PLANETA SUSTENTÁVEL

ENCONTRAR OS LIVROS DE WAGNER LUIZ MARQUES - DIGITANDO O NOME DE "WAGNER LUIZ MARQUES"


Pesquisar todo o texto de nossos livros

REVISTA VENDA MAIS

Amostra Grátis 480 x 60 - www.vendamais.com.br

INVESTE MAIS – A REVISTA DO INVESTIDOR

Amostra Grátis 480 x 60 - www.revistainvestmais.com.br

REVISTA LIDERANÇA

Amostra Grátis 480 x 60  - www.lideraonline.com.br

EDITORA QUANTUM – TREINAMENTOS

Editora Quantum 480 x 60

domingo, 25 de maio de 2014

REFLEXÃO SEGUNDO JESUS CRISTO PARA TORNAR A FUNDAÇÃO HOSPITALAR DE SAÚDE DIGNA E RESPEITADA POR TODOS

REFLEXÃO SEGUNDO JESUS CRISTO PARA TORNAR A FUNDAÇÃO HOSPITALAR DE SAÚDE DIGNA E RESPEITADA POR TODOS

PRIMEIRA REFLEXÃO

A  vinda do menino Jesus ao nosso meio é mostrar que o amor deve existir sempre, a pureza não pode ser esquecida, o carinho deve estar junto da condução de um mundo melhor, a fragilidade deve fazer parte de cada um do ser humano e a humildade sem duvida alguma deve reinar no coração humano. A Fundação Hospitalar de Saúde de Cianorte nasceu para ser apresentada aos seus usuários com essa beleza humana de Jesus, a meiguice de fazer o próximo satisfeito e bem tratado. Ser sábio em todo o momento da existência do homem, e sempre comungar o amor, a honestidade, a fraternidade, a caridade ao próximo.

Este fator que estamos propondo para a Fundação Hospitalar de Saúde de Cianorte é fazer com que possamos fazer do ser humano o melhor e mais digno semelhante de Deus na sua forma de respeito e gratidão, para que isso possa acontecer devemos estar sempre unidos em busca da formação digna e cada um de nós seres humanos.

SEGUNDA REFLEXÃO

Paulo contará como devemos lutar contra a escravidão e acreditarmos que Deus pode fazer com que a Fundação Hospitalar de Saúde de Cianorte seja respeitada e digna de atender em prol da humanidade distinta com amor e honestidade para o amor fraterno ao próximo.

“Carta de Paulo aos Romanos, capítulo 8 – 14 a 17 – 14 Todos aqueles que se deixam conduzir pelo Espírito de Deus são filhos de Deus. 15 De fato, vós não recebestes um espírito de escravos, para recairdes no medo, mas recebestes um espírito de filhos adotivos, no qual todos nós clamamos: Abá, ó Pai! 16 O próprio Espírito se une ao nosso espírito para nos atestar que somos filhos de Deus. 17 E, se somos filhos, somos também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo; se real­mente sofremos com ele, é para sermos também glorificados com ele.”

Nesta carta que Paulo chama a atenção dos Romanos é a mesma coisa que nós da Fundação Hospitalar de Saúde de Cianorte temos que refletir, se somos filhos de Deus não podemos aceitar a ser escravos, principalmente quando nos libertamos da tirania e das ingratidões, para isso precisamos nos unir e pedir ao Espírito Santo que nos ilumine para orarmos, agirmos e lutarmos para que não deixe acontecer nada com a nossa dignidade e força perante nós e nossos irmãos. Se somos filhos adotivos de Deus, somos seus herdeiros, por isso temos que acreditar no nosso amor perante o próximo e não deixarmos jamais ser ultrajado (ofendido) por ninguém, porque somos filho de  Deus, co-herdeiro de Cristo.

TERCEIRA REFLEXÃO

Nesta reflexão analisamos que Cristo sempre procura abrir nossos olhos contra o que nos atormentam, mas dificilmente conseguimos interpretar, será o que esta acontecendo na Fundação Hospitalar de Saúde seja o MARCO da libertação humana contra a injustiça? Façamos uma reflexão segundo Marcos falando o que Jesus nos diz:

“Marcos 12 – 38 a 44 – 38 Jesus dizia, no seu ensinamento, à multidão: “Tomai cuidado com os doutores da Lei! Eles gostam de andar com roupas vistosas, de ser cumprimentados nas praças públicas; 39 gostam das primeiras cadeiras nas sinagogas e dos melhores lugares nos banquetes. 40 Eles devoram as casas das viúvas, fingindo fazer longas orações. Por isso eles receberão a pior condenação”. 41 Jesus estava sentado no Templo, diante do cofre das esmolas, e observava como a multidão depositava suas moedas no cofre. Muitos ricos depositavam grandes quantias. 42 Então chegou uma pobre viúva que deu duas pequenas moedas, que não valiam quase nada. 43 Jesus chamou os discípulos e disse: “Em verdade vos digo, esta pobre viúva deu mais do que todos os outros que ofereceram esmolas. 44 Todos deram do que tinham de sobra, enquanto ela, na sua pobreza, ofereceu tudo aquilo que possuía para viver”.

Esta passagem vem apresentar de forma clara a Fundação Hospitalar de Saúde de Cianorte. O que estamos oferecendo para a população que precisa de nós? O que estamos fazendo em prol da Fundação Hospitalar de Saúde de Cianorte? Muitos respondem que estão fazendo muito, mas será mesmo? Para isso façamos uma proposta, não deixarmos a Fundação Hospitalar de Saúde de Cianorte morrer, da maneira que Cristo foi ultrajado, sacrificado e morto por nós, reflitamos a próxima reflexão e aliarmos a fé em Jesus Cristo para vencermos o mal e as benditas traições que rodeiam a todo o momento. Façamos uma simples doação desde que seja feita de coração em prol de seu semelhante.

QUARTA REFLEXÃO

Reflita interiormente como estão matando Cristo na Fundação Hospitalar de Saúde de Cianorte:

·   Jesus é condenado à morte: Cada irmão que negamos atendimento estão agindo como fizeram com Jesus. Negar atendimento é deixar de colaborar com a honestidade, dignidade e respeito com a Fundação Hospitalar de Saúde de Cianorte.
·   Jesus toma a cruz aos ombros: Esta cruz é a luta que devemos superar, a cruz são as pessoas que querem que desistamos de ajudar o próximo, que querem fechar os olhos e negar apoio perante a si mesmo, na realidade a cruz de Cristo são as pessoas que querem destruir a vontade de cada profissional que hoje luta por um ideal existente na Fundação Hospitalar de Saúde de Cianorte.
·   Jesus cai por terra: São os momentos que queremos desistir, são as intrigas que fazem contra nós, são as pessoas que acham que somos fracos e lutam pela nossa derrota, querem fechar a Fundação Hospitalar de Saúde de Cianorte, e com isso sentirmos derrotados.
·   Jesus encontra-se com sua mãe: Quantas mães que chorarão a perca de seu filho caso feche a Fundação Hospitalar de Saúde de Cianorte, este momento é o encontro da falência humana perante a dignidade do homem O que poderemos fazer para não deixar acontecer isso?
·   Cirineu ajuda a carregar a cruz: este momento refletimos em cada um dos profissionais, lutando, fazendo a sua parte, carregando as dificuldades da Fundação Hospitalar de Saúde de Cianorte, tentando com dificuldade a carregar a cruz de cada cidadão que precisa desse hospital. Qual é a nossa ação neste momento? Todos nós carregar a cruz em harmonia e com isso tornar leve a cruz. Ou simplesmente abandonar a cruz e assim deixarmos como os poderosos querem, perdida, sem qualidade e explorada de forma escrava e sem vida.
·   Verônica enxuga o rosto de Jesus: Será que alguém de nós tem a dignidade de enxugar o rosto de seu irmão e lutar para que ele não sofra as perseguições que vem assombrando a Fundação Hospitalar de Saúde de Cianorte. Será que cada um fazendo a sua parte, doando o seu esforço, será que venceremos o mal, a traição, a inveja e a ingratidão de nosso semelhante?
·   Jesus cai pela segunda vez: O cansaço nos persegue, os poderosos lutam, a força começa a faltar, e parece que não conseguiremos chegar a lugar algum. Mas é nesse momento que o humilde vence e supera os hipócritas e desonestos.
·   Jesus consola as mulheres piedosas: Mesmo na dificuldade, ainda precisamos ter força para nos consolar e consolar os nossos irmãos menos favorecidos. É nesse momento que mostramos que ainda temos força para lutar e vencer as ingratidões do muno.
·   Jesus cai pela terceira vez: é o momento do desânimo, é o momento que surgem os falsos amigos, aqueles que acreditamos, mas apunhalam pelas costas, acreditamos que querem auxiliar com amor e gratidão, mas demonstram que o seu ser é mais importante que o de seu próximo, mostra a sua garra, demonstra a desvalorização humana ao ponto do prazer pessoal da vitória e não de dividir as honras fazendo o bem para o seu semelhante. Você se sente como neste momento da queda humana?
·   Jesus é despido das suas vestes: os poderosos querem acurralar os humildes, querem que ele entrega a única coisa que ainda possui a dignidade, a honra, o amor ao próximo, querem destruir os lutadores do bem, querem ser eles os vencedores, insultar com o poder da perseguição e muitos se viram contra o bem pensando exclusivamente no seu próprio ser.
·   Jesus é pregado na cruz: o mal considera vitorioso destruiu os humildes, reencontrou com o ideal das ingratidões, das desvalorizações e sobretudo com a fé dos humildes.
·   Jesus morre na Cruz: segundo os hipócritas esta consumado a sua vitória, os que se aliaram a eles acham que fizeram a melhor coisa, e você o que pensa até agora?
·   O corpo de Jesus é depositado nos braços da Mãe: o desanimo toma conta, a frustração dos humildes e lutadores considera perdido, neste momento não se acredita em mais nada, só enxerga a ingratidão, a falência e a corrupção dos homens vencerem novamente o pobre homem que não tem como lutar.
·   Jesus é depositado no sepulcro: pára-se tudo, volta-se como era antes, tornamos escravos da violência e deixamos acontecer tudo de novo, exclusivamente por não unirmos e deixarmos ser levado pela corrupção, inveja, poder e exclusivamente egoísmo pessoal.

Nesta análise apresentada nas últimas horas de Cristo como homem igual a nós, você diz o que para você mesmo? Devemos parar e deixar acontecer de forma branda e esperarmos de braços aberto a sorte ser dada ao azar? Ou deveremos lutar em prol dos objetivos primordiais que são: contra a escravidão, em prol do amor ao próximo e a salvação do meu próprio Ser, homem e/ou mulher de verdade.

QUINTA REFLEXÃO

“A Bíblia nos revela que Deus não apenas veio à terra como homem para morrer pelos nossos pecados (Rm. 6.23), mas que, também, ressuscitou de entre os mortos (I Co. 15.12-19).” Esta fala faz refletirmos com muito cuidado a Fundação Hospitalar de Saúde de Cianorte, mesmo com dificuldades, com provações, desânimos, traições, invejas, poderes, segundo Deus venceremos o mal, e para conseguirmos isso necessitaremos somente de nós acreditarmos em nós mesmos, lutarmos, fazermos os poderosos ajudar a nós mostrando a qualidade, a capacidade e a vontade de vencer o mal fazendo o bem, divulgando a realidade, demonstrando o prazer que existe hoje e conduzir que a ressurreição (vida nova) já aconteceu e não podemos deixar perder esta vida nova realizada com respeito, responsabilidade e sobretudo humanidade perante o próximo.

LUTAMOS JUNTOS E NUNCA DESISTAMOS, AJUDE-ME A NÃO DESISTIR, ESTEJA DO MEU LADO COM FÉ, ESPERANÇA E SOBRETUDO HONESTIDADE E NÃO QUEIRA TRAIR-ME, POIS VOCÊ ESTARÁ FAZENDO CONTRA A TI MESMO.

WAGNER LUIZ MARQUES


Nenhum comentário: