PLANETA SUSTENTÁVEL

ENCONTRAR OS LIVROS DE WAGNER LUIZ MARQUES - DIGITANDO O NOME DE "WAGNER LUIZ MARQUES"


Pesquisar todo o texto de nossos livros

REVISTA VENDA MAIS

Amostra Grátis 480 x 60 - www.vendamais.com.br

INVESTE MAIS – A REVISTA DO INVESTIDOR

Amostra Grátis 480 x 60 - www.revistainvestmais.com.br

REVISTA LIDERANÇA

Amostra Grátis 480 x 60  - www.lideraonline.com.br

EDITORA QUANTUM – TREINAMENTOS

Editora Quantum 480 x 60

quarta-feira, 22 de maio de 2013

PESQUISA SUGERE QUE A APOSENTADORIA PODE LEVAR A PESSOA À DEPRESSÃO – informação dada no Jornal Hoje da Globo do dia 17/05/2013

O estudo foi realizado na Grã-Bretanha.

Além da depressão, parar de trabalhar causaria também problemas físicos. A pesquisa apresentou o seguinte resultado por parte dos pesquisadores:

“Pesquisa realizada na Grã-Bretanha sugere que a aposentadoria pode levar a pessoa à depressão e provocar problemas físicos. No começo, a saúde do aposentado até melhora, mas a médio e longo prazos a situação muda.
Segundo o estudo, a aposentadoria pode aumentar em 40% os riscos de depressão e em 60% o aparecimento de problemas físicos. O efeito seria o mesmo em homens e mulheres.
A conclusão da pesquisa é que trabalhar por mais tempo não será apenas uma necessidade econômica, será importante também para que as pessoas tenham vidas mais saudáveis. Os organizadores do estudo aconselham os trabalhadores a pensarem duas vezes antes de se aposentar.
A recomendação é música para os ouvidos dos governos, porque muitos querem aumentar a idade mínima de aposentadoria.” (Jornal Hoje da Globo do dia 17/05/2013)

Coincidentemente este estudo foi realizado em 2006, para apresentar a minha tese de Doutorado em Ciências da Educação quando fui orientado pela minha Mestre Doutora Cecília Silvera Pires de Assunção do Paraguai, Universidad Técnica de Comercialización e Desarrolho tendo como tema da Tese “Fatores que influencia para a Satisfação Humana em Diversas Áreas Profissionais”.

Este estudo científico ocorreu no doutorado em Ciências da Educação, pesquisando a qualidade de vida do profissional e saber o que mais o satisfazia.

A pesquisa aconteceu por um período de seis anos avaliando diversas fazes humanas na vida profissional conforme abaixo:

Qual o pensamento dos pais em relação aos filhos sobre o direcionamento profissional, ainda na gravidez?
Qual a ação dos pais para incentivar os filhos, ainda criança, para o mercado das profissões?
O que os adolescentes pensam sobre profissões?
O adolescente sofre pressão ou incentivo para idealizar sua profissão de futuro?
O adolescente está preparado para pensar na sua profissão de futuro?
O que o adolescente pensa para o futuro em relação ao seu profissionalismo?
O jovem está apto para direcionar à uma profissão adequada?
Qual é a perspectiva do jovem para o seu profissionalismo?
O que o jovem pensa sobre o profissionalismo do futuro?
O jovem está preparado para buscar conhecimento que traga sucesso para seu futuro?
O que o profissional sente no seu primeiro emprego?
O que o profissional pensa no seu primeiro dia de serviço na empresa?
Qual é a ação do profissional em relação a conseguir serviço depois do desemprego?
O que o profissional pensa no desenvolvimento diário do seu trabalho?
Qual é a ação do profissional em ser demitido?
Qual é a ação do profissional na época do desemprego?
O profissional está preparado para a aposentadoria?
O que o profissional pensa da aposentadoria?
Qual é a ação de um aposentado?

Coincidentemente em 2006 quando conclui a tese do doutorado com a ajuda de minha mestre orientadora, chegamos a mesma conclusão apresentado por estes pesquisadores da Grã-Bretanha realizado em 2013, sete anos após a minha pesquisa, portanto, existem muitos pesquisadores e orientadores em países emergentes que conseguem destacar ações tão boa quanto realizado por pesquisadores do primeiro mundo. E ainda constatou informações antes do profissional nascer, verificando como conduzir para a melhor forma de se escolher ou mesmo trabalhar dignamente com qualidade o serviço a qual foi designado a realizar e ainda terminar com qualidade de vida adequada quando chegar a aposentadoria com honra e satisfação.

Esta pesquisa está registrada nos livros eletrônicos:

Googlle:


Disponível nos meus livros, juntamente com endereço da editora:

CIANORTE – UMA NARRATIVA DA SATISFAÇÃO HUMANA
HISTÓRIA DE CIANORTE – SUA REGIONALIZAÇÃO


Se houver interesse em se aprofundar na pesquisa e no estudo está à disposição para todos saber mais como o profissional hoje sente com sua vida profissional e porque sente dessa maneira.

Professor Dr. Wagner Luiz Marques e Família para todos os leitores de meus artigos. Obrigado.

Endereços eletrônicos: wagnercne1@gmail.com; wlmcne@hotmail.com; Endereço por correspondência: Wagner Luiz Marques Rua Fernão Dias, 1994 Zona 01 CEP- 87.200-000 Cianorte – Paraná. Telefone: 44-3629-5578 - Celular: 44-9977-6604.