PLANETA SUSTENTÁVEL

ENCONTRAR OS LIVROS DE WAGNER LUIZ MARQUES - DIGITANDO O NOME DE "WAGNER LUIZ MARQUES"


Pesquisar todo o texto de nossos livros

REVISTA VENDA MAIS

Amostra Grátis 480 x 60 - www.vendamais.com.br

INVESTE MAIS – A REVISTA DO INVESTIDOR

Amostra Grátis 480 x 60 - www.revistainvestmais.com.br

REVISTA LIDERANÇA

Amostra Grátis 480 x 60  - www.lideraonline.com.br

EDITORA QUANTUM – TREINAMENTOS

Editora Quantum 480 x 60

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

ANÁLISE DE CUSTOS - PROCESSOS GERENCIAIS

ANÁLISE DE CUSTOS - PROCESSOS GERENCIAIS

PROFESSOR WAGNER LUIZ MARQUES

1) A empresa produz um único produto e gasta de :
Matéria prima $ 2,00 a unidade
Material secundário $ 0,50 a unidade
Acessório $ 0,20 a unidade
No mês gasta o valor $ 10.000,00
Produção mensal 300 unidades

Apresentar caso tenha valores em:

Discriminação
Valores a ser atribuídos
Custo Total Geral

Custo Total unitário

Custo Direto Total

Custo Direto Unitário

Custo Indireto Total

Custo Indireto Unitário

Custo Variável Total

Custo Variável Unitário

Custo Fixo Total

Custo Fixo Unitário


2) A empresa produz duas referência de produtos e gasta de :

Produto A

Matéria prima $ 2,00 a unidade
Material secundário $ 0,50 a unidade
Acessório $ 0,20 a unidade
Produção mensal 300 unidades

Produto B

Matéria prima $ 5,00 a unidade
Material secundário $ 0,90 a unidade
Acessório $ 0,50 a unidade
Produção mensal 500 unidades

No mês gasta o valor $ 10.000,00

Apropriar o gasto no mês em relação ao custo direto total de cada produto.

Apresentar caso tenha valores em:

Discriminação
Valores a ser atribuídos
Custo Total Geral

Custo Total unitário

Custo Direto Total

Custo Direto Unitário

Custo Indireto Total

Custo Indireto Unitário

Custo Variável Total

Custo Variável Unitário

Custo Fixo Total

Custo Fixo Unitário


3) A empresa produz duas referência de produtos e gasta de :

Produto A

Matéria prima $ 8,00 a unidade
Material secundário $ 2,50 a unidade
Acessório $ 3,20 a unidade
Produção mensal 500 unidades

Produto B

Matéria prima $ 5,00 a unidade
Material secundário $ 0,90 a unidade
Acessório $ 0,50 a unidade
Produção mensal 500 unidades

No mês gasta o valor $ 20.000,00

Apropriar o gasto no mês em relação a quantidade produzida de cada produto.

Apresentar caso tenha valores em:

Discriminação
Valores a ser atribuídos
Custo Total Geral

Custo Total unitário

Custo Direto Total

Custo Direto Unitário

Custo Indireto Total

Custo Indireto Unitário

Custo Variável Total

Custo Variável Unitário

Custo Fixo Total

Custo Fixo Unitário



4) A empresa produz duas referência de produtos e gasta de :

Produto A

Matéria prima $ 20.000,00 total
Material secundário $ 2.500,00 total
Acessório $ 3.200,00 total
Produção mensal 500 unidades

Produto B

Matéria prima $ 50.000,00 total
Material secundário $ 9.000,00 total
Acessório $ 5.000,00 total
Produção mensal 500 unidades

No mês gasta o valor $ 10.000,00 no produto A
No mês gasta o valor $ 15.000,00 no produto A

Apresentar caso tenha valores em:

Discriminação
Valores a ser atribuídos
Custo Total Geral

Custo Total unitário

Custo Direto Total

Custo Direto Unitário

Custo Indireto Total

Custo Indireto Unitário

Custo Variável Total

Custo Variável Unitário

Custo Fixo Total

Custo Fixo Unitário


5) A empresa produz duas referência de produtos e gasta de :

Produto A

Matéria prima $ 20.000,00 total
Material secundário $ 2.500,00 total
Acessório $ 3.200,00 total
Produção mensal 500 unidades

Produto B

Matéria prima $ 50.000,00 total
Material secundário $ 9.000,00 total
Acessório $ 5.000,00 total
Produção mensal 500 unidades

No mês gasta o valor $ 25.000,00

Apropriar o gasto no mês em relação ao custo direto total de cada produto.

Apresentar caso tenha valores em:

Discriminação
Valores a ser atribuídos
Custo Total Geral

Custo Total unitário

Custo Direto Total

Custo Direto Unitário

Custo Indireto Total

Custo Indireto Unitário

Custo Variável Total

Custo Variável Unitário

Custo Fixo Total

Custo Fixo Unitário


6) A empresa produz uma referência de produtos e gasta de :

Produto A

Matéria prima $ 20.000,00 total
Material secundário $ 2.500,00 total
Acessório $ 3.200,00 total
Produção mensal 500 unidades

No mês gasta o valor $ 10.000,00 no produto A

Apresentar caso tenha valores em:

Discriminação
Valores a ser atribuídos
Custo Total Geral

Custo Total unitário

Custo Direto Total

Custo Direto Unitário

Custo Indireto Total

Custo Indireto Unitário

Custo Variável Total

Custo Variável Unitário

Custo Fixo Total

Custo Fixo Unitário


7) A empresa produz uma referência de produtos e gasta de :

Produto A

Matéria prima 1,5 metro
Material secundário 2 unidade
Acessório 5 unidade
Produção mensal 500 unidades
No mês gasta o valor $ 10.000,00 no produto A

A Matéria prima custa um fardo de 10 metros o valor de: $ 1.500,00
Material Secundário custa o pacote de 100 unidades o valor de: $ 500,00
Acessório custa o pacote de 50 unidades $ 300,00

Apresentar caso tenha valores em:

Discriminação
Valores a ser atribuídos
Custo Total Geral

Custo Total unitário

Custo Direto Total

Custo Direto Unitário

Custo Indireto Total

Custo Indireto Unitário

Custo Variável Total

Custo Variável Unitário

Custo Fixo Total

Custo Fixo Unitário



8) A empresa produz duas referência de produtos e gasta de :

Produto A

Matéria prima 1,5 metro
Material secundário 2 unidade
Acessório 5 unidade
Produção mensal 500 unidades

Produto B

Matéria prima 2,00 metro
Material secundário 5 unidade
Acessório 15 unidade
Produção mensal 800 unidades

No mês gasta o valor $ 15.000,00 no produto A

A Matéria prima custa um fardo de 10 metros o valor de: $ 1.500,00
Material Secundário custa o pacote de 100 unidades o valor de: $ 500,00
Acessório custa o pacote de 50 unidades $ 300,00

Apropriar o gasto no mês em relação ao custo direto total de cada produto.

Apresentar caso tenha valores em:

Discriminação
Valores a ser atribuídos
Custo Total Geral

Custo Total unitário

Custo Direto Total

Custo Direto Unitário

Custo Indireto Total

Custo Indireto Unitário

Custo Variável Total

Custo Variável Unitário

Custo Fixo Total

Custo Fixo Unitário


9) A empresa produz duas referência de produtos e gasta de :

Produto A

Matéria prima 1,5 metro
Material secundário 2 unidade
Acessório 5 unidade
Produção mensal 500 unidades

Produto B

Matéria prima 2,00 metro
Material secundário 5 unidade
Acessório 15 unidade
Produção mensal 800 unidades

No mês gasta o valor $ 35.000,00 no produto A

A Matéria prima custa um fardo de 10 metros o valor de: $ 5.500,00
Material Secundário custa o pacote de 100 unidades o valor de: $ 1.500,00
Acessório custa o pacote de 50 unidades $ 800,00

Apropriar o gasto no mês em relação a quantidade produzida de cada produto.

Apresentar caso tenha valores em:

Discriminação
Valores a ser atribuídos
Custo Total Geral

Custo Total unitário

Custo Direto Total

Custo Direto Unitário

Custo Indireto Total

Custo Indireto Unitário

Custo Variável Total

Custo Variável Unitário

Custo Fixo Total

Custo Fixo Unitário

ANÁLISE DE CUSTOS

CURSO: PROCESSO GERENCIAL
PROFESSOR: WAGNER LUIZ MARQUES

CONTEÚDO PARA O 3º BIMESTRE

AS TOMADAS DE DECISÕES GERENCIAIS

Tudo o que desenvolvemos são tomadas de decisões, mas são formas que antecedem esta parte, a partir de agora tendo as apurações dos fatos, o custo feito, o controle de estoque realizado, partimos para desenvolver formas de preços de venda, que possa ajustar no mercado econômico e financeiro.

A partir deste momento faremos as comparações e analise de como esta a empresa, se os preços de vendas colocados estão de acordo com as analise apresentadas, se as demonstrações financeiras estão apresentando uma expectativa boa para suas realizações comerciais.

Em síntese este momento é a parte crucial nas tomadas de decisões, é o momento de sabermos se nossas decisões estão corretas, ou precisam ser revista.

FORMAÇÃO DE PREÇO DE VENDAS PARA TOMADAS DE DECISÕES GERENCIAIS

Tudo o que desenvolvemos são tomadas de decisões, mas, são formas que antecedem esta parte; a partir de agora, tendo as apurações dos fatos, o custo feito, o controle de estoque realizado, partimos para desenvolver formas de preços de venda, que possam ajustar no mercado econômico e financeiro.

A partir deste momento, faremos as comparações e analise de como está a empresa, se os preços de vendas colocados estão de acordo com as análises apresentadas, se as demonstrações financeiras estão apresentando uma expectativa boa para suas realizações comerciais.

Em síntese, este momento é a parte crucial nas tomadas de decisões, é o momento de sabermos se nossas decisões estão corretas, ou precisam ser revistas.

FÓRMULAS E ANÁLISES PARA FORMAÇÃO DE PREÇOS E CONCORRÊNCIA NO MERCADO

Venda

Os objetivos orientados para vendas visam aumentar ou manter uma dada participação no mercado. Uma forma comum de crescimento das vendas para aumentar a participação no mercado, é a adoção de preços menores que os da concorrência. Neste caso, o pensamento é que os crescimentos das vendas aumentam os lucros, embora a lucratividade seja pequena. Estes lucros maiores decorrem de dois fatores:

a) Diminuição dos custos unitários dos produtos devido à diluição dos custos fixos em um número maior de produtos.
b) Aumento no giro das vendas, ou seja, um número maior de unidades vendidas com lucro unitário menor faz crescer o volume global.

A manutenção de uma dada participação no mercado, em detrimento de uma maior participação ou crescimento na participação, visa evitar atritos com a legislação existente, ou manter uma posição mais cômoda, evitando os riscos do surgimento de competidores fortes e de maiores vendas sempre que a situação exigir.

Minimização dos Riscos de uma Competição em Preços

Os
objetivos orientados para minimizar os riscos de uma competição em preços, visam o seguimento de uma linha de ação compatível, com segura certeza de lucro. Mantendo-se estáveis os preços, diminuem-se sensivelmente os riscos de competição e a necessidade de decisões difíceis. Entretanto, estes objetivos podem fazer parte de uma atuação extremamente agressiva, envolvendo outros fatores como produto, promoção ou canal de distribuição.

Os custos da Empresa

Os custos devem ser considerados no cálculo dos preços, para que os preços calculados sejam maiores que os custos esperados, se algum lucro for desejado.

Produtividade e demanda

A produtividade e a demanda, considerados em termos do volume de produção e vendas, afeta os preços. Quanto maior o volume de produção e vendas, menores poderão ser os preços para se manter o mesmo nível de lucro. Para que isto ocorra, é necessário a existência de redução nos custos indiretos unitários dos produtos decorrentes do aumento das vendas.

Sempre que uma empresa decide basear seus preços nos custos, há a necessidade de se fazer estimativas de quantidade a serem vendidas no período de vigência dos novos preços. Quanto mais alta for esta estimativa, menores poderão ser os preços. Este fato vem de encontro às necessidades do mercado. Normalmente, a demanda de mercado cresce com a diminuição dos preços.

Portanto, o volume de vendas constitui um fator determinante do nível de preços a serem praticados para a obtenção de determinado volume de lucro.

Cálculo dos Preços

Os cálculos dos preços são baseados nos custos, produtividade e lucro desejado. O problema de cálculo dos preços é determinar os preços dos produtos que, para uma dada quantidade vendida, permita o volume desejado de lucro.

A equação básica que representa este problema é:

Preço = P
Custos Variáveis unitários = CVu
Custos Fixos Unitários = CFu
Resultado do Lucro unitário = RLu

P - CVu + CFu = RLu

Os custos fixos unitários diminuem à medida que a quantidade vendida aumenta.
Com isso, preços melhores podem ser praticados.
Onde se conclui que a variável quantidade ou volume de vendas é importante para o cálculo de preço.
Como normalmente a empresa já possui uma linha de produtos definida, vende determinadas quantidades e sabe o quanto deseja ganhar em termos de lucro, resta uma primeira etapa e não poderia ser diferente, levantarmos os custos da empresa e de cada produto.

Fator Limitado

É uma restrição de natureza financeira, de mercado ou interna da empresa que limita a capacidade de geração de lucro da mercadoria.

Os principais fatores normalmente encontrados são:

Disponibilidade de materiais para produção;
Disponibilidade de Capital de Giro;
Tamanho do Mercado (potencial de produção e vendas da empresa para cada produto).
Capacidade máxima de produção.

O capital de giro constitui um fator limitado que, dentro de certa faixa de variação, pode ser manuseado. Um eficiente sistema de planejamento e controle das vendas/compras permite reduzir e, manter abaixo de determinado limite, as necessidades de giro derivadas dos estoques de produtos para venda. Alterações na política de crédito podem reduzir as necessidades de giro aplicado a crédito ao cliente. Entretanto, para qualquer atividade empresarial, é sempre necessário um determinado volume de capital de giro para a compra e venda e produção dos produtos.

O tamanho do mercado, definido como o potencial de venda de cada artigo para a empresa, como fator limitativo, deve ser entendido corretamente. Evidentemente, o quociente margem de contribuição (ou lucro) / potencial de venda não é a aplicação correta da regra. Para as situações já descritas, a mercadoria de maior capacidade de geração de lucro é aquela que:

a) Gera o maior lucro com a capacidade de produção disponível;
b) Gera o maior lucro com a disponibilidade de matéria-prima;
c) Gera o maior lucro com o capital de giro disponível.

Da mesma forma, o produto que gera o maior volume de lucro com o mercado existente tem maior potencial de geração de lucros.

Veremos com um posto especifico sobre margem de contribuição e capital de giro.

FÓRMULA PARA CÁLCULO DE FORMAÇÃO PREÇO DE VENDA
FÓRMULA PARA CÁLCULO DE FORMAÇÃO PREÇO DE VENDA A VISTA

PVv= (Custos + Despesas) / 1 – {Taxa s/Vendas + [(Margem de Lucro) / 1 – (IRPJ + CSSL)]}

Todas estas taxas devem ser convertidas em índices percentuais
Taxas = ICMS e demais taxas que compõem a base de cálculo
Impostos diretamente com a mercadoria
IRPJ = Imposto de Renda Pessoa Jurídica
CSSL = Contribuição sobre o Lucro
FÓRMULA PARA CÁLCULO DE FORMAÇÃO PREÇO DE VENDA A PRAZO COM PAGAMENTO DIRETO (PAGAMENTO ÚNICO)

PVp = PVv (x) ( 1 + i ) n (potenciação sobre (1+i)
PVp = Preço de Venda a Prazo
PVv = Preço de Venda a Vista
i = Taxas Financeiras
n = Período de prazo para pagamento

FÓRMULA PARA CÁLCULO DE FORMAÇÃO PREÇO DE VENDA A PRAZO SEM ENTRADA

Prestação = PVv x [(1 + i) x i / (1 + i) – 1 n(s) (potenciação sobre (1+i)

PVv = Preço de Venda a Vista
i = Taxas Financeiras
n = Período de prazo para pagamento

FÓRMULA PARA CÁLCULO DE FORMAÇÃO PREÇO DE VENDA A PRAZO COM ENTRADA

Prestação = PVv x [(1 + i) x i / (1 + i) – 1] (n – 1) no 1º (potenciação sobre (1+i); n (potenciação sobre (1+i)

PVv = Preço de Venda a Vista
i = Taxas Financeiras
n = Período de prazo para pagamento

COMPONENTE DO PREÇO

Numa situação de normalidade, o preço de venda deve ser, em montante, suficiente para cobrir os seguintes itens:

g) Custo de produção ou de aquisição, fixos e variáveis;
h) Despesas comerciais e administrativas, também fixam e variáveis;
i) Tributos incidentes sobre as vendas, que são variáveis;
j) Tributos incidentes sobre o lucro, que acabam por ter componentes fixos e variáveis, pois s~”ao os custos e as despesas totais que afetam o resultado tributável; e
k) Margem de lucro.

MARGEM DE LUCRO FIXA

A fixação de uma margem de lucro em relação à receita bruta é bastante comum para se calcular o preço de venda. Vejamos como poderíamos fixar essa margem a partir dos dados a seguir:

FORMAÇÃO DOS CUSTOS FACILITADORA

A empresa para chegar nos gastos fixos, o “calcanhar de Aquiles” , pode ser realizado através de um divisor que servirá como taxas de vendas na formação do preço de venda a vista. A maneira facilitadora é desenvolver uma média dos gastos fixos da empresa em um prazo de doze meses em relação às receitas médias de doze meses. Desta forma, chega-se ao divisor médio, que servirá para agregar estes gastos diretamente ao produto a ser avaliado.

ESTRUTURA GERENCIAL DE RESULTADO

Qual a melhor decisão?

Os preços deveriam ser calculados apenas com base nos custos. Para formarem uma carteira de clientes fiéis, eles deveriam adotar uma política de promoções e uma assistência pós-venda. Funcionários habilitados aumentam o capital humano da empresa. Fornecedores com bons preços também é um ponto a favor para minimizar a saída de recursos da empresa. Certo tipo de economia proporciona problemas como: fornecedores com preço baixo no produto, mas de má qualidade; dessa forma pode, contribuir para a perda de clientes, ao usar matéria-prima de pior qualidade, comprometendo, assim, o produto final.

Modelo da Estrutura Gerencial de Resultado:

Discriminação
(+) Receita
(- ) Custos e Despesas Variáveis totais
(=) Margem de Contribuição ou Lucro Bruto
(- ) Custos e Despesas Fixas
(=) Resultado Operacional (Lucro ou Prejuízo)

O que é estrutura gerencial de resultados?

Uma ferramenta que permite a apuração dos resultados operacionais de uma atividade, com base em avaliações de desempenho obtidas durante o mês ou período de análise, por meio da estrutura gerencial de resultados, identificando cada um dos pontos importantes a serem analisados.

Receitas – São as vendas da empresa.
Custos - É o valor expresso em valores monetários de atividades, serviços ou produtos efetivamente consumidos e aplicados na sua realização com fabricação, ou: custo é a remuneração dos recursos financeiros, humanos e materiais aplicados na fabricação dos produtos, ou ainda: custo é uma somatória de remunerações aos funcionários/salários mais empresários/lucro mais emprestadores mais governo/impostos mais fornecedores/compras/consumo, ou: custo são os preços pelo qual se obtém um bem ou serviço. O custo somente ocorre quando existe “consumo” ou “aplicação”. Exemplos: O valor da matéria-prima comprada por uma empresa e estocada, não é custo, porque não existiu consumo ou aplicação. Quando esta matéria-prima for utilizada na fabricação, somente o valor aplicado se transformará em custo dos produtos. O dinheiro gasto na compra de uma máquina não é um custo, mas um investimento. O desgaste da máquina em função do uso é um custo, porque existe o “consumo”, a “deterioração” da máquina. Em resumo, Custo é um gasto que avalia o que a empresa despende na sua produção.
Despesas - Despesa é um gasto que avalia o que a empresa despende num todo para auxiliar a produção. Partindo desta óptica o contador deve fazer um sistema de análise de custo que demonstra os parâmetros básicos nas tomadas de decisões perante a concorrência ou, mesmo, perante apresentação para os sócios ou acionistas.

Conhecidos os dados anteriores, vamos refletir alguns questionamentos:

Quais são os custos de sua empresa?
Quais são as suas despesas?

Para interpretar adequadamente estes questionamentos devemos identificar:

Custos ou despesas variáveis são os que variam de acordo com as vendas ou a produção. São aqueles que variam proporcionalmente ao volume de produção ou vendas da empresa.

Custos ou despesas fixas são os que não variam com a produção ou vendas, ocorrem periodicamente e são necessários para o funcionamento da empresa. São gastos regulares que ocorrem periodicamente em uma empresa e que são necessários para o seu funcionamento administrativo e operacional.

Margem de Contribuição é a diferença entre as receitas (vendas da empresa) e os custos variáveis. Margem de contribuição é o que sobra do preço de venda para cobrir os custos fixos.

Análise de sensibilidade é uma análise feita com base em simulação de resultados, com objetivo de avaliar aumento de receitas e ou redução de custos. Essa ferramenta auxilia o empresário a fazer uma comparação dos números da empresa, comparando a situação atual, com um aumento de receitas ou mesmo diminuição dos custos.

Ponto de Equilíbrio: avalia qual a necessidade de faturamento necessária para se cobrir os gastos do negócio sem obter lucro e nem prejuízo. A finalidade de se calcular o ponto de equilíbrio é verificar o volume de vendas necessário para que a empresa possa cobrir seus custos fixos.

Resultado Operacional é a margem de contribuição menos os custos ou despesas fixas. É o lucro ou prejuízo que a empresa alcança no final do resultado.

EXERCÍCIO

1) A empresa produz três tipos de produtos, gasta-se:

- Produto “A” gasta 1.000 kg. de matéria-prima, sabendo que por hora produz 1 kg., quanto tempo levará para produzir o determinado produto
- Produto “B” gasta 500 kg. de matéria-prima, sabendo que por hora produz 500 gramas, quanto tempo levará para produzir o determinado produto
Produto “C” gasta 200 kg. de matéria-prima, sabendo que por hora produz 200 gramas, quanto tempo levará para produzir o determinado produto

O valor gasto da matéria-prima é de R$ 30.000,00 para produzir os três produtos, sabendo-se que a matéria-prima é a mesma para os três produtos, quanto é o valor da matéria-prima para cada produto.

O valor gasto de mão-de-obra direta é R$ 10.000,00 para produzir os três produtos, quanto gasta para cada produto em relação às horas produzidas por produtos?

O valor gasto em materiais diversos indiretos é de R$ 15.000,00, apropriar em relação ao total gasto com matéria-prima mais (+) MOD.

Apresentar os custos unitários, sabendo que:
Produto A: produzirá 1.000 Kg.
Produto B: produzirá 500 Kg.
Produto C: produzirá 200 Kg.

Apresentar o lucro líquido do exercício sabendo que:
Produto A: venderá 800 Kg. - margem de lucro de 10%
Produto B: venderá 300 Kg. – margem de lucro de 15%.
Produto C: venderá 50 Kg. – margem de lucro de 25%
Impostos sobre a venda + comissão sobre vendas 8,5%

Montar o DRE.

2) A empresa produz três tipos de produtos, gasta-se:

- Produto “A” gasta 3.000 kg. de matéria-prima, sabendo que por hora produz 1 kg., quanto tempo levará para produzir o determinado produto
- Produto “B” gasta 1.000 kg. de matéria-prima, sabendo que por hora produz 1 kg., quanto tempo levará para produzir o determinado produto
Produto “C” gasta 2.200 kg. de matéria-prima, sabendo que por hora produz 1 Kg, quanto tempo levará para produzir o determinado produto

O valor gasto da matéria-prima é de R$ 50.000,00 para produzir os três produtos, sabendo-se que a matéria-prima é a mesma para os três produtos, quanto é o valor da matéria-prima para cada produto.

O valor gasto de mão-de-obra direta é R$ 18.000,00 para produzir os três produtos, quanto gasta para cada produto em relação às horas produzidas por produtos?

O valor gasto em materiais diversos indiretos é de R$ 20.000,00, apropriar em relação ao total gasto com matéria-prima mais (+) MOD.

Apresentar os custos unitários, sabendo que:
Produto A: produzirá 3.000 Kg.
Produto B: produzirá 1.000 Kg.
Produto C: produzirá 2.200 Kg.

Apresentar o lucro líquido do exercício sabendo que:
Produto A: venderá 2.800 Kg. - margem de lucro de 10%
Produto B: venderá 800 Kg. – margem de lucro de 15%.
Produto C: venderá 2.050 Kg. – margem de lucro de 25%
Impostos sobre a venda + comissão sobre vendas 8,5%

Montar o DRE.

3) A empresa produz um produto e gasta com custo R$ 10.500,00 e Despesas R$ 2.800,00, no mês a produção é de 1.200 peças

a) Apresentar o preço de venda a vista;
b) Preço de venda a prazo com entrada (duas parcelas 1 + 1);
c) Preço de venda a prazo sem entrada (duas parcelas 30 e 60 dias)
d) Preço de venda a prazo forma de pagamento direto 30 dias

Margem de lucro 10%
Taxas sobre vendas 5,8%
Taxas sobre o mercado financeiro – 3% ao mês

4) A empresa produz um produto e gasta com custo R$ 20.000,00 e Despesas R$ 5.800,00, no mês a produção é de 2.500 peças

a) Apresentar o preço de venda a vista;
b) Preço de venda a prazo com entrada (duas parcelas 1 + 1);
c) Preço de venda a prazo sem entrada (duas parcelas 30 e 60 dias)
d) Preço de venda a prazo forma de pagamento direto 60 dias

Margem de lucro 15%
Taxas sobre vendas 8,5%
Taxas sobre o mercado financeiro – 3% ao mês

5) A empresa produz um produto e gasta com custo R$ 30.000,00 e Despesas R$ 15.800,00, no mês a produção é de 5.500 peças

a) Apresentar o preço de venda a vista;
b) Preço de venda a prazo com entrada (três parcelas 1 + 1+1);
c) Preço de venda a prazo sem entrada (três parcelas 30, 60 e 90 dias)
d) Preço de venda a prazo forma de pagamento direto 90 dias

Margem de lucro 10%
Taxas sobre vendas 8,5%
Taxas sobre o mercado financeiro – 3% ao mês

6) avaliando os exercícios 3, 4 e 5 apresentar o DRE do preço de venda a vista para comprovar a forma que identifique a lucratividade.

6.3) 1.000 unidades em relação às quatro formulas de cálculos e vendas:

a) Apresentar o preço de venda a vista;
b) Preço de venda a prazo com entrada (duas parcelas 1 + 1);
c) Preço de venda a prazo sem entrada (duas parcelas 30 e 60 dias)
d) Preço de venda a prazo forma de pagamento direto 30 dias

6.4) 2.000 unidades em relação às quatro formulas de cálculos e vendas:

a) Apresentar o preço de venda a vista;
b) Preço de venda a prazo com entrada (duas parcelas 1 + 1);
c) Preço de venda a prazo sem entrada (duas parcelas 30 e 60 dias)
d) Preço de venda a prazo forma de pagamento direto 60 dias

6.5) 5.000 unidades em relação às quatro formulas de cálculos e vendas:
a) Apresentar o preço de venda a vista;
b) Preço de venda a prazo com entrada (três parcelas 1 + 1+1);
c) Preço de venda a prazo sem entrada (três parcelas 30, 60 e 90 dias)
d) Preço de venda a prazo forma de pagamento direto 90 dias

7) A empresa NONO Ltda., apresentou um resultado empresarial depois do faturamento mensal em:

Material de Limpeza $ 500,00
Venda de mercadorias $ 35.500,00
Depreciação$ 1.800,00
CMV $ 22.000,00
Imposto Simples Federal $ 2.130,00
Material de Escritório $ 1.200,00
Imposto Simples Estadual $ 532,00
Material de Longa Duração $ 800,00

a) Apresentação do DRE –
b) Apresentação da Variação em percentual –

8) A empresa ZEZÉ Ltda. realizou a produção de um tipo de produto que custa 27.000,00 sabendo que no mês produz 3.000 peças.
Margem de lucro – 20%
Taxa de Vendas – 6,50%
Taxa financeira – 4%
Apresentar preço de venda a prazo em três parcelas sem entrada no valor unitário.

a) Preço de venda a prazo referente a prestação unitária$___________________
b) Preço de venda a prazo referente o total unitário $_______________________

9) A empresa ZEZÉ Ltda. realizou a produção de um tipo de produto que custa $ 9,00 a unidade
Margem de lucro – 20%
Taxa de Vendas – 6,50%
Taxa financeira – 4%
Apresentar preço de venda a prazo em três parcelas com entrada = (Entrada + uma + uma).

a) Preço de venda a prazo referente a prestação unitária$___________________
b) Preço de venda a prazo referente o total unitário $_______________________

10) A empresa MLCM Ltda. produz dois tipos de produtos Jogos de Móveis de Cozinha e Jogos de Móveis de Quarto e sabe que:

O Custo de produção dos Móveis de Cozinha é de R$ 900,00 o jogo
O Custo de produção dos Móveis de Quarto é de R$ 1.600,00 o jogo

No mês esta empresa gasta o valor de R$ 120.000,00. Apropriar em relação ao custo total direto.

Produção por produtos no mês corresponde:
Móveis de cozinha – 120 unidades
Móveis de quarto – 50 unidades

Apresentar para Móveis de cozinha:
- Custo direto total ________________________________________________________
- Custo direto unitário _____________________________________________________
- Custo fixo total __________________________________________________________
- Custo fixo unitário _______________________________________________________
- Custo variável total _______________________________________________________
- Custo variável unitário ____________________________________________________
- Custo total ______________________________________________________________
- Custo unitário ___________________________________________________________

Apresentar para Móveis de quarto:
- Custo direto total ________________________________________________________
- Custo direto unitário _____________________________________________________
- Custo fixo total __________________________________________________________
- Custo fixo unitário _______________________________________________________
- Custo variável total _______________________________________________________
- Custo variável unitário ____________________________________________________
- Custo total

ANÁLISE DE CUSTOS
CURSO: PROCESSO GERENCIAL
PROFESSOR: WAGNER LUIZ MARQUES

CONTEÚDO PARA O 3º BIMESTRE

AS TOMADAS DE DECISÕES GERENCIAIS

1) A empresa produz três tipos de produtos, gasta-se:

- Produto “A” gasta 1.000 kg. de matéria-prima, sabendo que por hora produz 1 kg., quanto tempo levará para produzir o determinado produto
- Produto “B” gasta 500 kg. de matéria-prima, sabendo que por hora produz 500 gramas, quanto tempo levará para produzir o determinado produto
Produto “C” gasta 200 kg. de matéria-prima, sabendo que por hora produz 200 gramas, quanto tempo levará para produzir o determinado produto

O valor gasto da matéria-prima é de R$ 30.000,00 para produzir os três produtos, sabendo-se que a matéria-prima é a mesma para os três produtos, quanto é o valor da matéria-prima para cada produto.

O valor gasto de mão-de-obra direta é R$ 10.000,00 para produzir os três produtos, quanto gasta para cada produto em relação às horas produzidas por produtos?

O valor gasto em materiais diversos indiretos é de R$ 15.000,00, apropriar em relação ao total gasto com matéria-prima mais (+) MOD.

Apresentar os custos unitários, sabendo que:
Produto A: produzirá 1.000 Kg.
Produto B: produzirá 500 Kg.
Produto C: produzirá 200 Kg.

Apresentar o lucro líquido do exercício sabendo que:
Produto A: venderá 800 Kg. - margem de lucro de 10%
Produto B: venderá 300 Kg. – margem de lucro de 15%.
Produto C: venderá 50 Kg. – margem de lucro de 25%
Impostos sobre a venda + comissão sobre vendas 8,5%

Montar o DRE.

RESOLUÇÃO:

Pessoal a empresa neste exemplo produz três tipos de produtos, sabendo que os produtos são assim analisado:
Produto A: produz 1.000 Kg. de Matéria Prima, para produzir em 1 hora gasta 1 Kg. de matéria prima, sendo assim para produzir 1.000 Kg. de matéria prima gasta 1.000 horas de produção para o produto A. (1.000 kg./1 kg por hora=1.000 horas).
Produto B: produz 500 Kg. de Matéria Prima, para produzir em 1 hora gasta 0,5 Kg. de matéria prima, sendo assim para produzir 500 Kg. de matéria prima gasta 1.000 horas de produção para o produto B. (500 kg./0,5 kg.por hora=1.000 horas).
Produto C: produz 200 Kg. de Matéria Prima, para produzir em 1 hora gasta 0,2 Kg. de matéria prima, sendo assim para produzir 200 Kg. de matéria prima gasta 1.000 horas de produção para o produto C. (200 kg./0,2 kg.por hora=1.000 horas).

Planilha para apurar a produção de matéria prima:
O valor gastos de matéria prima é de $ 30.000,00 para produzir três produtos com a mesma matéria prima, sendo assim para produzir: 1.000 Kg. produto A; 500 Kg. produto B; 200 Kg. produto C, totalizando consumo de 1.700 Kg. de matéria prima, o kg. de matéria prima custa $ 30.000 / 1.700 kg = $ 17,65
Produto A = 1.000 kg. x $ 17,65 = $ 17.650,00
Produto B = 500 kg. x $ 17,65 = $ 8.820,00
Produto C = 200 kg. x $ 17,65 = $ 3.530,00
Total = 1.700 kg. = $ 30.000,00

Planilha para apurar a produção de mão de obra direta:
O valor gastos de mão de obra direta é de $ 10.000,00 para produzir três produtos com a mesma mão de obra, sendo assim para produzir conforme identificado acima:
Produto A = 1.000 h. x $ 3,33 = $ 3.340,00
Produto B = 1.000 h. x $ 3,33 = $ 3.330,00
Produto C = 1.000 h. x $ 3,33 = $ 3.330,00
Total = 3.000 h. = $ 10.000,00 ou $ 10.000/3.000 h. = $ 3,33 a hora

Planilha do total dos custos direto:
ProdutoAmatéria prima $ 17.650,00 + mão de obra direta $ 3.340,00 = 20.990,00 = 52,48%
ProdutoBmatéria prima $ 8.820,00 + mão de obra direta $ 3.330,00 = 12.150,00 = 30,38%
ProdutoCmatéria prima $ 3.530,00 + mão de obra direta $ 3.330,00 = 6.860,00 = 17,14%
Total $ 30.000,00 $10.000,00 =40.000,00 =100,00%

Planilha de rateio dos gastos diversos em relação ao custo direto total que é matéria prima + MOD.
Produto A = $ 15.000 x 52,48% = valor proporcional em relação ao rateio de $ 7.872,00
Produto B = $ 15.000 x 30,38% = valor proporcional em relação ao rateio de $ 4.557,00
Produto C = $ 15.000 x 17,14% = valor proporcional em relação ao rateio de $ 2.571,00
Total = $ 15.000,00

Planilha dos custos totais = custo direto + custos indireto:
Produto A de gastos direto = $ 20.990,00 + gastos indiretos = $ 7.872,00 = custo total = $ 28.862,00 / produção total 1.000 Kg. = custo unitário = 28,86.
Produto B de gastos direto = $ 12.150,00 + gastos indiretos = $ 4.557,00 = custo total = $ 16.707,00 / produção total 500 Kg. = custo unitário = 33,41.
Produto B de gastos direto = $ 6.860,00 + gastos indiretos = $ 2.571,00 = custo total = $ 9.431,00 / produção total 200 Kg. = custo unitário = 47,16.

Análise do preço de venda a vista:

Produto A
PVv= (Custos + Despesas) / 1 – {Taxa s/Vendas + [(Margem de Lucro) / 1 – (IRPJ + CSSL)]}
PVv= ($ 28,86) / 1 – {0,085 + [(0,10) / 1 – (0,00 + 0,00)]}
PVv= ($ 28,86) / 1 – {0,085 + [(0,10) / 1]}
PVv= ($ 28,86) / 1 – {0,085 + [(0,10)]}
PVv= ($ 28,86) / 1 – {0,185}
PVv= ($ 28,86) / 0,815
PVv= $ 35,41 – PREÇO DE VENDA A VISTA DO PRODUTO A

Produto B
PVv= (Custos + Despesas) / 1 – {Taxa s/Vendas + [(Margem de Lucro) / 1 – (IRPJ + CSSL)]}
PVv= ($ 33,41) / 1 – {0,085 + [(0,25) / 1 – (0,00 + 0,00)]}
PVv= ($ 33,41) / 1 – {0,085 + [(0,25) / 1]}
PVv= ($ 33,41) / 1 – {0,085 + [(0,25)]}
PVv= ($ 33,41) / 1 – {0,235}
PVv= ($ 33,41) / 0,765
PVv= $ 43,67 – PREÇO DE VENDA A VISTA DO PRODUTO B

Produto C
PVv= (Custos + Despesas) / 1 – {Taxa s/Vendas + [(Margem de Lucro) / 1 – (IRPJ + CSSL)]}
PVv= ($ 47,16) / 1 – {0,085 + [(0,25) / 1 – (0,00 + 0,00)]}
PVv= ($ 47,16) / 1 – {0,085 + [(0,25) / 1]}
PVv= ($ 47,16) / 1 – {0,085 + [(0,25)]}
PVv= ($ 47,16) / 1 – {0,335}
PVv= ($ 47,16) / 0,665
PVv= $ 70,91 – PREÇO DE VENDA A VISTA DO PRODUTO C

DRE

(+) Receita
Produto A = $ 35,41 x 800 kg. = $ 28.328,00
Produto B = $ 43,67 x 300 kg. = $ 13.101,00
Produto B = $ 70,91 x 50 kg. = $ 3.545,50
Total das Vendas $ 44.974,50
(-) Dedução sobre Vendas (Imposto – 8,5%)
Produto A = $ 28.328,00 x 8,5% = $ 2.407,88
Produto B = $ 13.101,00 x 8,5% = $ 1.113,59
Produto B = $ 3.545,50 x 8,5% = $ 301,37
Total das deduções $ 3.822,84
(- ) Custos
Produto A = $ 28,86 x 800 kg. = $ 23.088,00
Produto B = $ 33.41 x 300 kg. = $ 10.023,00
Produto B = $ 47,16 x 50 kg. = $ 2.358,00
Total das Vendas $ 35.469,00
(=) Resultado Operacional (Lucro ou Prejuízo) $ 5.682,66 de Lucro
(=) Margem de Lucro ou Lucro Bruto = $ 5.682,66 / $ 44.974,50 = 12,64%

Nenhum comentário: