PLANETA SUSTENTÁVEL

ENCONTRAR OS LIVROS DE WAGNER LUIZ MARQUES - DIGITANDO O NOME DE "WAGNER LUIZ MARQUES"


Pesquisar todo o texto de nossos livros

REVISTA VENDA MAIS

Amostra Grátis 480 x 60 - www.vendamais.com.br

INVESTE MAIS – A REVISTA DO INVESTIDOR

Amostra Grátis 480 x 60 - www.revistainvestmais.com.br

REVISTA LIDERANÇA

Amostra Grátis 480 x 60  - www.lideraonline.com.br

EDITORA QUANTUM – TREINAMENTOS

Editora Quantum 480 x 60

sábado, 12 de setembro de 2009

AS DEZ VIRGENS

“Então o Reino dos céus será semelhante a dez virgens que tomaram suas lâmpadas e saíram ao encontro do esposo. Cinco delas eram insensatas e cinco, prudentes. Ao tomarem suas lâmpadas, as insensatas não tinham levado azeite; quanto às prudentes, elas tinham levado, junto com as lâmpadas, azeite em frascos. Como tardasse o esposo, todas elas sentiram sono e adormeceram. No meio da noite, ressoou um grito: Eis o esposo! Saí ao seu encontro. Então, todas essas moças despertaram e aparelharam suas lâmpadas. As insensatas disseram às prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque nossas lâmpadas se apagam. As prudentes responderam: De modo algum! Não haveria bastante para nós e para vós! Ide antes à casa dos fornecedores e comprai-o para vós. Enquanto elas iam comprá-lo, o esposo chegou; as que estavam entraram com ele na sala do festim nupcial, e a porta foi fechada. Finalmente chegam por sua vez as outras virgens, e dizem: Senhor, senhor, abre-nos! Mas ele respondeu: Em verdade , eu vos declaro: não vos conheço . Vigiai, pois, porque não sabeis nem o dia nem a hora.” Novamente uma parábola que nos alerta a estar sempre vigilante em relação as nossas ações, pois não sabemos a hora que Deus nos visitará.

Mateus 25:1-13

Que Deus o abençoe muito, proporcionando felicidades e alegria.

Professor Dr. Wagner Luiz Marques

Rua Fernão Dias, 1994 – Cianorte – Paraná

CEP – 87200-000

Telefone- 0(**)44-3629-5578

Celular- 0(**)44-9977-6604

wlmcne@hotmail.com

wlmcne@bol.com.br

wagnercne1@gmail.com

A REDE

“Igualmente o reino dos céus é semelhante a uma rede lançada ao mar, e que apanha toda a qualidade de peixes. E, estando cheia, a puxam para a praia; e, assentando-se, apanham para os cestos os bons; os ruins, porém, lançam fora. Assim será na consumação dos séculos: virão os anjos, e separarão os maus de entre os justos. E lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá pranto e ranger de dentes.” Nós estamos praticando o bem? Estamos sendo justos para com nós mesmos? Vamos agir mais e falar menos! Cumprir com a missão de acordo com a lei deDeus.

Mateus 13:47-50

Que Deus o abençoe muito, proporcionando felicidades e alegria.

Professor Dr. Wagner Luiz Marques

Rua Fernão Dias, 1994 – Cianorte – Paraná

CEP – 87200-000

Telefone- 0(**)44-3629-5578

Celular- 0(**)44-9977-6604

wlmcne@hotmail.com

wlmcne@bol.com.br

wagnercne1@gmail.com

A PÉROLA PRECIOSA

"O reino dos céus é também semelhante a um comerciante que negocia e procura boas pérolas; e, tendo achado uma pérola de grande valor, vende tudo o que possui e a compra." Esta pérola somos nós, Deus nos confiou um bom trabalho aqui na terra e será que estamos cumprindo? Estamos sendo uma pessoa que refleti segurança para o nosso próximo, para isso que Deus nos fez e nos solicitou que tornássemos pedra tão preciosa que Ele pudesse confiar.

Mateus 13:45-46

Que Deus o abençoe muito, proporcionando felicidades e alegria.

Professor Dr. Wagner Luiz Marques

Rua Fernão Dias, 1994 – Cianorte – Paraná

CEP – 87200-000

Telefone- 0(**)44-3629-5578

Celular- 0(**)44-9977-6604

wlmcne@hotmail.com

wlmcne@bol.com.br

wagnercne1@gmail.com

A GERAÇÃO DE HOJE

“Mas, a quem compararei esta geração? É semelhante aos meninos que, sentados nas praças, clamam aos seus companheiros: Tocamo-vos flauta, e não dançastes; cantamos lamentações, e não pranteastes. Porquanto veio João, não comendo nem bebendo, e dizem: Tem demônio. Veio o Filho do homem, comendo e bebendo, e dizem: Eis aí um comilão e bebedor de vinho, amigo de publicanos e pecadores. Entretanto a sabedoria é justificada pelas suas obras.” Esta parábola demonstra claramente que nunca estamos felizes, o dia nasce aparece o sol e reclamamos que o dia será muito calorento. No dia seguinte amanhece o dia com chuvas e escuridão, novamente reclamamos por estar o tempo chuvoso e frio, nem Deus contenta a nós, o que então devemos fazer? Esta resposta está dentro de nós mesmo!

Mateus 11:16-19

Que Deus o abençoe muito, proporcionando felicidades e alegria.

Professor Dr. Wagner Luiz Marques

Rua Fernão Dias, 1994 – Cianorte – Paraná

CEP – 87200-000

Telefone- 0(**)44-3629-5578

Celular- 0(**)44-9977-6604

wlmcne@hotmail.com

wlmcne@bol.com.br

wagnercne1@gmail.com

O SERVO CRUEL

“Por isso o reino dos céus é comparado a um rei que quis tomar contas a seus servos; e, tendo começado a tomá-las, foi-lhe apresentado um que lhe devia dez mil talentos; mas não tendo ele com que pagar, ordenou seu senhor que fossem vendidos, ele, sua mulher, seus filhos, e tudo o que tinha, e que se pagasse a dívida. Então aquele servo, prostrando-se, o reverenciava, dizendo: Senhor tem paciência comigo, que tudo te pagarei. O senhor daquele servo, pois, movido de compaixão, soltou-o, e perdoou-lhe a dívida. Saindo, porém, aquele servo, encontrou um dos seus conservos, que lhe devia cem denários; e, segurando-o, o sufocava, dizendo: Paga o que me deves. Então o seu companheiro, caindo-lhe aos pés, rogava-lhe, dizendo: Tem paciência comigo, que te pagarei. Ele, porém, não quis; antes foi encerrá-lo na prisão, até que pagasse a dívida. Vendo, pois, os seus conservos o que acontecera, contristaram-se grandemente, e foram revelar tudo isso ao seu senhor. Então o seu senhor, chamando-o à sua presença, disse-lhe: Servo malvado, perdoei-te toda aquela dívida, porque me suplicaste; não devias tu também ter compaixão do teu companheiro, assim como eu tive compaixão de ti? E, indignado, o seu senhor o entregou aos verdugos, até que pagasse tudo o que lhe devia. Assim vos fará meu Pai celestial, se de coração não perdoardes, cada um a seu irmão." Deus sempre perdoa as nossas ações, porque não perdoarmos as ações de nosso próximo?

Mateus, 18:23-35

Que Deus o abençoe muito, proporcionando felicidades e alegria.

Professor Dr. Wagner Luiz Marques

Rua Fernão Dias, 1994 – Cianorte – Paraná

CEP – 87200-000

Telefone- 0(**)44-3629-5578

Celular- 0(**)44-9977-6604

wlmcne@hotmail.com

wlmcne@bol.com.br

wagnercne1@gmail.com

OS OPERÁRIOS DA VINHA

"[...] O reino dos céus é semelhante a um homem, proprietário, que saiu de madrugada a contratar trabalhadores para a sua vinha. Ajustou com os trabalhadores o salário de um denário por dia, e mandou-os para a sua vinha. Cerca da hora terceira saiu, e viu que estavam outros, ociosos, na praça, e disse-lhes: Ide também vós para a vinha, e dar-vos-ei o que for justo. E eles foram. Outra vez saiu, cerca da hora sexta e da nona, e fez o mesmo. Igualmente, cerca da hora undécima, saiu e achou outros que lá estavam, e perguntou-lhes: Por que estais aqui ociosos o dia todo? Responderam-lhe eles: Porque ninguém nos contratou. Disse-lhes ele: Ide também vós para a vinha. Ao anoitecer, disse o senhor da vinha ao seu mordomo: Chama os trabalhadores, e paga-lhes o salário, começando pelos últimos até os primeiros. Chegando, pois, os que tinham ido cerca da hora undécima, receberam um denário cada um. Vindo, então, os primeiros, pensaram que haviam de receber mais; mas do mesmo modo receberam um denário cada um. E ao recebê-lo, murmuravam contra o proprietário, dizendo: Estes últimos trabalharam somente uma hora, e os igualastes a nós, que suportamos a fadiga do dia inteiro e o forte calor. Mas ele, respondendo, disse a um deles: Amigo, não te faço injustiça; não ajustaste comigo um denário? Toma o que é teu, e vai-te; eu quero dar a este último tanto como a ti. Não me é lícito fazer o que quero do que é meu? Ou é mau o teu olho porque eu sou bom? Assim os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos." Devemos questionar o que Deus faz perante o homem? Pois que nos colocou aqui foi exclusivamente Deus, portanto se ele perdoar fulano mesmo que errou na vida terrena, o alcance do perdão não diz respeito a nós, mas sim ao próprio Deus,devemos fazer tudo para nós e esquecer o que o próximo esta nos criticando, seja honesto sem que queira receber me troca algo do seu semelhante, pois este retorno receberemos na vida eterna quando Deus nos julgar sobre cada ação que praticamos aqui na terra.

Mateus, 20:1-16

Que Deus o abençoe muito, proporcionando felicidades e alegria.

Professor Dr. Wagner Luiz Marques

Rua Fernão Dias, 1994 – Cianorte – Paraná

CEP – 87200-000

Telefone- 0(**)44-3629-5578

Celular- 0(**)44-9977-6604

wlmcne@hotmail.com

wlmcne@bol.com.br

wagnercne1@gmail.com

O FILHO PRÓDIGO

Disse também: Um homem tinha dois filhos. O mais moço disse a seu pai: Meu pai, dá-me a parte da herança que me toca. O pai então repartiu entre eles os haveres. Poucos dias depois, ajuntando tudo o que lhe pertencia, partiu o filho mais moço para um país muito distante, e lá dissipou a sua fortuna, vivendo dissolutamente. Depois de ter esbanjado tudo, sobreveio àquela região uma grande fome e ele começou a passar penúria. Foi pôr-se ao serviço de um dos habitantes daquela região, que o mandou para os seus campos guardar os porcos. Desejava ele fartar-se das vagens que os porcos comiam, mas ninguém lhas dava. Entrou então em si e refletiu: Quantos empregados há na casa de meu pai que têm pão em abundância... e eu, aqui, estou a morrer de fome! Levantar-me-ei e irei a meu pai, e dir-lhe-ei: Meu pai, pequei contra o céu e contra ti; já não sou digno de ser chamado teu filho. Trata-me como a um dos teus empregados. Levantou-se, pois, e foi ter com seu pai. Estava ainda longe, quando seu pai o viu e, movido de compaixão, correu-lhe ao encontro, lançou-se-lhe ao pescoço e o beijou. O filho lhe disse, então: Meu pai, pequei contra o céu e contra ti; já não sou digno de ser chamado teu filho. Mas o pai falou aos servos: Trazei-me depressa a melhor veste e vesti-lha, e ponde-lhe um anel no dedo e calçado nos pés. Trazei também um novilho gordo e matai-o; comamos e façamos uma festa. Este meu filho estava morto, e reviveu; tinha se perdido, e foi achado. E começaram a festa. O filho mais velho estava no campo. Ao voltar e aproximar-se da casa, ouviu a música e as danças. Chamou um servo e perguntou-lhe o que havia. Ele lhe explicou: Voltou teu irmão. E teu pai mandou matar um novilho gordo, porque o reencontrou são e salvo. Encolerizou-se ele e não queria entrar, mas seu pai saiu e insistiu com ele. Ele, então, respondeu ao pai: Há tantos anos que te sirvo, sem jamais transgredir ordem alguma tua, e nunca me deste um cabrito para festejar com os meus amigos. E agora, que voltou este teu filho, que gastou os teus bens com as meretrizes, logo lhe mandaste matar um novilho gordo! Explicou-lhe o pai: Filho, tu estás sempre comigo, e tudo o que é meu é teu. Convinha, porém, fazermos festa, pois este teu irmão estava morto, e reviveu; tinha se perdido, e foi achado. Sempre a tempo de se arrepender só basta sermos humildes em aceitar o erro, mas também devemos ser compassivo em aceitar o perdão do nosso próximo, não é fácil, é sofrido, mas necessário se estivermos na vida terrena com o intuito de fazer o bem sem olhar a quem.

Lucas 15:11-32

Que Deus o abençoe muito, proporcionando felicidades e alegria.

Professor Dr. Wagner Luiz Marques

Rua Fernão Dias, 1994 – Cianorte – Paraná

CEP – 87200-000

Telefone- 0(**)44-3629-5578

Celular- 0(**)44-9977-6604

wlmcne@hotmail.com

wlmcne@bol.com.br

wagnercne1@gmail.com

OS DOIS FILHOS

"[...] Um homem tinha dois filhos, e, chegando-se ao primeiro, disse: Filho, vai trabalhar hoje na vinha. Ele respondeu: Sim, senhor; mas não foi. Chegando-se, então, ao segundo, falou-lhe de igual modo; respondeu-lhe este: Não quero; mas depois, arrependendo-se, foi. Qual dos dois fez a vontade do pai? Disseram eles: O segundo. Disse-lhes Jesus: Em verdade vos digo que os publicanos e as meretrizes entram adiante de vós no reino de Deus. Pois João veio a vós no caminho da justiça, e não lhe deste crédito, mas os publicanos e as meretrizes lho deram; vós, porém, vendo isto, nem depois vos arrependestes para crerdes nele." Quantos filhos de Deus que demonstra ser uma ovelha bonita, agradável e verdadeira, se mostra como pessoas honestas e bonitas, mas agem de forma desumana e individualista, pensa apenas em si mesmo se utilizando do seu próximo. Só que existem outros filhos de Deus que não se mostra, muitas vezes é até um pouco afastado da casa de Deus, mas suas ações são tão benéficas ao seu semelhante que consegue demonstrar claramente os acontecimentos no nossos dias atuais. Você é qual dos filhos aquele que se mostra perante a sociedade com pele de ovelha e interior de lobo, ou aquele filho que demonstra realmente o que é, mas age com a doutrina que Cristo nos ensinou.

Mateus, 21:28-32

Que Deus o abençoe muito, proporcionando felicidades e alegria.

Professor Dr। Wagner Luiz Marques

Rua Fernão Dias, 1994 – Cianorte – Paraná

CEP – 87200-000

Telefone- 0(**)44-3629-5578

Celular- 0(**)44-9977-6604

wlmcne@hotmail.com

wlmcne@bol.com.br

wagnercne1@gmail.com

O TESOURO ESCONDIDO

“O reino dos céus é semelhante a um tesouro escondido no campo, que um homem, ao descobri-lo, esconde; então, movido de gozo, vai, vende tudo quanto tem, e compra aquele campo." Deus propôs ao nosso corpo vários tesouros para ser distribuídos, poderemos comprar a alma desse corpo com muita satisfação, desde que saibamos conduzir adequadamente os tesouros de nosso dia a dia, que são: Amor, fraternidade, respeito, responsabilidade, honestidade, dignidade e muito mais.

Mateus, 13:44

Que Deus o abençoe muito, proporcionando felicidades e alegria.

Professor Dr. Wagner Luiz Marques

Rua Fernão Dias, 1994 – Cianorte – Paraná

CEP – 87200-000

Telefone- 0(**)44-3629-5578

Celular- 0(**)44-9977-6604

wlmcne@hotmail.com

wlmcne@bol.com.br

wagnercne1@gmail.com

O JOIO ENTRE O TRIGO

“Disse Jesus a seus discípulos: O reino dos céus é semelhante ao homem que semeou boa semente no seu campo; mas, enquanto os homens dormiam, veio o inimigo dele, semeou joio no meio do trigo, e retirou-se. Quando, porém, a erva cresceu e começou a espigar, então apareceu também o joio. Chegaram, pois, os servos do proprietário, e disseram-lhe: Senhor, não semeou no teu campo boa semente? Donde, pois, vem o joio? Respondeu-lhes: Algum inimigo é quem fez isso. E os servos lhe disseram: Queres, pois, que vamos arrancá-lo? Ele, porém, disse: Não; para que, ao colher o joio, não arranqueis com ele também o trigo. Deixai crescer ambos juntos até a ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Ajuntai primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; o trigo, porém, recolhei-o no meu celeiro." Demonstra claramente em dias de hoje quantas pessoas que esta na vida terrena sendo um joio juntas de pessoas que querem ser trigo, mas são sufocados pela injustiça, pela corrupção, pelo fanatismo e que prejudica significativamente o próximo, reflitamos com muita calma esta parábola.

Mateus, 13:24-30

Que Deus o abençoe muito, proporcionando felicidades e alegria.

Professor Dr. Wagner Luiz Marques

Rua Fernão Dias, 1994 – Cianorte – Paraná

CEP – 87200-000

Telefone- 0(**)44-3629-5578

Celular- 0(**)44-9977-6604

wlmcne@hotmail.com

wlmcne@bol.com.br

wagnercne1@gmail.com

O PORTEIRO

“É como se um homem, devendo viajar, ao deixar a sua casa, desse autoridade aos seus servos, a cada um o seu trabalho, e ordenasse também ao porteiro que vigiasse. Vigiai, pois; porque não sabeis quando virá o senhor da casa; se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se pela manhã; para que, vindo de improviso, não vos ache dormindo. O que vos digo a vós, a todos o digo: Vigiai." Nesta nossa passagem terrena devemos ser um eterno porteiro para nossa vida, pois a qualquer momento estamos prestes a receber a glória de Deus.

Marcos, 13:34-37

Que Deus o abençoe muito, proporcionando felicidades e alegria.

Professor Dr. Wagner Luiz Marques

Rua Fernão Dias, 1994 – Cianorte – Paraná

CEP – 87200-000

Telefone- 0(**)44-3629-5578

Celular- 0(**)44-9977-6604

wlmcne@hotmail.com

wlmcne@bol.com.br

wagnercne1@gmail.com

PARÁBOLA DA SEMENTE QUE BROTA DA TERRA

“E dizia: O Reino de Deus é assim como se um homem lançasse semente à terra, e dormisse, e se levantasse de noite ou de dia, e a semente brotasse e crescesse, não sabendo ele como. Porque a terra por si mesma frutifica; primeiro, a erva, depois, a espiga, e, por último, o grão cheio na espiga. E, quando já o fruto se mostra, mete-lhe logo a foice, porque está chegada a ceifa." Nesta passagem bíblica demonstra que o homem nasce, cresce, constitui sua vocação, cria frutos seguindo a lei do amor, da fraternidade, da honestidade, deixa sua marca de qualidade na terra e depois volta para Deus.

Marcos, 4:26-29

Que Deus o abençoe muito, proporcionando felicidades e alegria.

Professor Dr. Wagner Luiz Marques

Rua Fernão Dias, 1994 – Cianorte – Paraná

CEP – 87200-000

Telefone- 0(**)44-3629-5578

Celular- 0(**)44-9977-6604

wlmcne@hotmail.com

wlmcne@bol.com.br

wagnercne1@gmail.com

PARÁBOLA DAS MOEDAS DE PRATA

“Porque isto é também como um homem que, partindo para fora da terra, chamou os seus servos, e entregou-lhes os seus bens. E a um deu cinco talentos, e a outro dois, e a outro um, a cada um segundo a sua capacidade, e ausentou-se logo para longe. E, tendo ele partido, o que recebera cinco talentos negociou com eles, e granjeou outros cinco talentos. Da mesma sorte, o que recebera dois, granjeou também outros dois. Mas o que recebera um, foi e cavou na terra e escondeu o dinheiro do seu senhor. E muito tempo depois veio o senhor daqueles servos, e fez contas com eles. Então aproximou-se o que recebera cinco talentos, e trouxe-lhe outros cinco talentos, dizendo: Senhor, entregaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco talentos que granjeei com eles. E o seu senhor lhe disse: Bem está, servo bom e fiel. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. E, chegando também o que tinha recebido dois talentos, disse: Senhor, entregaste-me dois talentos; eis que com eles granjeei outros dois talentos. Disse-lhe o seu senhor: Bem está, bom e fiel servo. Sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor. Mas, chegando também o que recebera um talento, disse: Senhor, eu conhecia-te, que és um homem duro, que ceifas onde não semeaste e ajuntas onde não espalhaste; E, atemorizado, escondi na terra o teu talento; aqui tens o que é teu. Respondendo, porém, o seu senhor, disse-lhe: Mau e negligente servo; sabias que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei? Devias então ter dado o meu dinheiro aos banqueiros e, quando eu viesse, receberia o meu com os juros. Tirai-lhe pois o talento, e dai-o ao que tem os dez talentos. Porque a qualquer que tiver será dado, e terá em abundância; mas ao que não tiver até o que tem ser-lhe-á tirado. Lançai, pois, o servo inútil nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes.”Deus nos deu o talento de fazer o bem através de nossas ações, multiplique para receber o dobro de Deus, mas observamos que os homens se preocupam muito mais com os talentos terreno que é passageiro e se esquece dos talentos da eternidade que é fazer o bem para o próximo aqui na terra que receberá o dobro da vida eterna.

Mateus, 25:14-30

Que Deus o abençoe muito, proporcionando felicidades e alegria।

Professor Dr. Wagner Luiz Marques

Rua Fernão Dias, 1994 – Cianorte – Paraná

CEP – 87200-000

Telefone- 0(**)44-3629-5578

Celular- 0(**)44-9977-6604

wlmcne@hotmail.com

wlmcne@bol.com.br

wagnercne1@gmail.com

PARÁBOLA DO CRIADO FIEL E PRUDENTE

“Por isso, estai vós apercebidos também, porque o Filho do Homem há de vir à hora em que não penseis. Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o Senhor constituiu sobre a sua casa, para dar o sustento a seu tempo? Bem-aventurado aquele servo que o Senhor, quando vier, achar servindo assim. Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens. Porém, se aquele mau servo disser consigo: O meu senhor tarde virá, e começar a espancar os seus servos, e a comer, e a beber com os bêbados, virá o senhor daquele servo num dia em que o não espera e à hora em que ele não sabe, e separá-lo-á, e destinará a sua parte com os hipócritas; ali haverá pranto e ranger de dentes.” Esta parábola demonstra claramente as ações que cada um de nós pratica no dia a dia, preocupando somente com diversões, drogas, prazeres e se esquece de praticar o bem, o amor, a fraternidade, a honestidade e o respeito perante si e seu próximo, mas Deus nos adverte, seu filho está para chegar fuja da hipocrisia quanto a tempo de alcançar o reino de Deus.

Mateus, 24:44-51

Que Deus o abençoe muito, proporcionando felicidades e alegria.

Professor Dr। Wagner Luiz Marques

Rua Fernão Dias, 1994 – Cianorte – Paraná

CEP – 87200-000

Telefone- 0(**)44-3629-5578

Celular- 0(**)44-9977-6604

wlmcne@hotmail.com

wlmcne@bol.com.br

wagnercne1@gmail.com

O LADRÃO

“Sabei, porém, isto: se o pai de família soubesse a que hora havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa.Portanto, estai vós também apercebidos; porque virá o Filho do Homem à hora que não imaginais." Estamos agindo adequadamente nos nossos dias para prepararmos o recebimento de Cristo? As ações que o ser humano pratica muitas vezes demonstra que suas casas estão com todas as portas e janelas fechadas, mas não para combater o perigo e sim para não receber o filho de Deus, e estas portas e janelas nada mais do que são o nosso próprio coração e a casa desprotegida é o nosso próprio eu.

Lucas, 12:39-40

Que Deus o abençoe muito, proporcionando felicidades e alegria.

Professor Dr. Wagner Luiz Marques

Rua Fernão Dias, 1994 – Cianorte – Paraná

CEP – 87200-000

Telefone- 0(**)44-3629-5578

Celular- 0(**)44-9977-6604

wlmcne@hotmail.com

wlmcne@bol.com.br

wagnercne1@gmail.com

O BANQUETE PARA OS POBRES

“O Reino dos céus é semelhante a um certo rei que celebrou as bodas de seu filho.E enviou os seus servos a chamar os convidados para as bodas; e estes não quiseram vir. Depois, enviou outros servos, dizendo: Dizei aos convidados: Eis que tenho o meu jantar preparado, os meus bois e cevados já mortos, e tudo já pronto; vinde às bodas.
Porém eles, não fazendo caso, foram, um para o seu campo, e outro para o seu negócio; e, os outros, apoderando-se dos servos, os ultrajaram e mataram. E o rei, tendo notícias disso, encolerizou-se, e, enviando os seus exércitos, destruiu aqueles homicidas, e incendiou a sua cidade. Então, disse aos servos: As bodas, na verdade, estão preparadas, mas os convidados não eram dignos. Ide, pois, às saídas dos caminhos e convidai para as bodas a todos os que encontrardes. E os servos, saindo pelos caminhos, ajuntaram todos quantos encontraram, tanto maus como bons; e a festa nupcial ficou cheia de convidados. E o rei, entrando para ver os convidados, viu ali um homem que não estava trajado com veste nupcial. E disse-lhe: Amigo, como entraste aqui, não tendo veste nupcial? E ele emudeceu. Disse, então, o rei aos servos: Amarrai-o de pés e mãos, levai-o e lançai-o nas trevas exteriores; ali, haverá pranto e ranger de dentes. Porque muitos são chamados, mas poucos, escolhidos.” Devemos estar preparado para a festa que Deus nos oferece, para isso só devemos praticar o bem e não olhar a quem.

Mateus, 22:2-14

Que Deus o abençoe muito, proporcionando felicidades e alegria.

Professor Dr। Wagner Luiz Marques

Rua Fernão Dias, 1994 – Cianorte – Paraná

CEP – 87200-000

Telefone- 0(**)44-3629-5578

Celular- 0(**)44-9977-6604

wlmcne@hotmail.com

wlmcne@bol.com.br

wagnercne1@gmail.com

A OVELHA DESGARRADA

“Qual de vós é o homem que, possuindo cem ovelhas, e perdendo uma delas, não deixa as noventa e nove no deserto, e não vai após a perdida até que a encontre? E achando-a, põe-na sobre os ombros, cheio de júbilo; e chegando a casa, reúne os amigos e vizinhos e lhes diz: Alegrai-vos comigo, porque achei a minha ovelha que se havia perdido. Digo-vos que assim haverá maior alegria no céu por um pecador que se arrepende, do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento”. E nós? Queremos continuar sendo a ovelha perdida ou fazermos tudo para ser encontrado por Jesus Cristo, agindo pelo amor e pela gratidão que Deus nos oferece?

Lucas, 15:4-7

Que Deus o abençoe muito, proporcionando felicidades e alegria.

Professor Dr. Wagner Luiz Marques

Rua Fernão Dias, 1994 – Cianorte – Paraná

CEP – 87200-000

Telefone- 0(**)44-3629-5578

Celular- 0(**)44-9977-6604

wlmcne@hotmail.com

wlmcne@bol.com.br

wagnercne1@gmail.com

O FERMENTO


“O reino dos céus é semelhante ao fermento que uma mulher tomou e misturou com três medidas de farinha, até ficar tudo levedado”. Podemos dizer que o reino de Deus cresce, aumenta e se torna melhor a partir do momento que o homem acreditar e aumentar sua fé.

Mateus, 13:33

Que Deus o abençoe muito, proporcionando felicidades e alegria।

Professor Dr. Wagner Luiz Marques

Rua Fernão Dias, 1994 – Cianorte – Paraná

CEP – 87200-000

Telefone- 0(**)44-3629-5578

Celular- 0(**)44-9977-6604

wlmcne@hotmail.com

wlmcne@bol.com.br

wagnercne1@gmail.com