientação e o aconselhamento às pessoas da localidade, incentivando-as à melhoria continua.
Também como incentivo à melhoria pode-se premiar o seguimento e/ou pessoas que se destacaram no decorrer do movimento, utilizando diplomas, medalhas ou troféus, de modo que haja um aperfeiçoamento constante.
E manter o programa em desenvolvimento mesmo mudando alguns funcionários, pois deverão colocar responsabilidades em todos, mesmo aqueles que não foram colocados como Força Tarefa, pois se um destes funcionários que compunha este laço do projeto sair da empresa, os que continuam fazendo parte do setor deverá assumir a ação de mantenedor do projeto e repassador para os novos funcionários que ali fazerem partes.
8- FORMAS PARA SE MONTAR A CARTILHA DO PROGRAMA “LUA E SOL”
A cartilha é um manual de apoio para todos os participantes terem como base para o seguimento e identificação do programa que esta sendo implantado, com isso todos os membros terão de posse para acompanhar o trabalho e saber fazer tudo aquilo que se pede e deve-se fazer.
A cartilha deve constar diversos itens importantes como:
8.1- Empresa:
Neste momento identificará a empresa em evidência, comentando tudo o que ela presta de serviços ou produtividade e identificar tudo o que a empresa é, desde a sua montagem, diretoria, número de funcionários, localidade e etc.
Caso seja montado o programa em uma unidade ou departamento, identifica desde a sede até a unidade que esta sendo desenvolvido o programa.
8.2- Método “LUA E SOL”:
Fará um comentário o que se pretende alcançar com a implantação deste programa na empresa ou unidade, identificando a finalidade do programa, suas metas a alcançar, departamento que envolverá o programa, caso seja todos, identificará um organograma geral da própria empresa, ou mesmo da unidade em evidência.
8.3-Objetivo Geral:
Fazer um comentário breve dos objetivos gerais que a empresa pretende alcançar com a implantação do programa.
8.5- Objetivo Especifico:
Identificar detalhadamente qual o objetivo que a empresa pretende alcançar com o programa sendo implantado na devida empresa ou unidade.
8.6- Comentar o programa:
Este programa tem o efeito de tornar o individuo, organizado, o seu local de trabalho ou de vida adequado, e tornar possível a criação de seres humanos mais dignos com qualidade de vida assídua, sendo compartilhada com toda a sociedade que vive, desde a família até o ponto crucial que cada ser humano passa que o ambiente de trabalho.
É o momento que o homem descobre o seu valor e o seu limite, onde esta o seu poder de fazer e receber, e também realizar a conduta favorável para o bem estar da natureza, pois cada qual fazer sua parte teremos um ambiente saudável e feliz.
8.7- Identificar o que significa “LUA E SOL”
L-LIDERANÇA
U-UNIÃO
A-AMIZADE
E-ÉTICA
S-SEGURANÇA
O-ORGANIZAÇÃO
L-LIMPEZA
9- PLANILHA DE AVALIAÇÃO
Cada empresa juntamente com seu grupo de organizadores do programa, formam seu próprio método de avaliação e assessoramento na boa conduta do programa.
19.2 - PROGRAMA OITO “I”
1- CONCEITO
É uma técnica utilizada em Programas de Gestão da Qualidade, tem como finalidade apresentar um trabalho de incentivo aos funcionários desenvolver trabalhos que propicia qualidade na sua vida e qualidade no desempenho profissional perante a empresa.
Este programa tem como finalidade proporcionar que o ser humano possa movimentar seu senso critico tanto no desempenho familiar como no desempenho profissional.
A utilização deste programa leva o ser humano descobrir de forma adequada a sua qualidade de vida e o relacionamento com seu semelhante interno e externo em relação a empresa evidenciada.
2- OBJETIVO GERAL
Fazer com que o profissional descubra o seu próprio talento e possa galgar áreas de vitória utilizando o seu próprio espírito de conhecimento e dar clareza no seu potencial de vida e profissionalismo.
3- OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Melhorar a conduta de cada funcionário;
Analisar o desempenho de cada funcionário;
Propor melhoria na valoração profissional;
Interpretar o desempenho positivo e negativo de cada funcionário;
Conseguir um padrão de qualidade de funcionário;
Honrar o objetivo trançado que é o sucesso individual, coletivo e empresarial.
4- DEFINIÇÃO SOBRE OITO “I”
Este programa tem como discriminação, representando cada “I” um significado na conduta do profissional e do ser humano, sendo eles:
1º) INICIATIVA;
2º) INFORMAÇÃO;
3º) IDÉIAS;
4º) INSISTÊNCIA;
5º) IMPLANTAÇÃO;
6º) INOVAÇÃO;
7º) INTEGRAÇÃO;
8º) INFLUENCIA.
5- DEFINIÇÃO DA IDENTIFICAÇÃO DE CADA “I”
1º INICIATIVA:
Cada individuo possui sua liberdade, uma busca incessante de desafio e obstáculo, mas não deixarmos cada qual raciocinar, partir para a busca de algo, esta pessoa nunca aprenderá o que é a vida.
Assim temos que dar oportunidades para nossos funcionários demonstrar o seu talento, darmos oportunidade para fazer o seu ideal.
Muitas vezes possuímos profissionais desenvolvendo um único tipo de serviço, mas nunca chegamos a ele e fizemos uma auto-analise para descobrir os seus conhecimento e qualidades.
Desta forma, temos que deixar algumas vezes nossos funcionários desempenhar sua iniciativa de criatividade e dar condições para ele demonstrar e não julgar de imediato no momento que cometer o seu primeiro erro, darmos oportunidades, claro seguindo um parâmetro de liberdade e liberando seus afazeres de acordo com o tempo e a conquista da confiança.
2º) INFORMAÇÃO:
Cada funcionário deve estar atento nas alterações que ocorrem na sociedade e na empresa, pois talvez será de interesse mutuo, tanto para o individuo como para a empresa.
Também não pode haver acomodação no seu dia-a-dia, cada funcionário deve buscar seu aperfeiçoamento e estar atento nas mudanças para absorver com clareza e facilidade.
Para o funcionário desempenhar este desempenho de atualização, não podemos deixar apenas nas costas do funcionário, pois a empresa deve dar estas condições para todos os funcionários, valorizá-los e conduzi-los para o desafio da concorrência de cada individuo que aqui habita e esta em busca de um lugar ao sol.
3º) IDÉIAS;
Para o ser humano demonstrar os seus talentos, ele deve estar pensando a todo o momento, criando novos ideais, idealizando formas que reduza custo para a empresa, melhora o atendimento de cada cliente, melhora a forma de postura da empresa e de seu grupo de trabalho, em si o funcionário, ou seja, o individuo, deve estar em constante pensamento e criação de novos ideais e métodos que facilite e melhora a evolução da empresa e da conduta de cada profissional na empresa colocada em evidência.
E também a empresa dar a oportunidade para cada funcionário demonstrar aquilo que pensa e o que tem em mente, pois se podarmos um individuo deste, talvez estaremos jogando fora a nossa mais preciosa pedra que existem em nosso departamento.
4º) INSISTÊNCIA:
O ser humano não pode desanimar nunca, ele deve a todo tempo estar buscando um ideal de vitória, por isso que a insistência para o ser humano é necessária, pois a perda de uma batalha não é a perca de uma guerra, mas sim o exemplo de melhoria para as próximas batalhas.
Pensando nesta informação, a nenhum momento podemos deixar nosso grupo de pessoas desistirem de um ideal de conquista, caso produza um determinado produto e este não teve aceitação no mercado naquele determinado tempo, persista que talvez em outra época ele será bem aceito e será o nosso carro chefe de vendas e marketing de nossa empresa.
E isso é a mesma coisa que temos que fazer para cada um de nós persistir sempre em nosso ideal, pois quem sabe um dia consigamos, ou a partir deste ideal consigamos coisas melhores e mais atraentes.
5º) IMPLANTAÇÃO:
Implantar novidade é forma de identificar que estamos a todo o momento pensando e agindo em novos ideais, sendo assim, precisamos buscar sempre coisas novas, aceitarmos mudanças, aceitarmos que a cada momento muda-se um sistema tecnológico, sendo assim precisamos implantar desafios em nossa vida, para não perdermos a vontade de viver, e nem tão pouco progredir em nosso meio que vivemos.
Assim é no nosso dia-a-dia de funcionário, sempre cada qual deve estar descobrindo novas metas para implantação nos departamentos, com isso estará motivando a mudança e a criação de novos ideais que tanto necessita a coletividade e o meio que vivemos.
6º) INOVAÇÃO:
É descobrir que cada um tem que rejuvenescer no seu ideal, descobrir que a vida não é uma metodologia de igualdade, temos que estar alterando o nosso dia-a-dia, para não cairmos no marasmo e com isso enjoarmos da vida e do local que estamos presente.
Caso aconteça isto ocorrerá o desanimo e fará com que a empresa não atinja a qualidade e muito menos o sucesso dos homens ali presente.
Por isso que devemos estar mudando o nosso ideal, pois é a partir deste fato que inovamos o nosso ser e conseguimos permanecer inspirado a todo o momento no nosso serviço e estar prestativo no atendimento ou na produção de um determinado produto.
7º) INTEGRAÇÃO:
É a parte essencial do homem, é o momento que deve estar a todo o momento desenvolvendo o descobrimento de novas amizades, deixar de ser arrogante, ignorante e descobrir que todos são iguais, independentes, da raça, do credo, das finanças, em si descobrir que a qualquer momento por mais simples que seja a amizade um dia você e qualquer outro tirará resultado do bom relacionamento e da amizade formada pela honestidade e versatilidade entre os homens.
Com isso para podermos conseguir o ideal da qualidade, todos devem se integrar e conhecer a si e ao seu semelhante, fazer uma auto reflexão e conduzir para o bom caminho.
A descoberta do organismo é a forma de relacionar o sucesso, é a verdade entre os homens, é descobrir que cada ser tem um ideal e este ideal só se consegue se for de forma conjunta e ajudada pelo seu semelhante.
8º) INFLUENCIA;
Cada individuo, tem o poder de influenciar, um influencia mais e outros menos, mas todos tem este poder, assim devemos saber com quem estamos nos relacionando, saber quem é a pessoa que vamos nos conduzir para o entendimento e a amizade, pois muitos não merecem o nosso crédito, porque sua influência é negativa e leva-nos para o mau.
Isto acontece com freqüência nas empresas, em todos os setores possuem sempre um com vontade de galgar lugares mais autos não importando a forma ou como conseguir, assim líderes analise seu grupo de funcionário, pois talvez uma “batata podre contamina as demais e perde um saco de batatas”.
Este lema é muito fácil de ser interpretado em nosso meio profissional, pois o influenciador de má indule consegue denegrir todo o setor e levar para o desperdício e até mesmo a faltas que seja irreparável por parte da empresa e por parte dos superiores imediatos.
Temos que estar alerta por estes influenciadores, mas também temos que dar sustentação àquele que tem o poder de influenciar o grupo e ajudar a empresa de forma positiva e progressiva.
6- IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA OITO “I”
Este programa tem sua implantação individualizada por setores, pois a implantação e a avaliação são diretamente do encarregado do departamento.
É ele que fará toda a analise, é ele quem sabe o momento de realizar os desafios, em si é o encarregado que pode dar o sinal de alerta para o bom desenvolvimento de cada profissional.
Esta implantação pode ocorrer reuniões periódicas de cada encarregado para traçar qual linha de metodologia que será usada, por qual “I”, que vai iniciar o trabalho, em si tudo isto parte-se do auto escalão hierárquico e desce para os demais profissionais da empresa.
7- RESULTADO DO PROGRAMA
Este resultado proporciona para empresa formar muitos líderes e saber qual o funcionário que desponta para uma possível valoração e alteração de posto de trabalho, isto no ponto positivo. Mas também pode se avaliar o ponto negativo, em descobrir que muitas vezes possuem funcionários que não querem progredir profissionalmente, com isso não tem interesse de ver qualidade no serviço e muito menos na empresa.
Assim este método faz uma auto analise de cada funcionário separado por departamentos e por unidades.
A todo momento buscamos saúde, paz, inteligência, fraternidade, alegria e união.
Para conseguir isso, existem vários fatores que precisam ser interpretados, sendo assim necessitamos estar atento em toda a caminhada, nos reciclando, avaliando o nosso comportamento e sobre tudo conhecendo a nós mesmos.
Para isso é simples, devemos buscar na leitura, nas mensagens e na experiência de vida de cada um o comportamento para as nossas decisões favoráveis e condizentes para o dia-a-dia.
Buscando aprendizagem temos como leitura opcional:
O PODER DA SUPERAÇÃO, um livro que nos mostra quem tem força para alcançar o ideal da vida, atingir a motivação e a auto-estima, dedicando exclusivamente ao talento humano de vencer barreiras, encontrar o caminho do sucesso, da vontade e do entusiasmo pessoal. Para isso necessita fazer uma análise, através da qualidade de vida, da qualidade empresarial e na qualidade do atendimento.
A ADMINISTRAÇÃO DO HOMEM E DE SEU SEMELHANTE, é um passo além da motivação pessoal e da auto-estima, é o momento que o ser humano descobre que para viver bem consigo mesmo, necessita tratar bem o seu semelhante, conduzindo com fé, com esperança e com verdade a sua própria vida e a vida de seu próximo.
O LÍDER NÃO ACONTECE POR ACASO, vem demonstrar que a união do poder superar com a administração do homem, transforma o ser humano em um ser entendedor da vida, da humanidade e descobridor do seu próprio talento.
Para que você consiga conhecer um pouco de sua própria vida e da vida de seu próximo, leia e reflita estes três livros, independente da ordem e do momento, apenas leia para descobrir a humanidade do próprio ser.
Esta é tua estrada, faça dela a melhor de sua caminhada.
FOTO: Maria Lúcia Cirilo Marques
LOCAL: Jardim Universitário – Cianorte – Paraná
ANO: 2002

Nenhum comentário: